Como Escolher a Iluminação Apropriada para Cada Cômodo

A iluminação é um dos elementos fundamentais para ajudar a transformar a sua casa em um lar. A iluminação adequada permite executar as tarefas com facilidade, faz você se sentir mais segura e confortável e permite-lhe desfrutar de todo o potencial da sua casa. Cada cômodo, no entanto, tem necessidades específicas e únicas de iluminação geral e de focos de luz. Aqui estão algumas dicas e ideias para se considerar ao planejar suas necessidades de iluminação para cada cômodo em sua casa. Se você tiver dúvidas sobre o tipo de luminária necessário ou estiver apenas à procura de inspiração, dedique alguns minutos para navegar por este guia!

Saguão, hall de entrada e escadas

  1. Use a iluminação combinada com a decoração para causar uma boa primeira impressão. O saguão ou foyer transmite a primeira impressão do interior de uma casa. Centralize um lustre tradicional, um pendente contemporâneo ou uma luminária de teto no corredor para fornecer a iluminação básica e criar uma atmosfera acolhedora.
    • Faça a sua arte ganhar vida e ilumine o espaço com luminárias de halogênio em trilho ou ajustáveis embutidas. Espelhos também acrescentam um toque decorativo especial para um hall de entrada.
  2. Certifique-se de escolher o acessório decorativo apropriado para o tamanho do espaço. Nem todos os foyers podem acomodar um lustre grande: por isso, verifique se as proporções de tamanho estão corretas. Da mesma forma, se tiver um espaço maior, você vai precisar de luminárias maiores. Se você conseguir visualizar a luminária do andar de cima, certifique-se de escolher um lustre ou pendente que dê um visual elegante ao segundo andar também.
  3. Lembre-se de que as escadas e corredores devem ter boa iluminação geral para a sua segurança. Para evitar acidentes, as escadas devem ser iluminadas de cima para baixo com interruptores em ambos os andares. Para melhorar a segurança nos corredores, coloque luminárias a cada 2,5 – 3 metros. Acrescente as luminárias que você escolheu, combinando-as com o seu lustre ou pendente do saguão e com as luminárias de teto dos corredores. Reserve luminárias menores para as escadas.
  4. Use arandelas que combinem para complementar a iluminação do lustre do foyer. Coloque as arandelas sempre acima do nível dos olhos (aproximadamente 1,60 metros a partir do centro da luminária até o chão) de forma que a fonte de luz não fique visível.

Cômodos em geral

  1. Use a iluminação para mostrar o melhor de seus espaços. Melhore o ambiente de cada cômodo, enfatizando as texturas da parede, acentuando as obras de arte ou apenas fazendo a iluminação geral da sua sala de estar, sala de jantar, sala de TV, salas de jogos ou dos quartos. Uma variedade de diferentes tipos de luminárias vai funcionar tanto para a iluminação geral quanto para as necessidades de focos de luz.
  2. Use a iluminação embutida para iluminar uma área comum. Esta é a melhor porque a fonte de luz fica escondida. Luminárias de teto, arandelas e luzes interiores também são excelentes opções e proporcionar ampla iluminação. Essas luminárias não são apenas peças decorativas, mas são fontes de luz ideais para a leitura ou para os jogos.
    • Embora as luminárias de parede tradicionais sejam a forma mais popular de iluminar as paredes, as de parede mais contemporâneas estão ganhando popularidade, pois proporcionam uma iluminação de realce.
  3. Experimente fazer a iluminação embutida em trilhos ou em pontos para fazer um cômodo ganhar vida, acentuando uma peça de arte, as cores ou as texturas das paredes. As luminárias também são ótimas opções.
    • Quando o espaço da mesa for limitado, as luminárias de parede são uma boa alternativa.
  4. Use lâmpadas fluorescentes para economizar.

Sala de jantar

  1. Crie um ponto focal com a iluminação. Sua mesa e as cadeiras estão no lugar e a mesa está posta. A única coisa que falta para completar o quadro é a peça central: a sua luminária. Esta luminária é o ponto focal da sua sala, por isso ela precisa expressar o seu estilo pessoal e, ao mesmo tempo, satisfazer as necessidades gerais de iluminação. Não importa se a sua sala de jantar tem um estilo divertido, casual e descontraído ou mais formal: escolha um acessório que reflita sua personalidade.
  2. Use um lustre ou pendente para iluminação geral. Ambas as luminárias são excelentes fontes de iluminação e com certeza vão definir o tom de sua sala de jantar. As luzes embutidas também podem fornecer uma iluminação adicional, ajudando a criar a ilusão de um espaço maior.
    • Quando pendurar um lustre, certifique-se de que ele é de 15 a 30 cm menor do que o lado mais estreito da mesa. A parte inferior do pingente ou do lustre deve estar a aproximadamente 80 cm acima da sua mesa.
    • Lustres de 200 a 400 watts fornecem iluminação suficiente para uma sala de jantar.
    • Você pode aliar o lustre às luminárias embutidas para acrescentar mais iluminação para a sua mesa.
  3. Realce a iluminação da sala também. Coloque as luminárias de halogênio ajustáveis embutidas voltadas para a mesa e para o lustre. Isto vai iluminar melhor a mesa e também vai realçar o brilho do lustre. Considere também colocar arandelas, uma de cada lado de uma cristaleira ou guarda louças. Iluminação embutida nos armários e nas prateleiras também dá um ótimo destaque para a sala.

Cozinha

  1. A cozinha é muitas vezes a parte mais movimentada da casa. Além de servir para preparar suas refeições, o cômodo serve para comer e reunir convidados. Iluminação suficiente e adequada é uma necessidade para realizar todas as suas tarefas culinárias, ajudar seus filhos com a lição de casa e ler o jornal.
    • Desenhe o plano de sua cozinha concentrando-se nas áreas de atividade e, em seguida, decida que tipo de iluminação cada área vai precisar: geral, para preparação dos alimentos, para realce ou decorativa.
    • Use lâmpadas de maior potência para a área de preparo dos alimentos.
    • Um pendente de vidro ou de plástico fornece uma iluminação superior ampla suficiente para iluminar toda a área da mesa da cozinha.
  2. Opte por luminárias fluorescentes decorativas centradas no espaço para a preparação dos alimentos. Cozinhas com menos de 30 metros quadrados requerem duas lâmpadas fluorescentes; as com até 80 metros quadrados exigem uma iluminação suplementar. Luminárias embutidas a 45 cm de distância da borda dos armários, com um espaçamento de 8 a 10 cm a partir do centro, são uma maneira excelente de criar uma iluminação adicional.
  3. Coloque uma iluminação embaixo dos armários para ajudar a evitar sombras sobre a bancada e para criar uma iluminação extremamente necessária para o preparo dos alimentos. Luminárias com lâmpadas fluorescentes embaixo dos armários também são uma fonte de iluminação eficiente e de baixo custo. Em áreas abertas sobre a pia, use luzes embutidas voltadas diretamente para ela.
    • Colocar mini pendentes de 45 a 60 cm acima da superfície de preparação dos alimentos é uma maneira ideal de iluminar uma ilha ou a mesa da cozinha. Um pendente pendurado cerca de 60 a 75 cm acima da mesa é ideal para as tarefas culinárias. O tamanho da luminária deve ser cerca de 30 cm menor do que o diâmetro da mesa.
  4. Ilumine os objetos especiais da sua casa, detalhes arquitetônicos ou a área de servir os alimentos com iluminação embutida em trilho ou em pontos. Utilize a iluminação sob os armários, prateleiras e no rodapé dos armários para destacar o ambiente e, ao mesmo tempo, fornecer iluminação adicional para andar pela sua cozinha à noite.
  5. Escolha lâmpadas fluorescentes para cobrir a falta de iluminação do ambiente. A luz ambiente criada com luminárias fluorescentes vai preencher as sombras da sua cozinha, reduzir o contraste e iluminar as superfícies verticais para deixar o espaço mais claro.

Banheiro e penteadeira

  1. Não se esqueça do banheiro. Iluminação para o banheiro é provavelmente o último lugar que as pessoas querem investir tempo e dinheiro. Os espelhos ficam apagados e, muitas vezes, uma única luminária no teto é utilizada para iluminar a pia, o espelho e o chuveiro. No entanto, como banheiras de hidromassagem ficam cada vez maiores e ainda tem o chuveiro, gastamos mais e mais tempo no banheiro. Já que você começa e termina o seu dia lá, por que não gastar um pouco mais de tempo para saber que luminárias e luzes que funcionam melhor?
    • As lâmpadas de halogêneo são geralmente o padrão para a iluminação do banheiro, mas as fluorescentes compactas mais novas também são uma ótima opção.
  2. Use várias luzes embutidas ou luminárias de sobrepor com refletor decorativas para áreas com mais de 30 metros quadrados. Acrescente um par de luminárias de teto para realçar os suportes de parede nos banheiros maiores. As luminárias de teto complementam a iluminação das arandelas.
  3. Coloque uma luminária sobre o espelho para iluminar o banheiro, mas perceba que ela pode criar sombras no rosto. Se for utilizar iluminação embutida, para evitar criar as sombras é só não aponta-las diretamente para o espelho.
    • Colocar luminárias de parede ao lado do espelho é uma das melhores maneiras de eliminar as sombras no rosto. Para os espelhos com mais de 1 metro de largura, coloque luminárias de parede verticais a uma distância de 1,9 a 2 metros do chão.
    • Se a luminária tiver as lâmpadas expostas, não use uma potência superior a 40 watts. Em luminárias com vidro transparente ou bem difundidas, não mais que 75 watts. Você deve usar lâmpadas fluorescentes que corrigem a temperatura da cor quando quiser uma luminária com luz fluorescente. Uma luz branca nítida torna os tons da pele mais precisos.
  4. Use iluminação extra em áreas inesperadas, tanto para decoração como para cumprir sua função. Uma pequena luz embutida dirigida para uma obra de arte decorativa ou para uma cuba bonita cria uma camada extra de iluminação.
    • No chuveiro, use luzes embutidas ou luminária de teto com uma proteção de plástico. Direcione a lâmpada embutida para enfatizar um trabalho com os azulejos ou para dar um brilho ao próprio chuveiro.
    • Não se esqueça da área sobre o vaso sanitário! Uma lâmpada embutida é sempre um bom acréscimo.

Iluminação exterior

  1. Use uma iluminação divertida e funcional do lado de fora. Se o seu objetivo é destacar a beleza da sua casa ou criar uma proteção adicional, você tem inúmeras opções para iluminar o exterior da sua casa. Estenda as horas que você pode passar do lado de fora ou crie um ambiente festivo!
  2. Considere os tipos de iluminação disponíveis. A seleção de luminárias se divide em dois tipos principais: decorativas e funcionais.
  3. As luminárias decorativas podem ser utilizadas no chão, nas paredes, em postes e na entrada da casa. O design das luminárias deve complementar o estilo e a personalidade da sua casa e da paisagem e também proporcionar segurança, além de ser funcional.
    • Ao instalar uma luminária em estilo lanterna na parede, meça o tamanho da luminária em relação à porta e o espaço ao redor. Lanternas de parede devem ser montadas ligeiramente acima do nível dos olhos, cerca de 1,60-1,70 do centro da luminária até o chão. Os postes podem combinar com o estilo das lanternas de parede. Postes grandes dão uma impressão melhor quando usados em grandes espaços abertos.
  4. Preste atenção, porém, que a maioria das luminárias em estilo lanterna é uma fonte de luz gritante. Elas espalham luz por todas as direções e podem transpassar a sua propriedade (e iluminar as propriedades dos outros), e o brilho pode ser uma distração para os motoristas. Muitos designers de iluminação renunciaram às luminárias de estilo lanterna totalmente e passaram a usar modelos mais discretos. As luzes são posicionadas no meio das plantas para que fiquem completamente ocultas.
  5. Use luzes escondidas para fins funcionais. Elas estão estrategicamente posicionadas ao redor da propriedade para iluminar seletivamente algumas plantas e a arquitetura da casa. Um designer de iluminação talentoso vai posicionar as luminárias de modo que somente o efeito da iluminação será visto, e não as luminárias.
  6. Inclua um pouco de iluminação para aumentar a segurança também. Coloque iluminação na paisagem, no deck e no chão, não só para realçar a beleza da casa à noite, mas também para aumentar a segurança.

Dicas

  • Enquanto as luzes de LED são boas opções ecologicamente corretas, não se deixe enganar por alegações de que duram 50.000 horas (cerca de 20 anos de uso). Estas alegações são para os minúsculos chips que produzem luz, não para os componentes eletrônicos que permitem que eles funcionem. O LED e seus componentes eletrônicos são muito sensíveis ao calor, umidade e picos de tensão.
  • Você pode ter uma noção melhor de quanto tempo uma luz de LED vai durar olhando na garantia. Se a embalagem da luz afirma que a duração é de 20 anos, mas só tem garantia de um ano, isso é uma dica.
  • Se a lâmpada de LED ficar dentro de casa do lado de fora da luminária (como na iluminação em trilho), então, realmente você pode esperar que ela dure mais. Se, por outro lado, a lâmpada LED ficar fechada dentro de uma luminária (especialmente em ambientes ao ar livre), então, sua vida útil poderia ser reduzida drasticamente, porque luminárias fechadas são como fornos que cozinham o LED e o deixam muito infeliz.
  • Use lâmpadas com potência maior em áreas onde você precisa executar alguma tarefa, em salas com o pé-direito superior a 2,5 metros e em quartos com piso e paredes de cor escura.
  • Coloque um dimmer no seu quarto para criar um clima.
  • Se comprar uma luz com um interruptor de três vias, você vai precisar de uma lâmpada apropriada para esse tipo de circuito.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.