Como Entender o Básico da Luta em Pé

Muitos estilos de luta têm os mesmos golpes básicos. Por exemplo, existe um número limitado de técnicas para chutar. Este artigo cobrirá os golpes básicos presentes em diversos estilos de luta.

Passos

  1. Entre em posição de luta. Coloque as mãos na frente do rosto e dobre os cotovelos na altura do queixo, deixando-os travados no lugar.
    • Se for destro, coloque o pé esquerdo para frente e o direito para trás; se for canhoto, faça o oposto.
    • Perceba que com o pé esquerdo posicionado à frente terá que usar a mão esquerda para desferir jabs; a direita será usada para golpes de impacto. O inverso ocorrerá se o pé direito estiver à frente.
    • Mantenha os joelhos dobrados. Parte do impacto vem através das pernas e nádegas.
    • Feche a mão, com os polegares posicionados embaixo dos dedos; não os deixe soltos na lateral ou eles podem quebrar.
  2. Soco básico (jab): estenda os braços, com as palmas das mãos para baixo. Os cotovelos devem estar travados e apontando para baixo.
    • Para um soco direto (com a mão direita se for destro e com a esquerda se for canhoto), faça o mesmo movimento básico do jab; como será feito com a mão que está posicionada atrás (já que sua postura possui um pé atrás), use a força dos ombros e mova-o para frente para aumentar a força e o impacto proporcionados.
    • Coloque ainda mais força no soco ao virar o pé e girar o corpo em direção ao alvo: Isso dará três focos de força ao soco: a movimentação do ombro; a virada do corpo; e a extensão do cotovelo.
    • Desfira um jab, e retorne rapidamente à posição inicial. Use-o com frequência como preparação para desferir o golpe de impacto, que deve ser usado com a mão posicionada atrás.
  3. Entenda o básico dos chutes giratórios. A maioria dos chutes é desferido com a perna traseira. Todos os chutes rodados devem acertar o oponente com a canela, e não com o pé. Assuma a posição de luta, levante um pouco a perna traseira e dobre o joelho; gire os quadris na direção do chute, assim como fez quando socou, para aumentar o impacto do golpe.
    • Aprenda as três principais áreas que um chute deve acertar e infligir danos: a perna, o tronco, e a cabeça.
    • Acerte a coxa direita do oponente em um ponto pouco acima do joelho. Se acertar a canela dele com a sua, ambos sentirão muita dor, então prepare-se para suportá-la.
    • Mire os chutes desferidos no tronco em uma região logo abaixo das costelas, local onde ficam os rins.
    • Aprenda os melhores locais para se mirar um chute na cabeça: a mandíbula e a articulação temporomandibular. Desferir um chute na cabeça só será útil se você for flexível o bastante para acertar o alvo sem cair. Alongue-se e pratique.
  4. Aprenda a técnica de clinch. Essa técnica é importante tanto para levar a luta para o chão quanto para impedir que o adversário o derrube. O clinch é quando ambos os oponentes estão se segurando, estão de pé, mas agarrados um com o outro. A luta que mais se concentra em golpes a partir dessa posição é o Muay Thai (Boxe tailandês).
    • Em uma posição neutra no clinch, os lutadores estarão com os braços presos. Isso significa estar com o braço travado no bíceps ou axila do oponente. Se conseguir manter ambos os braços do adversário assim, estará em vantagem. Outro tipo de clinch inclui ter um braço travado na cintura do oponente. Para passar dessa posição para uma em que se trava ambos os braços do adversário, abaixe o corpo e trave as mãos.
  5. Clinch 2: na posição em que está com os braços travados na cintura do adversário, ele poderá desferir joelhadas, mas mesmo que o faça, a vantagem ainda será sua e será possível até mesmo levantar o corpo dele e jogá-lo no chão (se ele estiver em uma faixa de peso que possa ser levantada e se você ainda tiver forças para isso). Matt Hughes (o antigo campeão dos meio-médios) era famoso por nocautear adversários apenas arremessando o corpo deles contra o chão. Além disso, na posição citada, é possível desferir joelhadas na panturrilha do oponente.
    • Lembre-se de manter o pé frontal firme ou poderá cair ao dar joelhadas no adversário.
    • Projete os quadris para a frente durante a joelhada. O golpe deve ser desferido tanto com o quadril quanto com o joelho, aumentando assim o impacto.
  6. Clinch 3: talvez o golpe mais perigoso que já tenha sido usado em uma luta de vale tudo (NHB) é a cotovelada. Ela já foi usada para nocautear adversários no chão, e em praticamente todos os outros lugares.
    • A potência do soco vem das pernas, nádegas e quadris. Dobre as pernas (movimento conhecido como sentar-se no soco), coloque os dedos dos pés na direção do soco e utilize os quadris durante a movimentação. É assim que se coloca o peso do corpo a serviço dos golpes.
    • Coloque o oponente contra a parede, cerca ou corda, e coloque o seu braço dominante no peito, ou pescoço, dele. Isso o manterá o adversário na posição atual por pelo menos alguns segundos. A sua posição deve ser: braço dominante no pescoço dele, e o outro braço, no ombro. Rapidamente solte o seu braço que o está prendendo contra a parede e dê cotoveladas no rosto dele. O movimento deve ser rápido e fluído, permitindo que se retorne logo em seguida à posição inicial. O braço usado para golpear deve voltar imediatamente a prender o ombro do oponente contra a parede para que ele não escape.

Dicas

  • Se o seu oponente se projetar para frente para tentar derrubá-lo no chão, aprenda técnicas de "wrestling" para impedir que isso aconteça. Ser agarrado aumentará suas chances de ser derrubado.
  • Sempre mantenha sua posição de luta.

Avisos

  • Até mesmo treinar as técnicas descritas neste artigo pode ser perigoso e causar lesões, como articulações deslocadas e músculos distendidos.
  • Se não for durante uma competição esportiva, lutar é perigoso e ilegal.

Materiais Necessários

  • Determinação
  • Saco de boxe.
  • Um parceiro de treino.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.