Como Atrair Libélulas

Libélulas, que são grandes insetos da ordem Odonata, são procuradas pelos donos de propriedades porque elas são insetos atraentes e interessantes de se observar. As libélulas adultas e suas larvas são caçadoras vorazes de mosquitos e pequenos insetos aquáticos. As libélulas são atraídas por áreas com água, locais onde possam se empoleirar, e pela luz do sol para colocar seus ovos. Saiba como atrair libélulas construindo um ambiente atraente e como conseguir que uma libélula venha até você.

Passos

  1. Construa uma lagoa de tamanho e forma adequados. Todos os estágios de desenvolvimento da libélula requerem a presença de água. Ao construir uma lagoa para atrair as libélulas para a sua área, considere o tamanho, profundidade e inclinação dela.
    • A Sociedade Britânica de Libélulas recomenda uma lagoa de diâmetro de pelo menos 20 pés (6,1 m). No entanto, uma lagoa de qualquer tamanho vai atrair libélulas.
    • A lagoa deve ter uma profundidade de pelo menos 0,61 m para permitir que as ninfas de libélula se escondam de predadores, como os guaxinins.
    • A lagoa deve ter lados rasos e inclinados para permitir que plantas cresçam ao seu redor.
    • Faça a lagoa em um lugar ensolarado. As larvas da libélula são de sangue frio e não vão se comportar normalmente em uma lagoa à sombra.
  2. Coloque pedras de cor clara ao redor da borda da lagoa. Essas pedras podem servir como lugares para as libélulas se aquecerem ao sol.
    • Faça uma área com xisto para atrair as libélulas.
  3. Coloque um tronco velho perto da lagoa, e deixe-o apodrecer naturalmente. O tronco vai se tornar um local de desova para libélulas.
  4. Coloque na lagoa tanto plantas de águas rasas como de águas profundas. As libélulas e suas larvas não comem as plantas, mas algumas espécies usam plantas como creches e põem seus ovos nos caules das plantas.
    • Para plantas que ficam no raso você pode usar o feijão de pântano, o junco e a cavalinha.
    • Para as áreas de águas profundas use ceratophyllum demersum ou plantas aquáticas.
    • Pergunte na sua região sobre as plantas nativas de lagoa encontradas em sua área.
  5. Coloque plantas flutuantes na lagoa.
    • Pense sobre o plantio de aguapé, mureré e marrequinha.
    • Não deixe que as plantas flutuantes cubram o tanque inteiramente pois isso pode impedir que a luz do sol chegue até o fundo da lagoa.
  6. Deixe que a grama cresça ao redor da lagoa. Isso pode proporcionar oportunidades de caça para as libélulas, bem como lugares de descanso e acasalamento.
    • Plante gramíenas ou uma área com flores selvagens ao redor da lagoa.
  7. Coloque na sua lagoa, se você ainda não tem um ambiente adequado para as libélulas, alguns baldes de lama de uma lagoa que já tenha libéluas.
    • Evite a presença de sapos ou a desova deles, eles podem levar doenças para a lagoa.

Dicas

  • Coloque pedaços de pau na lagoa para as libélulas pousarem até que as plantas se desenvolvam.
  • Faça com que tudo na lagoa tenha um aspecto harmonioso, e não drene a lagoa para controlar as algas.

Avisos

  • Não coloque peixes na lagoa, porque os peixes comem as ninfas da libélula.
  • Cuidado com as plantas invasoras, não as plante na lagoa.
  • Não pulverize herbicidas ou pesticidas em torno de uma área com libélulas. As libélulas não irão usar água poluída, e você pode inadvertidamente matar as ninfas de libélula.
  • Não faça uma poda ao redor de uma lagoa com libélulas.
  • Evite usar forros de piscina pré-fabricados que não têm lados inclinados.

Materiais Necessários

  • Lagoa
  • Pedras (de cor clara e de xisto)
  • Tronco
  • Plantas que gostam de água
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.