Como ser uma Garota "Festeira" no Ensino Médio sem Prejudicar a Vida

Quase toda adolescente quer ser uma garota “festeira” (em segredo), desobedecer algumas regras e se divertir sem preocupações! Este artigo lhe mostrará como fazer isso... Sem lhe prejudicar ou causar problemas para os seus pais, professores e as suas notas!

Passos

  1. Mantenha uma boa aparência: só porque você está se rebelando contra as regras, não precisa deixar de lado a moda e o estilo. Tente usar peças de roupas pretas ou de outros tons neutros. Uma minissaia preta com uma blusinha marrom e um tênis Converse escuro é a combinação perfeita. Caso contrário, meias-calças escuras e um cardigã neutro são ótimas escolhas. Use peças básicas como essas – e que exibam a sua beleza. Compre uma boa base e um bom corretivo e aperfeiçoe o tom da sua pele. Passe um rímel preto e uma linha fina de delineador. Aperfeiçoe o seu “ritual” de maquiagem até que ele lhe dê um aspecto misterioso e divertido. Além disso, penteie o seu cabelo todos os dias. Considere tingi-lo com um tom que combine com a sua pele. Frequente a academia por alguns minutos diariamente e mantenha uma dieta balanceada. No entanto, não fique obcecada – ou você pode acabar desenvolvendo distúrbios alimentares.
  2. Use e abuse das mensagens de celular e de aplicativos como o Whatsapp. Peça que os seus pais paguem um plano de telefonia/internet móvel para você. Esse passo é essencial se você quiser ser a “garota festeira”! Você fará vários amigos e precisará manter contato constante com eles.
  3. Converse com as pessoas. Após a sua mudança de estilo, você provavelmente passará a chamar mais atenção de garotos. Se alguém falar com você, responda de modo amigável e casual. Sempre pense bem dos outros e nunca os julgue. No entanto, localize as outras “garotas festeiras” e tente se aproximar delas.
  4. Informe-se sobre festas importantes. Tente conversar com as pessoas que organizam esses eventos. Casualmente, diga algo como “O que você vai fazer no fim de semana?”. Quando a pessoa disser que vai dar uma festa, diga “Legal! Parece ótimo... Faz tempo que não vou a uma”. Isso é praticamente um pedido de convite. Se a pessoa em questão lhe convidar de forma casual, diga “Espero que dê para eu ir... Eu posso estar ocupada. Posso lhe mandar uma mensagem?”. Se não tiver o contato, pegue-o. No dia seguinte, mande um sms dizendo que poderá comparecer. Caso você não seja convidada, não se preocupe: sempre há novas festas acontecendo.
  5. Para se preparar para a festa, use um vestido preto opaco ou uma blusinha escura com uma saia de mesma cor, combinada a um salto alto (que seja confortável!). Para a maquiagem, tente um tom esfumaçado. Se os seus pais forem rígidos, diga a eles que vai dormir na casa de uma amiga e disfarce com um casaco. Se você souber atuar, eles não desconfiarão. Leve uma bolsa pequena com o seu celular, pelo menos R$20,00, a maquiagem, balas de menta, uma camisinha (para prevenção) e outros itens de que possa precisar.
  6. Em festas, especialmente a sua primeira, não fique muito bêbada – de preferência, não beba nada alcoólico. Acredite ou não, ficar “chapada” é um sinal ruim para todas as pessoas. Pesquise na internet o quanto você pode beber de acordo com o seu peso e gênero. Tente se ater a essa quantidade. Aceite bebidas somente de pessoas de confiança e nunca deixe o seu copo descuidado. Isso não faz de você uma “otária”... As melhores “festeiras” se comportam assim. Tenha em mente que, na maioria dos países, a idade legal para beber é bastante avançada. Saiba que é ilegal beber ainda adolescente e lembre-se das consequências de fazê-lo. O seu cérebro ainda está se desenvolvendo e o álcool e outras drogas podem lhe prejudicar. Não se esqueça do que pode acontecer em casa e na escola. Dependendo da situação, você pode ser expulsa de boates e outros locais. Se você ficar muito bêbada, pode se arrepender das decisões que toma no futuro. Além disso, não se sinta pressionada para fazer coisas que não queira fazer – mas não se assuste. Não use drogas, pois nunca se sabe o que elas contêm. Sempre tenha dinheiro para chamar um táxi e um “plano B” para a noite. Nunca entre no carro de um motorista bêbado.
  7. Na festa, seja gentil! Com sorte, você estará acompanhada de uma amiga que compartilhe dos seus objetivos. Se não, converse com alguém que pareça ser amigável. Basta dizer “Oi! Qual o seu nome?”, “Em que série você está?” etc. e começar um diálogo. Se a pessoa parecer gentil, continue falando com ela. Se não for, encontre outro alguém. Você pode até conhecer um garoto especial – mas não fique com ele “só por uma noite”. Não faça nada além de beijar e trocar carinhos. Antes de sair, pegue o número do seu acompanhante!
  8. Quando você estiver acostumada com as festas, começará a ser convidada sem esforço algum. Parabéns! Você é, agora, oficialmente uma “festeira”. Não vá muito além disso... Garotas assim chamam muita atenção de garotos e podem acabar se sacrificando para agradar os outros. Não tenha medo de dizer “sim” ou “não”. Fale o que pensa!
  9. Lembre-se de reservar tempo para a escola. Estude ao menos uma hora todas as noites para se manter “afiada”; nos fins de semana, estude também. Depois, você terá todo o tempo que quiser para festas e garotos.
  10. Após um tempo, você provavelmente cometerá um erro e será pega pelos seus pais bebendo ou fazendo algo parecido. Basta pedir desculpas a eles e dizer que foi uma decisão estúpida – e que não se repetirá. Fique calma por um tempo.
  11. Se você tiver problemas com a polícia (caso ela invada uma festa, por exemplo), tente se manter calma. Se as leis locais quanto à bebida forem duras, você pode acabar se envolvendo em uma confusão. Isso pode ser ruim! Por isso é importante sair das festas quando você sentir que elas estão incomodando as pessoas. No entanto, caso você seja pega, seja educada e peça desculpas às autoridades. Provavelmente, você não ficará muito encrencada; o pior que pode acontecer é receber uma notificação.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.