Como Extrair Seiva de um Pinheiro

A extração da seiva de um pinheiro para utilizá-la como tinta ou resina é uma arte quase esquecida. Veja aqui alguns passos básicos se você quiser tentar fazer isso. Contudo, leve em consideração que este procedimento pode causar danos à árvore e expô-la a pestes e doenças.

Passos

  1. Localize um pinheiro maduro ao qual você tenha autorização para realizar a extração. É necessário que o proprietário daquele terreno e árvore saiba bem o que você pretende fazer. A extração da seiva não machuca seriamente uma árvore desde que feita da maneira correta, mas ainda assim, pode reduzir o valor da madeira.
  2. Identifique as melhores espécies para este fim. Como os pinheiros se parecem bastante, pode ser necessário buscar orientação com alguém mais familiarizado com as espécies da sua região. Os pinheiros da região do sul dos EUA mais adequados para este procedimento são:
    • Pinheiro Amarelo do Sul
    • Pinheiro Negro
    • Loblolly (Pinus taeda)
    • Improved Slash Pine (Pinus ellioti)
  3. Reúna as ferramentas necessárias para seu projeto. Você precisará de um utensílio para cortar a casca da árvore, um recipiente para coletar e um para armazenar a seiva. Se você pretende guardar a seiva em um recipiente plástico, você também precisará de uma folha de metal leve para formar um funil, diminuindo o desperdício. Abaixo há uma lista de ferramentas básicas que são necessárias.
    • 'Hacker'. Trata-se de um machete (facão) para 'invadir' (hack) a casca e a madeira da árvore. Era uma ferramenta bastante produzida no início do século passado. Atualmente, você pode substituí-la por um pequeno machado afiado ou uma faca grande.
    • Recipientes de terebintina. Estes recipientes eram feitos com um aço fino ou cerâmica e são bastante raros hoje em dia. As únicas características que ambos compartilhavam era uma borda fina e curvada no topo, bem como um buraco para pendurá-los logo abaixo da borda. Você pode fazer seu próprio recipiente com latas grande de metal utilizadas para a comercialização de alimentos no atacado, por exemplo. Basta remover totalmente a tampa, amassar um lado para torná-lo côncavo e abrir um orifício de 0,62cm na sua borda.
    • Baldes. É simplesmente o balde utilizado pelos extratores para levar a seiva coletada.
    • Martelo e cavilhas. Qualquer martelo deverá servir. Se você não tiver cavilhas apropriadas de madeira, você também pode utilizar um prego para fixar seu coletor na árvore. A vantagem de utilizar cavilhas de madeira é que a árvore pode ser utilizada com segurança para o corte posteriormente, sem o risco de que algum fragmento de prego danifique as serras.
    • Coletor A seiva (também chamada de resina) é coletada e destilada para produzir a essência de terebintina, utilizada como thinner, verniz e em solventes.
  4. Escolha uma árvore para fazer a extração. Busque uma árvore grande, com casca compacta para obter os melhores resultados, uma vez que árvores mais 'frouxas' apresentarão mais dificuldades para pregar seu balde coletor.
  5. Perfure a casca para alcançar a madeira e a seiva a aproximadamente 90cm acima do solo, fazendo uma incisão de uns 25cm de largura com seu machado. Retire a casca para expor um pedaço de 15cm de altura da madeira.
  6. Prenda seu balde firmemente à madeira, de modo que quando a seiva começar a cair, seja coletada. Se seu balde não se encaixar perfeitamente à árvore, utilize algo como funil para direcionar a seiva.
  7. Faça alguns cortes rasos em "V", com a ponta do V direcionada ao seu balde.
  8. Deixe o balde preso a árvore até que a seiva comece a filtrar e ser coletada. O tempo chuvoso não atrapalhará a extração, já que este material não se mistura com a água. Em todo caso, é importante coletar a seiva já extraída a cada intervalo de alguns dias para evitar que impurezas se acumulem em sua superfície. Faça cortes em "V" adicionais caso os anteriores comecem a secar.
  9. Retire os pregos e quaisquer outros materiais ao final da extração. Manter cavilhas de madeira nas perfurações após a extração poderá ajudar a prevenir doenças e insetos na árvore.

Dicas

  • Embora os pinheiros permaneçam vivos e com folhas durante todo o ano, a extração de sua seiva é mais eficiente no início da primavera ou outono, em épocas um pouco mais quentes. Sob temperaturas mais frias, a seiva ficará mais espessa e irá fluir com menos facilidade.

Avisos

  • A seiva dos pinheiros contém terebintina, um solvente natural que pode causar irritação à pele, olhos e membranas mucosas.
  • A seiva também deve ser considerada como material inflamável.

Materiais Necessários

  • Baldes
  • Machado
  • Martelo e Cavilhas
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.