Como Ter uma Barriga Chapada em Uma Semana

Você tem um grande evento, uma barriga "pochete" ou inchada, e apenas uma semana para conseguir essa barriga tão plana quanto seja possível. Dá para fazer isso com as dicas que damos aqui. Você vai ficar tão contente que vai querer adotar esses hábitos de forma definitiva.

Coma para ter uma barriga chapada

  1. Coma mais vezes. Em vez de três grandes refeições que podem encher sua barriga e sobrecarregar o seu sistema digestivo, coma pequenas e frequentes refeições ou lanches. Coma suas refeições com intervalos de duas ou três horas; elas vão ocupar menos espaço em seu estômago, causar menos expansão, manter o seu metabolismo funcionando e fazê-la se sentir satisfeita.
  2. Reduza a ingestão de alimentos ricos em fibras. Muitos alimentos ricos em fibras - brócolis, feijão, couve de Bruxelas, couve-flor - causam gases e flatulência. Elimine-os de sua dieta durante esta semana. Quando a semana acabar, gradualmente, adicione-os de volta um de cada vez. Você pode achar que alguns não são tão bons para o seu estômago quanto os outros, e você pode ajustar sua dieta para obter as fibras e manter sua barriga chapada.
    • Lute contra os alimentos que produzem gás fazendo uso do Beano. Ele contém uma enzima que ajuda a quebrar açúcares complexos encontrados nos grãos e vegetais crucíferos de modo que eles possam ser mais facilmente digeridos.
  3. Ajuste suas frutas e porções vegetarianas. Enquanto vegetais crus e frutas são ótimas opções para a saúde em geral, eles dilatam a barriga, por isso é melhor comê-los em pequenas porções, distribuídas ao longo do dia.
  4. Verifique se há uma intolerância à lactose. Se os produtos lácteos causam gases e um inchaço desconfortável, você pode ter dificuldade em digerir a lactose, o açúcar encontrado no leite. Tente comer alimentos com baixo teor de lactose, tais como iogurtes. Consuma apenas pequenas quantidades de produtos lácteos de uma só vez, e ingira-os com outros alimentos. Você também pode comprar produtos sem lactose ou tomar um digestivo, como Lacataid, para ajudar a quebrar a lactose em seu trato digestivo
  5. Escolha alimentos ricos em potássio. Coma alimentos ricos em potássio, incluindo abacate, bananas, mamão, manga, melão e iogurte desnatado (feito sem adoçantes artificiais). O potássio é um diurético natural, por isso vai ajudar a reduzir a retenção de água e o inchaço.

Beba para ter uma barriga chapada

  1. Faça da água a bebida número 1. Você sempre precisa beber água, mas pode ser especialmente importante se você estiver tentando ter uma barriga chapada. Ao beber água, você ajuda seu corpo a manter o equilíbrio de fluidos, para de reter água (uma das principais causas das barrigas inchadas) e sente-se satisfeita, de forma que fique inclinada a comer menos. A água também quebra a gordura em energia e transporta os nutrientes para os músculos, para manter o seu metabolismo
    • Adicione limão, laranja ou fatias de pepino na água para acrescentar um sabor a mais; você também pode tentar acrescentar ervas e flores, tais como hortelã ou erva-cidreira.
  2. Adote o chá verde. Entre os seus muitos benefícios, o chá verde também pode ajudar a reduzir a gordura da barriga, graças aos antioxidantes que ele possui, chamados catecinas. Para uma queima de gordura extra, tome chá verde antes de seu treino.
  3. Prepare um smoothie. Smoothies são uma ótima maneira de manter-se hidratado e pode contribuir para uma barriga mais lisa. Quando você faz um smoothie com melancia, você tem a vantagem de ingerir um aminoácido conhecido como arginina, que é encontrado na melancia. Um estudo no Journal of Nutrition concluiu que a arginina pode diminuir a gordura corporal e aumentar a massa muscular magra. Um smoothie feito com abacaxi oferece o benefício da bromelina, uma enzima do abacaxi que ajuda a quebrar as proteínas, facilitar a digestão e diminuir o inchaço .
    • Smoothie de melancia. Pique duas xícaras de melancia e coloque-as em um liquidificador. Adicione 1/4 de xícara de leite desnatado e bata por cerca de 15 segundos ou até ficar homogêneo. Adicione 2 xícaras de gelo e bata por 20 segundos ou até obter a consistência que você quiser. Esta receita serve duas pessoas.
    • Smoothie de abacaxi. Meça 1 xícara de leite desnatado e coloque-a em um liquidificador junto com 4 pedaços de abacaxi fresco ou em conserva. Bata a mistura por 1 minuto. Despeje em um copo e acrescente uma colher de sopa de óleo de linhaça prensado a frio. Faz uma porção.
  4. Acrescente gengibre à dieta. O gengibre ajuda a acalmar o trato gastrointestinal e pode ajudar a reduzir o inchaço. Adicione um pouco de gengibre ralado, fresco em seu chá verde ou ferva alguns pedaços cortados da raiz para fazer um chá de gengibre.
  5. Beba chá de hortelã. Não é por acaso que muitos restaurantes oferecem balas de hortelã após as refeições - hortelã-pimenta é um auxiliar digestivo. Prepare um chá de hortelã ou acrescente folhas de hortelã à água ou ao chá verde
  6. Fique longe do álcool. Quando se trata de deixar a barriga chapada, o álcool não é seu amigo. Ele faz o seu corpo armazenar mais da gordura que você ingere, e queima até 36% menos gordura do que faria normalmente. Ele também pode inibir a produção do seu corpo de hormônios de queima de gordura
  7. Evite bebidas gaseificadas e fermentadas. Estas bebidas possuem gás em sua composição, e quando você as consome, você acumula o gás em seu sistema intestinal, o que leva a uma barriga inchada.
  8. Diga "não" ao sorbitol. Sorbitol é um adoçante artificial encontrado em alguns refrigerantes diet. Enquanto ele acrescenta doçura, sem adicionar calorias, o problema é que os nossos corpos têm dificuldade para digerir essa substância. E não é apenas a alguns refrigerantes que contêm sorbitol, procure-o em iogurtes, alimentos de baixo teor calórico, gomas de mascar e balas duras.

Exercícios para chapar sua barriga

  1. Adote exercícios cardiovasculares. Nada supera o exercício aeróbico na batalha contra a gordura da barriga. Um estudo realizado pela Universidade de Duke descobriu que o exercício aeróbico é a maneira mais eficaz para queimar a gordura profunda, visceral, da barriga e que exercícios aeróbicos queimam 67% mais calorias do que exercícios de resistência ou um regime que combine exercícios aeróbicos e de resistência.
    • O Departamento de Saúde recomenda que adultos saudáveis façam pelo menos 150 minutos por semana de atividade aeróbica moderada (caminhada rápida ou natação) ou 75 minutos por semana de atividade aeróbica vigorosa (como correr) divididos por toda a semana. Sessões de atividade pode ser divididas durante todo o dia, mas devem ter de pelo menos 10 minutos de duração. Se estiver procurando perder peso, você vai ter que aumentar a intensidade, a duração ou ambos.
  2. Faça seus abdominais. Pode ser que os treinadores jamais cheguem a um acordo sobre se os abdominais são ou não a melhor maneira de nivelar sua barriga, mas não há nenhuma dúvida sobre o fato de que eles trabalham os músculos na parte frontal e lateral do abdômen.
    • Flexão Pélvica. Deite-se de barriga para cima estabilizando seu corpo em formato arredondado, com as costas e a cabeça pressionadas contra o espaço arredondado, os pés juntos no chão e um halteres de 5 a 10 libras halteres ou uma esfera em suas mãos, posicionados contra seu peito. Contraia seu abdômen e flexione-o até os ombros estarem fora do formato arredondado. Em seguida, use as duas mãos para levar o haltere para cima, em direção ao teto. Faça três séries de 12-15 repetições, com 30 segundos de descanso entre cada série.
    • Braços sobre Abdominal com Perna Reta. Pegue um par de halteres de 10 a 12 quilos e deite-se de costas, com os braços atrás de você e as pernas estendidas e elevadas a um ângulo de 45 graus. Traga seus braços sobre o peito e levante os ombros, enquanto eleva suas pernas até que elas fiquem perpendiculares ao chão. Retorne à sua posição inicial, sem deixar que seus pés toquem o chão. Faça três séries de 15 repetições com 30 segundos de descanso entre as séries.
  3. Trabalhe seu núcleo. Seu núcleo é formado por seus músculos abdominais mais os músculos da região lombar, assoalho pélvico e quadris - mais de 15 músculos em todos. Para uma barriga muito plana, você precisa de exercícios que visem todos esses músculos.
    • Prancha Lateral. Deite-se sobre seu lado esquerdo com o cotovelo diretamente sob seu ombro e suas pernas emparelhadas uma em cima da outra. Coloque sua mão direita sobre o ombro esquerdo ou em seu quadril direito. Aperte seu abdômen e eleve o quadril do chão até que você esteja equilibrado em seu antebraço e pés, para que seu corpo forme uma linha diagonal. Mantenha a posição por 30 a 45 segundos. Repita a operação no lado oposto.
      • Se você não consegue segurar a posição durante 30 a 45 segundos, fique o maior tempo que puder e trabalhe para melhorar esse exercício.
    • Flexão e Caminhada. Fique no chão em uma posição de flexão e posicione as mãos para que elas fiquem dois centímetros mais largas que os seus ombros. Mantenha os pés no lugar, e ande com suas mãos para frente, tanto quanto possível; em seguida, caminhe de volta. Faça 10-12 repetições.
      • Para um maior desafio, você pode levantar uma perna antes de levar suas mãos para frente e para trás.
    • Corda de Escalada. Sente-se com as pernas estendidas para frente e com seus pés virados para fora em uma posição V. Aponte os dedos dos pés. Contraia os músculos do núcleo e role sua coluna em uma curva C . Levante os braços para cima e movimente-os como se estivesse subindo uma corda, torcendo um pouco a cada alcance. Faça 20 trechos com cada braço.

Criando a ilusão de uma barriga chapada

  1. Melhore a sua postura. Manter uma postura que a deixe mais alta pode fazer você parecer 5 kg mais leve, então por que não fazê-lo. Fique de tal forma que sua pélvis esteja relaxada e para baixo com a linha de cintura inclinada para a frente e sua parte traseira inclinada para trás, e não sobre você. Alinhe sua caixa torácica com o seu estômago. Empurre seus ombros para trás e deixe-os cair para baixo com cuidado. Centralize sua cabeça sobre sua coluna e alongue a parte de trás do pescoço, imaginando uma corda amarrada a ela e levantando delicadamente a parte superior de sua cabeça.
  2. Escolha roupas que aplainem a barriga. Há uma série de maneiras de colocar seu guarda-roupas para trabalhar para você na batalha contra a barriga. Ao escolher os tecidos e os estilos certos, você pode criar a ilusão de uma barriga menor.
    • Escolha tecidos que afinem o corpo. Estes incluem algodão, seda ou rayon e misturas de lã leves. Fique longe de tecidos que se agarram como lycra e malhas leves, pois eles tendem a enfatizar cada protuberância.
    • Desvie os olhares. Procure por roupas com características que atraiam os olhares para longe de sua zona central do corpo. Por exemplo, tops com detalhamento em torno do decote ou um plissado central dão algo a mais para os olhares se concentrarem, em vez de seu estômago. Blusas transpassadas, amarradas de lado e vestidos também são boas opções, desde que eles não sejam feitos em um tecido aderente, que você está procurando evitar.
    • Adicione um cinto. Use um cinto largo de cor escura para apertar sua cintura, separando-as dos quadris e busto e criando uma cintura.
    • Brinque com os padrões. Os padrões geométricos e florais podem ser uma boa maneira de disfarçar um pouco de barriga, mas você vai ter que experimentar o tamanho do padrão, certificando-se de que ele combina com o tamanho de seu corpo.
    • Coloque a cor para trabalhar para você. Sim, o preto é a cor que mais emagrece, mas não é sua única opção. O estilista Phillip Bloch recomenda roxo, marinho, bordô, berinjela, cinza e carvão esmeralda profundo para um visual mais magro. Você também pode querer usar um visual monocromático, vestindo-se da cabeça aos pés com apenas uma cor - uma outra maneira de ter um visual mais alto e magro.
  3. Use um modelador. Um modelador pode dar-lhe o visual mais elegante que você está procurando. Ele vem em muitos estilos diferentes, mas um modelador de cintura alta pode ser o melhor para manter uma barriga - bem como os quadris e coxas - mais magros. Escolha um nível de controle - leve, médio ou firme - que lhe dê a aparência desejada, sem causar-lhe grande desconforto ou dor.

Dicas

  • Não coma muito rapidamente. Comer devagar permite que o seu sistema digestivo funcione corretamente. Além disso, você pode saborear o gosto.
  • Corra considerando o tempo, em vez da distância. Quando você se exercita, o seu metabolismo continua funcionando mais rápido do que o normal, mesmo após o treino. Quando você treina por meia hora, seu corpo trabalha mais do que se você tivesse corrido dois quilômetros.
  • Tente se tornar mais ativa, utilizar as escadas em vez do elevador é um começo!
  • Depois de ter comido, espere pelo menos duas horas antes de ir para a cama, a fim de dar tempo para digerir a comida.
  • Escolhas inteligentes:
    • Alimentos integrais (grãos integrais ou de trigo integral).
    • Todos os vegetais são bons para você, mas quando se trata de alface, quanto mais escura, melhor. Além disso, alguns legumes, como ervilhas e milho, também têm as qualidades do carboidrato.
    • Nozes são melhores do que os chips de batata. Ambos têm uma grande quantidade de gordura, mas as nozes têm o tipo mais saudável de gordura.
    • A fruta é melhor do que o suco de frutas. Como dito anteriormente, o suco pode ter açúcares extras, enquanto a fruta mantém o seu sistema digestivo funcionando.
    • Ao decidir que tipo de leite ingerir, escolha o que tem 1% de gordura ou leite desnatado.
  • Continue tentando, não importa a que custo. Não desanime, você vai chegar lá.
  • Não fique desanimada se você não vir os resultados imediatamente. Eles se tornarão visíveis com o tempo.
  • Quanto mais você trabalhar, melhores resultados serão conseguidos (e também mais rapidamente).
  • Faça o café da manhã! O café da manhã pode realmente acelerar o seu metabolismo!
  • Não se pese todos os dias, uma vez por semana deve ser suficiente.

Avisos

  • Não passe fome.
  • Não se esforce demais ou coloque muita pressão sobre o seu corpo.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.