Como Combater o Vício pelo Twitter

No mundo do entretenimento das redes sociais, a necessidade de estar on-line ou verificar atualizações com frequência pode se aproximar de você de surpresa. Um vício é um termo usado quando uma pessoa é "compulsivamente ou fisiologicamente dependente" de algo. No caso de um vício em Twitter, isso pode significar que você não se sente capaz de ficar um dia sem escrever tweets e seguir os tweets dos outros, e se sente privado, infeliz e talvez até mesmo desatualizado do que está acontecendo quando fica longe do microblog. Se acha que o Twitter começou a preencher muitas horas do seu dia e você gostaria de impedir isso, aqui estão algumas sugestões para combater o vício pelo Twitter.

Passos

  1. Decida se você está viciado pelo Twitter. Se tiver um ou mais dos seguintes sinais comuns de ser viciado em Twitter, será preciso se submeter a uma avaliação realista sobre o microblog:
    • Twittar é mais do que divertido. É semelhante à respiração. Sem twitrar, você sente que não é nada.
    • Os tweets precisam continuar, independentemente de qualquer coisa. Mesmo quando você não está com vontade de twittar, suas mãos e dedos não recebem a mensagem e twittam para você. Inconcebível? Os vícios envolvem ações que você não quer fazer ou ações que não percebe que está fazendo. Você atinge um nível em que não percebe que está twittando.
    • Aquilo que não tem significado toma proporções monumentais. Os assuntos mundanos importam. Seus seguidores merecem saber o que você fez de manhã.
    • As pessoas sem contas no Twitter são luditas. Ponto final. Elas já foram removidas do seu livro de endereços e você bloquearia essas pessoas do seu Twitter se eles tivessem um.
    • Fazer atualizações no Twitter ao meio de um acidade de avião, aplicando RCP a uma pessoa que acabou de cair na sua frente ou ao presenciar um terrível acidade é considerado perfeitamente normal. Assim como olhar seu perfil no site antes de tomar sua dose de remédio importante do dia.
    • O Twitter é o seu dia. O resto do que poderia ter sido o seu dia é organizado em torno dele; o trabalho está desorganizado, as crianças estão descuidadas e jantam comida congelada pela milésima vez.
    • É essencial encontrar alguém para postar atualizações para você quando estiver incapacitado por causa de uma viagem de trabalho incômoda ou para quando uma operação para salvar sua vida arruína seu dia. Você forneceu ao seu substituto uma agenda completa, disse o que escrever e o obrigou a manter o seu estilo de twittar.
    • A “baleia do horror” dura muito mais. Depois de perceber que não é possível publicar um tweet informando a todos que o Twitter está fora do ar, você xinga e range os dentes. Depois, atualiza a página diversas vezes até o site retornar, apenas para contar para os outros o quanto você ficou chateado com o que aconteceu.
    • Seu trabalho está acumulando. Você tem diversos projetos interminados e ainda assim se sente enfeitiçado pelo Twitter.
    • Você simplesmente não consegue ficar um dia sem twitar. Isso o deixa desconfortável e e você só de sente melhor depois de fazer login na sua conta.
    • Seus pais, colegas de trabalho ou supervisores já lhe disseram para parar de twittar e você percebeu que não consegue.
    • Seus relacionamentos da vida real estão deteriorando devido a todo o tempo passado no Twitter.
  2. Domine o seu vício pelo Twitter. Sim, é um clichê dizer que metade da batalha é admitir o problema, mas não reconhecer isso significa que você não vai mudar o comportamento viciante. E antes de se apressar para twittar que você tem um vício, admita para si mesmo, mas lembre-se de que não há necessidade de dizer ao mundo.
    • Se você fizer um tweet sobre suas preocupações em relação ao vício, é provável que você receba um monte de tweets com risadas ou comentários dizendo "eu também” e “não é tão ruim assim”. Tudo isso minimiza a importância da sua compreensão, o que pode facilmente fazê-lo minimizar o problema.
    • Esteja ciente de que algumas pessoas vão querer sabotar todas as suas tentativas para parar ou minimizar o uso do Twitter. Isso geralmente acontece quando os potenciais sabotadores sabem que o seu próprio uso está fora de controle, mas não conseguem alterá-lo. Eles não querem qualquer evidência de alguém que gerencie o Twitter como nada menos do que uma tábua de salvação.
    • Se você tiver algo a dizer sobre o enfraquecimento do uso do seu Twitter, coloque em termos mais genéricos, como:
      • "Tenho um livro para terminar. Vocês não me verão por um tempo."
      • "Dando à luz amanhã. Já que eu não sou nenhuma supermãe, vocês não vão me ver por aqui até eu aprender a ser mãe."
      • "Uma atribuição de trabalho enorme acabou de aparecer. Ficarei inacessível por alguns meses."
      • "Twittando menos porque descobri as corridas de maratona. Saindo para treinar!"
  3. Planeje o tempo que você está gastando no Twitter. Se estiver reclamando sobre como uma pessoa pode "planejar” usar o que é essencialmente um ambiente espontâneo, você está certo. O Twitter é alimentado pela espontaneidade, e é também sua fraqueza, porque você não sente que existe uma limitação de tempo, seja de dia ou de noite, ou sempre que seja o momento certo (ou não) de twittar algo de bom. O plano que você precisa adotar envolve quando, e não o que será twittado. Então, relaxe (mas faça o seu melhor para minimizar o desnecessário e para seguir o plano). Tente fazer o seguinte:
    • Permita-se um determinado período de tempo todos os dias reservado para o Twitter. Algumas sugestões são: 15 minutos a cada três horas ou um único bloco de uma hora por dia após todo o resto de suas obrigações terem sido cumpridas.
    • Estabeleça horários precisos. Você pode definir um tempo todos os dias, digamos 12:30 para enviar um tweet. Mantenha-se no horário estabelecido.
    • Verifique quando seus tweets têm o maior impacto. Usar apenas nos horários de alto impacto pode diminuir o uso diário. Escolha o seu tempo de forma a coincidir só com o tempo de maior impacto; isso vai variar dependendo de onde você mora e seus interesses. Avaliar o tempo de maior impacto é especialmente importante se você estiver promovendo seu blog, livros ou beleza interior.
  4. Separe um tempo “apenas para o Twitter". Isso significa evitar o uso do Twitter como algo que você pode fazer enquanto está empenhado em outras funções, como assistir TV, ler suas notas do exame ou escrevendo artigos sobre como parar de twittar. Usado desta forma, o Twitter serve como uma distração, uma desculpa para não se concentrar totalmente em qualquer outra coisa que você está fazendo. O problema em ver qualquer coisa como uma atividade multitarefa é que você tende a minimizar a quantidade de tempo que ele gasta e o quanto ele o distrai de fazer qualquer coisa de forma completa e com satisfação; em vez disso, a ação parece fragmentada e nunca completamente “feita”. Separar um tempo apenas para o Twitter pode ser útil para superar usá-lo como parte da confusão da multitarefa.
  5. Demita seu elenco de apoio do Twitter. Livre-se de todos os aplicativos e sites que facilitam o uso do Twitter para você. Quer se trate do Tweetie, TwitterBerry, TweetDeck, TwitterFon, PocketTweets ou ceTwit, estas plataformas móveis do Twitter permitem que você twitte praticamente em qualquer lugar e a qualquer momento. A remoção desses aplicativos do seu telefone irá reduzir a quantidade de tempo que você fica no Twitter a cada dia. Experimente antes de rolar no chão, incrédulo; você pode, e vai, prosperar.
  6. Transforme o Twitter em um hobby e não em um hábito. Por exemplo, use o Twitter somente nos fins de semana. Você ficará ansioso para os finais de semana, quando você estará mais alerta e capaz de criar tweets mais interessantes. Talvez até consiga se conectar mais profundamente com alguns ao invés de tentar acompanhar muitos.
    • Fazer isso pode ajudar a aumentar a sua produtividade no trabalho se você estiver no tipo de emprego que permite o uso de Twitter (se o trabalho é tão chato que você prefere twettar, talvez seja hora de um novo emprego, talvez?). Por outro lado, se o Twitter for uma parte de seu trabalho, crie um plano para usá-lo da forma mais eficiente, especialmente se estiver trabalhando remotamente.
  7. Passe algum tempo longe do excesso de informações. O constante bombardeio de mensagens pode induzir a uma sensação de constante consciência que o mantém no limite e na necessidade de reagir e se preocupar com coisas que você não pode, de modo geral, mudar. Esta é uma boa maneira de se sentir o tempo todo? Dê a si mesmo um tempo livre de informações, relaxando sob algumas árvores ou no ginásio da escola, ou onde quer que seja o seu lugar favorito. E sem o seu telefone celular.
  8. Perceba que você não está sozinho nesse vício. Já reparou nas contas que simplesmente desaparecem? Não aquelas com "atividades suspeitas", mas o cara que enviava dicas de alimentos crus todos os dias ou o poeta haiku cujo Twitter o surpreendeu com sua excentricidade? Eles pareciam tão bons, sempre por perto, como móveis! Muitas das contas que desaparecem são de pessoas que têm esse momento de realização que o excesso de tempo gasto no Twitter é tempo não gasto em outras atividades. A cara da comida resolveu fazer as suas receitas em vez de twittá-las; o poeta haiku quis passar mais tempo em uma zona tranquila, arborizada e livre de wi-fi para refletir e restaurar a própria criatividade. Seja gentil com você mesmo e perceba que outras pessoas já passaram por isso; a natureza evolutiva das redes sociais significa que muitas pessoas continuam tentando equilibrar o Twitter com suas vidas já ocupadas. Mantenha a perspectiva sobre o lugar do Twitter em sua vida tão fresca quanto as atualizações.
    • O que você renunciou pelo Twitter? Foi um exercício fútil como assistir TV demais ou algo que importava, como escrever, fazer um exercício, refletir ou passar tempo com as pessoas em carne e osso? A resposta a esta pergunta pode ajudá-lo a encontrar a motivação necessária para fazer os ajustes de tempo e energia.
  9. Saia do Twitter. Embora radical, se você já tentou de tudo e o Twitter continua vindo antes da grama aparada, a descalcificação do chuveiro e de passar as roupas do trabalho, então pode ser preciso desligá-lo permanentemente. Afinal de contas, o Twitter vai levar alguma pessoa à Marte? Não. Se você não sabe como sair, veja como:
    • Faça login no Twitter
    • Clique em "Configurações"
    • Clique em "Desativar minha conta" na parte inferior da página
    • Digite sua senha quando solicitado. (Sem a senha atual da conta, você não será capaz de desativá-la.)
    • Verifique se você realmente deseja fazer isso. Se chegou até aqui, então você precisa. Recupere sua vida.

Dicas

  • Pense sobre a instalação de um programa de proteção web que não permita o acesso ao Twitter. Embora você saiba a senha, ele fará você parar e pensar antes de usar.
  • Esta é a mensagem que o Twitter envia quando você não entra no site a muito tempo: "Tanta coisa acontece no Twitter todos os dias, quer se trate de notícias de última hora, uma promoção em sua loja favorita, um congestionamento no tráfego local ou uma situação engraçada com um amigo. O Twitter o mantém informado com o que mais importa para você hoje e o ajuda a descobrir o que pode ser importante amanhã." Esta mensagem sugere que você não é capaz de saber o que importa para você sem ficar continuamente sintonizado. Tenha em mente que a intenção de qualquer site é mantê-lo lá; o site não se importa se é ou não benéfico para o equilíbrio da sua vida pessoal. Decida suas próprias necessidades.
  • Tenha sempre em mente que você está fazendo isso de forma voluntária e para o seu próprio bem. Se não fizer isso, não conseguirá se livrar de seu vício de uma vez por todas.
  • Se você tem adolescentes, siga as regras que impôs para eles sobre as horas nas redes sociais. Você tem regras para orientá-los na idade adulta, certo? Apenas lembre-se de que eles estão vendo o seu exemplo.

Avisos

  • Não é uma boa ideia buscar aconselhamento sobre o vício no Twitter com outros usuários do site. Eles só vão convencê-lo de que não há nada de errado. Em vez disso, procure aqueles que não usam o Twitter ou outros sites de redes sociais semelhantes. Procure especialmente aquelas pessoas que costumavam ter esse vício e conseguiram se livrar com sucesso.
  • Se você achar que é difícil parar de twittar, pode ser melhor parar de vez.

Materiais Necessários

  • Passatempos e atividades restauradoras
  • Folha de planejamento
  • Relógio para lembrá-lo de quando parar
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.