Como Cultivar Violetas Africanas em Casa

A violeta africana, também conhecida como Saintpaulia, é uma ótima planta para cultivar dentro de casa pela beleza e facilidade de cuidados. Originária da Tanzânia e do Quênia, essa planta perene florida viceja em espaços abertos em alguns climas, mas se dá melhor como planta doméstica na maioria das áreas porque não tolera baixas temperaturas. A violeta africana existe em diversas variedades com flores em muitas cores, incluindo azul, rosa, vermelho, branco, roxo e multicor. Alguns tipos também têm flores com bordas franjadas e pétalas dobradas. Essa planta florida delicada, mas resistente, fica ótima em cestas penduradas, em canteiros com várias cores ou em um único vaso. Aprender o básico sobre como cultivar violetas africanas dentro de casa ajuda a obter belas plantas caseiras que duram muitos anos.

Passos

  1. Selecione as violetas africanas no horto local, em uma estufa ou em uma loja de plantas. Como muitos entusiastas de plantas domésticas têm violetas africanas, elas costumam ser fáceis de encontrar.
    • Decida qual cor prefere ou tente cultivar variedades diferentes de violetas africanas.
  2. Escolha um espaço na sua casa com bastante luz solar para cultivar as violetas africanas.
    • A luz deve ser levemente filtrada ou indireta da primavera até o outono para não prejudicar ou secar as plantas. Nos meses de inverno, coloque as violetas africanas na luz solar direta para que elas recebam luz natural suficiente todo dia.
  3. Regue as violetas africanas com cuidado. O melhor método para regar é colocar os vasos em um pires com água para conseguir água constante e manter um nível de umidade vital para as plantas.
  4. Coloque as violetas africanas no pires por até 30 min e então retire o excesso de água. Elas terão absorvido o que precisam até lá e você terá certeza de que não regou em excesso.
    • Se você decidir regar as plantas de cima, tome cuidado para não deixar as folhas úmidas, pois isso pode prejudicá-las.
  5. Alimente as violetas africanas toda semana. Use 1/4 a 1/8 de fertilizante tsp por galão de água, um fertilizante 20-20-20 ou um fertilizante com um número intermediário alto. Não use fertilizantes de "superfloração", pois eles podem queimar as plantas.
  6. Remova os novos brotos, também denominados rebentos, que crescem no talo principal das violetas africanas. Esses pequenos novos talos crescem deformados e com aparência irregular.
  7. Mantenha as violetas africanas mais frescas e secas no inverno. As plantas passam por uma fase adormecida, portanto reduzir a água e o calor as ajuda a florescer quando o inverno termina.
  8. Replante as violetas africanas conforme a necessidade. Faça isso duas vezes ao ano para as plantas padrão (as grandes) e uma vez a cada 3 a 4 meses para as pequenas. Lave a terra com lixívia a cada quarta rega. (Derrame água por cima da terra sem tocar nas folhas até que a água fique clara ou quase isso.)
    • A regra é usar um vaso com 1/3 do diâmetro da planta. As violetas pequenas não devem ser plantadas em um vaso com mais de 6 cm. Nas pequenas plantas, corte as folhas até ter apenas 3 ou 4 filas de folhas para que se encaixem e enterre a "borda" ou corte as raízes e enterre a borda dependendo de seu comprimento.
  9. Uma mistura sem terra ou 1/3 de terra para violeta africana, 1/3 de perlite e 1/3 de vermiculita em climas secos obtém muito bom resultado. Você pode considerar o uso de mais perlite se usar um vaso de autorrega ou estiver em um clima mais úmido.

Dicas

  • Tente plantar novas violetas africanas retirando algumas folhas e colocando-as na terra para vaso ou em um composto misturado com areia. As violetas africanas são fáceis de propagar usando essa técnica simples.
  • Mantenha suas violetas africanas em áreas onde elas recebem muita luz solar todos os dias. Elas não florescem em espaços escuros ou em áreas em que não são expostas à luz.
  • Nunca permita que a temperatura na área onde você mantém as violetas africanas caia para menos de 15° centígrados.

Avisos

  • Não regue as folhas das violetas africanas. Isso pode causar o aparecimento de manchas marrons e, no final, fazer com que as folhas morram.
  • Ao aprender a cultivar violetas africanas dentro de casa, é importante não regá-las em excesso. Teste a terra com o dedo cutucando-a no vaso. Se a terra estiver úmida, ainda não é hora de regar as plantas.

Materiais Necessários

  • Violetas africanas
  • Pires
  • Nutriente para plantas domésticas formulado para violetas africanas ou nutriente para violetas africanas
  • Terra para vaso
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.