Como Fazer a Soldagem Manual a Arco Elétrico

Soldagem a arco é um método para unir dois ou mais materiais usando calor gerado eletricamente. Como existem muitos tipos de processos de soldagem, aquele no qual iremos nos concentrar aqui é a soldagem a arco elétrico com eletrodo revestido, ou soldagem manual a arco elétrico (MMA). Esta é uma das mais comuns e versáteis formas de soldagem e uma maneira relativamente fácil de adicionar profissionalismo e durabilidade aos seus projetos pessoais.

Preparando o trabalho

  1. Reúna os materiais. Você deve ter uma máquina de soldar, um suporte de eletrodo com chumbo, um grampo de aterramento com chumbo, um eletrodo e metal para ser soldado. Você também precisará de um martelo de vibração para se livrar dos rejeitos e uma vassoura de aço para limpar as soldas.
  2. Vista o equipamento de proteção. Isso inclui máscara e casaco de soldagem, calças sem bainha, botas, luvas e óculos de segurança.
    • Não utilize tênis, roupas puídas, calças com bainhas, camisetas, camisas com bolsos abetos ou camisetas regatas.
  3. Prepare a área para para a soldagem. Remova todos os materiais inflamáveis e encontre uma boa superfície para soldar. Embora você possa colocar a conexão de aterramento na peça que você está soldando, a maioria das lojas vendem uma bancada de metal, na qual o aterramento é encaixado.
    • Se outras pessoas estiverem presentes, posicione cortinas de soldagem na área de trabalho. Isso vai protegê-los dos danos causados pelos raios UV.
  4. Configure a máquina. A maioria dos equipamentos de soldagem são bastante simples. Você deve, geralmente, usar uma amperagem de cerca de 90 a 120 ampères, embora isso precise ser ajustado de acordo com a espessura do metal e o diâmetro do eletrodo.
  5. Utilize o eletrodo correto. Eletrodos de corrente direta positiva ajustam o arco para ir do metal para o eletrodo, aquecendo mais o metal. Eletrodos de corrente direta negativa têm o efeito reverso. Em eletrodos revestidos, a corrente direta positiva dará maior penetração à solda. Você deve selecionar o eletrodo correto para cada corrente de soldagem, dependendo da máquina. Certifique-se de que os eletrodos estejam secos.
    • Eletrodos usados para corrente direta positiva são E6010, E6011, E6013, E7014, E7018 e E7024. Para corrente alternada os eletrodos são E6011, E6013, E7014 e E7018AC.
    • O E6010 e o E6011 são especialmente úteis para metal enferrujado, pintado ou sujo, que você não possa limpar.
    • O E6013 é um eletrodo para todos os propósitos, perfeito para projetos em que as juntas se encaixam mal.
  6. Limpe o metal antes de soldar. Para isso, varra a superfície que será soldada com uma vassoura de aço. Remova o máximo de ferrugem e pintura possível.
    • Use acetona para retirar os óleos que estejam presentes no metal, especialmente se for alumínio.
    • Nunca use um solvente com cloro, pois a reação deste quanto aquecido pela solda pode matar você instantaneamente.
    • Só porque o metal é brilhante, não significa que ele esteja limpo. Utilize uma lixa para remover a camada de carepa de laminação e chegar ao metal nu. Isso aplica-se mais apropriadamente ao aço.
  7. Posicione as juntas. Use grampos e tornos para assegurar-se de que as juntas que serão soldadas estejam firmemente unidas.

Comece a soldar

  1. Produza o arco elétrico. Você consegue isso golpeando o metal com a ponta do eletrodo e afastando-o rapidamente, como ao acender um fósforo. Dessa forma, você fecha o circuito e, depois, abre, o que faz com que o pulso elétrico passe do eletrodo para o metal.
    • A maioria das máscaras de soldagem modernas permitem que você veja claramente até produzir o arco e, então, elas escurecem automaticamente para proteger seus olhos dos raios UV. Algumas máscaras mais velhas ou baratas usam lentes pintadas que são muito escuras para enxergar, até que você comece a soldar. Neste caso, você deve localizar onde pretende soldar e baixar a máscara com sua outra mão e, depois, iniciar o arco.
  2. Derreta o metal. Quando você conseguir gerar um arco estável, ignore a ponta do eletrodo e concentre-se no metal fundido. Para derreter bem o material, mantenha o eletrodo onde você começou por um ou dois segundos antes de comntinuar.
    • O tamanho do arco não deve ser maior do que 0,30 cm da ponta do eletrodo até o metal. Essa dimensão deve ser mantido afastando ou aproximando o eletrodo em relação ao metal fundido. Se o tamanho aumentar demais, a solda produzirá muitos respingos.
  3. Comece a mover o metal derretido através das peças que estão sendo soldadas. Mantenha o eletrodo em um ângulo próximo de 90 graus. Não movimente muito rapidamente; de forma geral, você deve usar 2,5 cm de eletrodo para cada 2,5 cm de solda. Enquanto estiver movendo o metal fundido, você pode ir em linha reta ou fazer pequenos círculos.
    • É importante manter um comprimento de arco constante ou a distância entre a ponta do eletrodo e o metal. Isso pode ser difícil em um primeiro momento, pois o eletrodo está constantemente queimando e diminuindo.
    • Continue movendo o metal derretido em direção ao fim da peça. Novamente, certifique-se de que a velocidade e o comprimento do arco sejam constantes.

Termine o trabalho

  1. Termine a solda. Afaste o eletrodo do metal e deixe esfriar por alguns segundos. O metal estará muito quente neste momento, mas não estará mais incandescente.
  2. Limpe a escória, isto é, os resíduos do processo de soldagem. Durante a solda, a escória protege o metal quente de contaminantes. Ela não esfria na mesma velocidade que o cordão de solda, o que pode fazê-la saltar para fora. Use um martelo de vibração para quebrar a escória.
    • Óculos de segurança devem ser utilizados durante todo o processo, assim quando a máscara for levantada os olhos continuarão protegidos.
    • Bata na escória forte o suficiente para soltá-la, evitando criar marcas de martelo na solda.
    • Use uma vassoura de aço para limpar a solda. Remova o máximo do excesso de partículas possível, especialmente, se você for fazer uma nova camada.
  3. Examine a solda. As primeiras soldas de um soldador inexperiente são fracas e não aguentam muita pressão. Faça uma nova camada para fechar quaisquer espaços.
  4. Deixe o metal esfriar. Se você estiver apenas praticando, mergulhar a peça em água fria será mais rápido. Resfriar com água pode tornar a solda mais quebradiça, por isso, qualquer trabalho estrutural deve secar ao ar.

Dicas

  • Aprenda as quatro posições para soldar. São elas: plana, vertical, horizontal e sobrecabeça. A posição utilizada neste artigo é a plana.
  • Se você conhece um soldador, peça a ele ou ela para ver seu trabalho e verificar as suas soldas. Eles podem dizer o que você está fazendo errado.
  • Procure cursos de solda em sua região. Lá você aprenderá muito mais do que este artigo pode te ensinar.
  • Colocar o eletrodo dentro do suporte em um ângulo de 90 graus é o recomendado para a solda plana e posicioná-lo de forma reta é o correto para a solda sobrecabeça.

Avisos

  • Nunca utilize batatas cruas se sofrer queimaduras nos olhos, pois elas podem conter bactérias. Uma compressa fria esterilizada ajudará a remover o calor e a sensação de queimação, sem introduzir germes.
  • A luz da solda emite raios UV muito fortes. A alta exposição a eles pode causar câncer.
  • Mantenha à mão um extintor de incêndio, balde de água, areia, mangueira ou qualquer coisa que possa apagar fogo.
  • Não olhe diretamente para o arco sem lentes feitas especificamente para soldagem. Quanto maior a amperagem do aparelho que você está usando, mais escuras devem ser as lentes. Os olhos de cada pessoa são diferentes entre si, por isso, uma lente escura pode não ser escura o suficiente para outro indivíduo.
  • Se a luz do arco queimar seus olhos, não use um produto para diminuir a vermelhidão. Os vasos sanguíneos de um olho machucado dilatarão para permitir um maior fluxo de sangue. Mais sangue traz anticorpos e oxigênio. Lágrimas ajudam a acalmar e curar olhos queimados.
  • Com relação a muitas máquinas de soldar, é necessário que você preste atenção no ciclo de uso. Isso significa que soldar por mais do que um certo tempo em uma amperagem específica estragará o equipamento. O ciclo de uso é a medida de quanto você pode operar uma máquina de soldar em um período de 10 minutos. Uma máquina com um ciclo de uso de 20% pode soldar por 2 minutos a cada 10. Os 8 minutos restantes devem ser para a máquina esfriar. Quanto maior o ciclo de uso, maior o tempo de solda.
  • Máquinas de soldar podem ser perigosas. Leia todas as instruções e tome todas as medidas de segurança. Não solde perto de algo que possa pegar fogo. Não solde metais que armazenam combustíveis.
  • Peça a alguém para ver o que você está fazendo e para verificar se o procedimento está acontecendo com segurança. Em seus primeiros trabalhos, pratique com um profissional experiente.
  • A luz intensa pode machucar seus olhos. Queimar os olhos é como uma insolação na pele. A luz do arco pode causar bolhas, que rompem quando você pisca. Isso expõe a carne ocular à atmosfera. Uma cicatriz se forma enquanto os olhos se curam, por isso, várias queimaduras podem levar à cegueira.

Materiais Necessários

  • Óculos de segurança
  • Máquina de soldar com grampos e chumbo
  • Eletrodos
  • Metal para ser soldado
  • Martelo de vibração
  • Vassoura de aço
  • Máscara de soldagem
  • Luvas para soldagem
  • Botas
  • Calças sem bainha
  • Casaco de soldagem
  • Extintor de incêndio
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.