Como Agir para Reduzir a Chuva Ácida

A chuva ácida pode soar como um filme de ficção científica, mas infelizmente é a realidade. Enquanto a maioria dos químicos e gases que contribuem para a chuva ácida é produzida por usinas elétricas, você pode ficar surpresa pela forma como os seus próprios hábitos têm um efeito na chuva ácida. Veja o Passo 1 para aprender como você pode reduzir a sua contribuição na produção da chuva ácida.

Sendo Educado e Educando os Outros

  1. Saiba que a chuva ácida é apenas uma forma de deposição ácida. A chuva ácida na verdade é apenas uma forma de deposição ácida. Essa deposição pode ser molhada (chuva, granizo, neve, neblina) ou seca (gases ou partículas de poeira). Quando lutar contra a chuva ácida, você na verdade está lutando contra todas essas formas de deposição ácida.
  2. Entenda as causas da chuva ácida. A deposição ácida é causada por químicos como óxidos de nitrogênio e dióxido de enxofre subindo para bem alto na atmosfera e se misturando com oxigênio, água e outros químicos atmosféricos. Quando as usinas elétricas queimam combustíveis fósseis (como carvão) para produzir eletricidade, elas também liberam bastante dióxido sulfúrico e óxidos de nitrogênio responsáveis pela chuva ácida. Esses químicos também vêm de carros e camionetes.
  3. Conheça os efeitos da chuva ácida no nosso planeta. A chuva ácida é ruim para tudo – pessoas, florestas, lagos e rios e até mesmo prédios. A chuva ácida causa muitos problemas à saúde, incluindo muitas doenças respiratórias como a asma. Ela entra no solo, tornando as árvores doentes e causando a sua morte. A chuva ácida também altera o nível do pH dos lagos e rios, matando a vida aquática, interrompendo a cadeia alimentar. Pode prejudicar até prédios, fazendo a tinta sair e fazendo estátuas de metal enferrujarem. Por tudo isso, a chuva ácida é realmente uma coisa ruim.
  4. Fique informado sobre os passos que os governos estão tomando. Em 1990, os Estados Unidos passaram a ter uma lei chamada de Lei do Ar Limpo, parte da qual foi criado o Programa de Chuva Ácida. Essas medidas criaram um limite para as usinas elétricas regularem o quanto de dióxido de enxofre e óxidos de nitrogênio elas podem produzir.
  5. Eduque outras pessoas. Às vezes, tudo que as pessoas precisam é de um pouco de informação para terem o próprio desejo de ajudar. Se você algum motorista bebedor de gasolina, fale com ele! Lembre os residentes de sua casa de desligarem os eletrônicos. Eduque as crianças para que as futuras gerações possam continuar o trabalho para reduzir a chuva ácida.
  6. Escreva a algum deputado ou inicie uma petição. Crie uma petição que peça menos usinas de carvão, pois carvão é uma das formas mais poluentes de energia. Peça ao deputado o apoio a usinas de energia solar ou eólica.

Agindo nas Ruas

  1. Invista em um carro com baixas emissões de óxidos de nitrogênio. Carros, camionetes e ônibus são grandes contribuintes para a chuva ácida. O exaustor desses veículos emite óxidos de nitrogênio no ar, contribuindo com os químicos já produzidos pelas usinas elétricas. Faça uma pesquisa e compre um carro com baixa emissão desses gases.
  2. Use transporte público ou peça carona. Se possível, não dirija o seu carro. Separe um tempo para ver os diferentes tipos de transporte público disponíveis para você. Há algum ônibus ou metrô que possa levá-lo ao trabalho, em vez de dirigir o seu carro? Se você for viajar para longe e precisa dirigir, fale com colegas de trabalho ou amigos que possam lhe dar carona ou ir no carro com você. Não é necessário que 5 pessoas dirijam 5 carros diferentes—por que não dar carona e fazer sua parte para lutar contra a chuva ácida?
  3. Ande de bicicleta ou caminhe sempre que puder. Melhor do que transporte público é o transporte que não produz nenhuma emissão. Sempre que puder, ande de bicicleta ou caminhe ao lugar aonde deseja ir. É bom pegar um ar fresco e se exercitar – e acima de tudo, você estará servindo ao seu planeta.
  4. Compre coisas locais. Isso pode parecer um passo estranho na categoria de ‘nas ruas’, mas você pode ficar chocado ao aprender que a indústria alimentícia é uma grande contribuinte nas emissões.
    • Melhor ainda, plante o seu próprio jardim. É difícil ter algo mais local do que o seu próprio jardim. Comece um jardim de ervas e vegetais – tente até mesmo plantar algumas frutas e arbustos.

Agindo em Casa

  1. Considere o uso de recursos alternativos de energia. Usinas elétricas nos fornecem a eletricidade que usamos todos os dias – elas também são a maior razão pela qual a chuva ácida existe. Se você puder, invista em painéis solares para ajudar a diminuir o consumo de energia. Pense em construir uma turbina de vento ou em investir em poder hídrico.
  2. Desligue as luzes e outros eletrônicos. Uma boa forma de reduzir o uso de energia elétrica em casa é se lembrando de desligar os eletrônicos quando você não estiver usando-os. Não ligue as luzes quando a luz natural ainda for clara o suficiente para você trabalhar. Quando você não estiver usando um equipamento elétrico, desligue-o da tomada. Até mesmo equipamentos que estão desligados ainda podem usar eletricidade – seja ambientalmente amigável e tire-os da tomada.
  3. Invista em equipamentos energeticamente eficientes. Alguns equipamentos são mais energicamente eficientes que outros. Considere substituir lâmpadas por fluorescentes compactas que usam 2/3 menos energia do que as lâmpadas comuns. Procure eletrônicos que receberam uma etiqueta da Energy Star. Essa etiqueta garante que os equipamentos que você comprar – como computadores, TVs, geladeiras e equipamentos de cozinha – são energeticamente eficientes.
  4. Regule o uso do ar-condicionado. Leva bastante energia para esfriar sua casa. Pense em deixar as estações ditarem a temperatura da sua casa.
  5. Isole a sua casa. É importante se certificar de que o ar frio não escape de sua casa. Separe um tempo para ver se as paredes estão isoladas. Coloque selante ou tiras nas janelas e portas para minimizar a quantidade de ar que escapa de sua casa.

Dicas

  • Plante árvores ou faça seu próprio jardim.
  • Não queime borracha, pois isso produz químicos que contribuem para a chuva ácida.
  • Reduza o consumo para reduzir os combustíveis e óleos do processamento e utilidade de indústrias.
  • Tente comprar menos itens produzidos em massa, diminuindo a sua demanda e potencialmente reduzindo os materiais usados para produzí-los.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.