Como Ensinar Álgebra

Álgebra pode ser uma matéria muito difícil de se ensinar para novos professores. Ter confiança é muito importante. As sugestões a seguir o ajudarão a dar uma aula completa e bem sucedida.

Passos

  1. Assista a aulas de treinamento para obter modelos de ensino e sugestões para sua primeira classe. Frequentemente, novos professores de álgebra gostam de ter professores assistindo suas primeiras aulas, para depois pedirem sugestões e opiniões diversas.
  2. Procure materiais pedagógicos disponíveis sobre ensinar a matéria e dissertar sobre vários tópicos.
    • Perceba que alguns materiais escolares recomendados não trazem a melhor proposta pedagógica, e possuem exercícios e atribuições desnecessárias.
  3. Leia sobre materiais similares da mesma editora, que sejam mais objetivos e parecidos com seu estilo.
  4. Prepare um programa de estudos, que aborde toda a matéria a ser ensinada durante o ano.
  5. Planeje suas aulas. Introduza a matéria, disserte e prepare exercícios para a sala de aula, individuais ou em grupo.
  6. Ensine os alunos utilizando conceitos bem ordenados e exclarecedores. Faça uma pequena revisão da matéria dada na aula anterior, quando for introduzir a aula do dia. Você pode usar a seguintes estratégias:
    • "Como vimos na aula de ontem and then:
    • "Hoje, nós vamos desconstruir um pouco mais o conceito que foi visto na aula anterior". Por exemplo:
    • "Hoje, nós faremos exercícios guiados sobre a última matéria. "
    • "Formem grupos para a próxima atividade." (para alguns tipos mais complexos de trabalho, que envolvem produzir gráficos, resenhas, listas, descrições ou a resolução de muitas equações, formar grupos pode ser bem produtivo).
  7. Ensine primeiro os concentos mais importantes, e depois expanda o assunto com base neles. Embora o texto seja uma ferramenta importante, você pode querer descomplicar a aula, falando sobre seus próprios conhecimentos, buscando algumas referências e exercícios no livro.
  8. Palestre menos e oriente mais. Use algum tipo de atividade ou experimento que traga a matéria para o mundo real, de modo que ela possa ser melhor absorvida pelos alunos.
  9. Use um vocabulário com termos e palavras mais simples, mas relacionados com a matéria, para que os alunos percebam que você considera importante ensinar os termos.
  10. Ensine o pensamento algébrico usando várias representações: gráficos, desenho visual, funções, etc.
  11. Explore exemplos e usos da matemática no mundo real (inclinação, distância, porcentagem, etc), na vida cotidiana (área, volume, jardas cúbicas de terra, areia ou concreto) e nos esportes (estatísticas).
  12. Tenha respostas preparadas para quando os alunos argumentarem que aprender matemática é inútil. Diga que:
    • "A matemática pode lhe dar mais escolhas de vida, como cursar uma faculdade. A matemática está presente em quase todas as escolhas de curso."
    • "Ela é necessária para quase todo tipo de serviço técnico."
      • "Nunca se sabe se você vai acabar em algum tipo de trabalho técnico, no qual a matemática é necessária."
    • "Você precisa aprender matemática para ensinar aos seus filhos e netos na escola".
    • "A matemática descreve o mundo real com precisão impressionante, usando métodos repetíveis. Nas palavras de galileu, a matemática é a linguagem que deus usou para criar o universo."
    • "A matemática é fundamentalmente o estudo de padrões que já são belos por si mesmos. Muitas vezes, ela é tão útil quanto a arte.”
  13. Motive seus alunos a fazerem trabalhos de casa, recompensando-os com uma pequena parte da nota. Lições de casa e alguns créditos extras podem ajudar.
  14. Use exercícios práticos. A matemática não precisa ser abstrata. Envolva seus alunos na aprendizagem, fornecendo atividades nas quais eles possam se mover ou manipular objetos.
    • Use a sala de aula para fazer os alunos se movimentarem e explicarem os movimentos descritos em gráficos, quadrantes, etc.
    • Peça para seus alunos usarem o corpo para expressar gráficos e mostrar inclinação. Estas coisas devem ser feitas na frente da sala de aula, para que todos possam ver.
  15. Cobre apenas o que foi ensinado. Torne os alunos responsáveis por fazerem suas próprias revisões para provas e testes. Além disso, passe alguns exercícios mais curtos valendo nota.
  16. Faça algumas revisões em sala, se necessário, mas procure manter algum progresso na matéria.
  17. Expresse felicidade quando os alunos fizerem progressos. Sempre elogie atitudes positivas, tarefas bem feitas e atividades realmente produtivas.
    • Mostre entusiasmo e alegria quando seus alunos entenderem algo particularmente complicado.
  18. Seja pontual. e mostre entusiasmo quando a sala começar a evoluir. Deixe os alunos verem, ouvirem e acreditarem que a matemática é especialmente legal, emocionante e divertida, para que eles fiquem entusiasmados pelo aprendizado, não entendiados ou se sentindo forçados a aprender algo maçante.
      • Represente e promova a escola e a matéria.

Procedimentos de aula

  1. Evite excessos quando definir as regras da sala. Diga que tentará ser coerente e justo, mas exigirá o cumprimento das regras.
  2. Ensine os procedimentos para eventos diários, como atrasos, por exemplo. Restrinja as saídas da sala para momentos de urgência.
    • Ensine os processos pedagógicos, tais como o trabalho em grupo, exercícios práticos, cooperação entre os alunos, etc.
  3. Calculadoras podem ser uma ajuda ou obstáculo, mas alguns usos da calculadora são muito avançados para alunos que estão aprendendo princípios básicos.
  4. Para o uso da calculadora ser produtivo, exigirá um sistema cuidadosamente planejado e executado.
    • Use um sistema no qual as calculadoras sejam de fato utilizadas. Mantê-las guardadas em uma caixa não será eficaz.
      • Tome medidas para que as calculadoras sejam bem utilizadas, não extraviem e as peças removíveis, como tampas, não se percam.
      • Outra boa ideia é implementar sistemas que ensinem os possíveis usos da calculadora.
  5. Aproveite todo o tempo da aula, mas mantenha o aprendizado interessante. Envolva os alunos na matemática. Isso também significa não deixar momentos ociosos na sala.
    • Você pode montar um projeto divertido e envolvente para facilitar o aprendizado da matéria.

Dicas

  • É crucial que cada aluno use a mesma calculadora todas as vezes, ou os mais malandros removerão as pilhas ou depredarão o equipamento.
  • A editora geralmente coloca alguns exercícios extra em forma de planilha no livro, e talvez você queira usá-los. Se quiser fazer os próprios exercícios, também não há problema.
  • Desenvolva uma olimpíada de matemática, com uma premiação que incentive os alunos a participarem e estudarem.

Avisos

  • Os exercícios dos livros didáticos podem ser insuficientes para cumprir toda a matéria.
  • Compreender o vocabulário é importante para compreender a matéria, e pode ser a chave para os alunos irem melhor nos testes.
  • Exercícios padronizados podem ser úteis e fáceis de corrigir, mas é importante ficar de olho em respostas idênticas, que indicam que alguns alunos estão simplesmente copiando a matéria de outros.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.