Como Calcular o BPM de uma Música

Para ser um DJ, você precisará ser capaz de combinar o fim de uma música com o início da outra sem que essa transição fique estranha ou irregular. Para fazer um "mashup", você deve garantir que apenas os detalhes da canção se igualaram - você precisa de tudo funcionando de forma conjunta! A maior parte de fazer esse trabalho é achando o BPM (batidas por minuto) de cada música: isso fará com que você saiba se precisa acelerar ou diminuir o tempo para que as músicas toquem na mesma velocidade.

Calculando o BPM

  1. Escute a música e preste bastante atenção na batida. A forma mais fácil de fazer isso é fechar os olhos, relaxar e sentir o batimento da canção. Bata o pé, estale os dedos ou balance a cabeça na batida da música.
    • Se você tiver problemas com isso, tente isolar a bateria do resto dos instrumentos e vocais. Se você é novato no assunto, tente primeiro com a versão instrumental da música, caso disponível, para deixar tudo mais fácil.
  2. Olhe para um relógio com ponteiro de segundos. Como alternativa, use um cronômetro (a maioria dos celulares tem). Quando você tiver certeza que pegou o ritmo da música, conte as batidas - balançadas de cabeça, batidas do pé ou estalar dos dedos - por 15 segundos.
    • Pegue o número das batidas contadas, multiplique por 4 e você terá o número de batidas por um minuto completo.
    • Por exemplo, se você contou 24 batidas em 15 segundos, multiplicando 24 por 4 = 96. O tempo da música é 96 BPM. Você multiplica por quatro porque 60 segundos divididos por 15 segundos = 4.
    • Para aumentar a precisão, conte as batidas por períodos longos de tempo e calcule o ritmo adequadamente. Usando a mesma canção do exemplo anterior, se você contou por 30 segundos no lugar, você pode ter contado 50 batidas no lugar de 48, o que significa que o tempo está um pouco mais acelerado: 50 x 2 = 100. (Multiplique por dois porque 60 segundos divididos por 30 = 2.)

Dicas

  • Grande parte das canções de hip-hop tem o BPM entre 88 e 112. As músicas da "House music" variam numa média de 120 BPM.
  • Existem algumas máquinas que podem calcular o BPM de forma mecânica e são mais exatas. Também existem mixers que podem estar equipados com dispositivos assim.
  • Uma grande ajuda para os DJ novatos é escrever os BPM das músicas nas capas dos discos e organizá-los pela velocidade, das mais lentas às mais rápidas. Dessa forma você você sabe quais são as melhores para mixar de forma mais fácil.
  • Não tente mixar músicas que tem mais de 5 BPM de diferença e sempre vá do menor ao maior BPM. Exceções a esta regra, do menor para o maior, BPM podem ser aplicadas caso você esteja iniciando um noto set ou quando chegou ao "pico" do set atual e precisa retomar a pista de dança (ou a gravação).
  • Existem vários aplicativos para smartphones que calculam o BPM através de toques.
  • Se você mixa músicas gravadas antes dos anos 80, perceberá que os BPMs não são constantes durante toda a música. Elas mudam levemente a mais ou a menos porque a bateria é gravada ao vivo no estúdio.
  • Se você toca um instrumento, provavelmente também tem um metrônomo. É muito comum que metrônomos possuam um botão que calcula o BPM através da velocidade em que você bate repetidamente no botão. Bata ao longo da música, dentro dos limites de 1-2 BPM, que vem com erro humano, e você terá o BPM em uma questão de segundos.
  • Tenha em mente que combinar não é o único modo de mixar 2 músicas; você também pode cortar de uma para a outra w assim você não precisa acertar os BPMs necessariamente.

Avisos

  • Não confunda BPMs com RPMs. RPM é a velocidade que o disco toca. Discos de vinil atuais tocam em 33 RPM e 45 RPM. Alguns discos antigos tocam em 78 RPM.

Materiais Necessários

  • Uma fonte de música. (Pode ser de qualquer forma como um disco ou CDs)
  • Fones de Ouvido ou alto falantes.
  • Cronômetro. (Relógio, timer, relógio de pulso com ponteiro de segundos).
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.