Como Ser Chique

Ser chique é estar sempre na moda e ditar tendências. Você quer se distanciar das multidões e que os outros a notem? Não se preocupe! Não é necessário gastar muito dinheiro para isso.

Encontrando as roupas certas

  1. Visite lojas de segunda mão em áreas nobres da cidade. Ser chique e estar na moda não significa que você precisa gastar muito dinheiro. Existem modos de manter um bom estilo com um orçamento reduzido e encontrar lojas de segunda mão é um dos melhores métodos de se fazer isso.
    • Você encontrará roupas elegantes e de estilistas conhecidos por preços muito menores. As pessoas ricas normalmente compram as roupas e enviam para lojas de segunda mão sem nem utilizá-las ou após utilizá-las poucas vezes.
    • Os preços serão bons, pois esses tipos de lojas existem para pessoas que não tem muito dinheiro mas amam roupas de classe e de qualidade. As roupas sem dúvida custarão menos do que as de primeira mão.
  2. Encontre roupas únicas. As pessoas que ditam tendências e estão na moda normalmente encontram roupas que os outros não tem. Isso significa que você deve evitar lojas grandes e procurar bastante. Você talvez precise gastar um pouco mais do que gastaria comprando roupas na C&A, mas suas vestimentas durarão mais e serão únicas.
    • Os bazares são ótimos para se encontrar roupas únicas e da moda. É possível encontrar camisas, saias e vestidos estampados, roupas sob medida e diversos acessórios diferentes, como joias, botas, cintos, lenços, etc.
    • As lojas vintage são ótimas para se encontrar roupas elegantes. Muitas roupas velhas também são mais firmes e tendem a durar mais (por isso é possível encontrá-las nessas lojas).
  3. Inspire-se em locais incomuns para se destacar. A ideia é estar na moda, o que significa que você não pode seguir todas as tendências. Siga seu próprio caminho e defina suas próprias tendências.
    • Busque inspiração na história. É claro que já existem roupas inspiradas nos anos 40 e 50, mas inspire-se em épocas como a era Vitoriana (existem diversos casacos lindos) ou escolha joias e ornamentos de cabelo inspirados nos anos 20.
    • Você pode até mesmo buscar em seu próprio pano de fundo cultural. Evite se apropriar da cultura dos outros (se você não é indiana, não se maquie como elas, etc.), mas você pode analisar o que sua cultura tem a oferecer em termos de oportunidades de moda.
    • Veja as pessoas ao seu redor. Incorpore ideias ou modelitos que se encaixem eu seu estilo próprio. Não copie os outros, mas caso veja algo interessante, experimente-o. Por exemplo, caso veja uma mulher utilizando um vestido muito longo com pérolas, experimente um vestido similar, mas adicione seus toques pessoais.
  4. Crie suas próprias roupas. Apesar do processo ser demorado, você terá um visual único. Você também pode conferir modelos antigos e utilizá-los para compor seu visual.
    • Lembre-se de que fazer roupas, principalmente costurá-las, pode ser algo demorado. Você precisará praticar e começar com itens simples antes de criar roupas mais complicadas.
    • Caso decida criar seus próprios modelos, você pode incorporar ideias de várias eras e estilos, que podem ser encontradas em revistas ou na Internet.
  5. Escolha roupas que a interessem. Ser chique é ter confiança em seu estilo e no que veste. Isso significa que você deve escolher roupas nas quais se sinta confortável. Caso não se sinta confortável com o que está vestindo, as outras pessoas perceberão isso e não a verão como uma ditadora de tendências.
    • Vista roupas do seu tamanho. Lembre-se sempre de seu tamanho para encontrar as roupas que tenham o melhor caimento possível. Quando as roupas não a servem, seja por que estão grandes ou pequenas demais, você parecerá desconfortável e mal vestida.
    • Vista roupas nas quais se sinta confortável. Caso os saltos altos a deixem desconfortável, não os calce. Ao invés disso, escolha tênis ou sandálias que goste e combinem com suas roupas.
  6. Esteja a par das tendências atuais. Apesar de ser chique é definir suas próprias tendências, também é bom saber o que os outros estão vestindo. Você pode incorporar esses visuais em seu próprio estilo.
    • A internet é uma ótima fonte para se manter atualizada com o mundo da moda. Existem diversos blogs de moda que divulgam as tendências das ruas do mundo inteiro. Confira também as fotos de desfiles e lançamentos.
    • Confira as roupas mais divulgadas em revistas de moda. Você pode nem sempre concordar com os visuais, mas eles oferecem uma perspectiva interessante quanto ao que é considerado "na moda".

Juntando os modelitos

  1. Crie um "uniforme". Tente possuir dois ou três visuais básicos que goste de utilizar. É possível revezá-los e incrementá-los, mas eles serão a base de seu estilo.
    • Tenha algumas opções de visuais básicos baseados em seu "uniforme". Por exemplo: você pode basear seu visual em vestidos revezando entre vestidos florais (com saltos e sapatilhas para variar), vestidos longos ou vestidos curtos.
    • Outro exemplo: seu uniforme pode ser jeans e blusas. Você pode revezar entre uma calça jeans acompanhada de uma camisa, de um suéter ou de uma camiseta. Você pode dobrar as barras e calçar sapatilhas ou saltos, mas o uniforme permanecerá quase sempre o mesmo.
    • Isso não significa que você não possa mudá-lo de tempos em tempos. Apenas que sabe o que funciona e o que gosta, então foque-se nisso.
  2. É uma boa ideia escolher uma parte de seu corpo para valorizar e não sobrecarregar o visual tentando destacar tudo. Escolha uma parte que deseja que as pessoas percebam e monte seu visual de acordo com ela.
    • Por exemplo: caso esteja mostrando um decote, não deixe as pernas à mostra. Vista um top justo e decotado junto com uma saia longa e solta.
  3. Valorize a forma de seu corpo. Certos visuais combinam mais com determinados tipos de corpo. Apesar desses serem apenas guias opcionais, eles podem ajudá-la a valorizar seu corpo corretamente ao escolher uma roupa.
    • Formato de pera: A parte inferior do corpo é mais larga do que a parte superior (quadris maiores que os ombros). A parte inferior tende a ser arredondada, mas a cintura é bem definida. Escolha saias linha a e calças com barras largas para equilibrar suas proporções. Escolha golas V, quadradas ou drapeadas para destacar a parte superior do corpo.
    • Formato triângulo invertido: O tronco e os ombros normalmente são mais largos do que a cintura e os quadris. Procure visuais que destaquem as pernas, como saias longas, roupas de cintura-alta e cintos grossos.
    • Formato retangular: A cintura, os quadris e os ombros tendem a possuir larguras similares, sempre pendendo para a magreza. Escolha roupas com golas largas e de alças para valorizar o tronco. Casacos compridos também são ótimos para destacar seu visual esguio. Opte por vestidos que exibam os braços e pernas.
    • Formato oval: O peso tende a se acumular acima dos quadris. Você pode sentir que é mais larga que as outras mulheres, pois suas costas, costelas e ombros tendem a ser largos. Experimente golas v e cintos. O corte imperial, em tops e vestidos, é ótimo para você. Não se esqueça de exibir essas belas pernas!
    • Formato ampulheta: Os ombros e quadris tendem a ter uma proporção similar enquanto a cintura tende a ser menor. Vestidos justos e cintos são ótimos para destacar a cintura. Exiba suas curvas com orgulho!
  4. Brinque com contrastes para não sobrecarregar nada. Combinar uma calça apertada com um top apertado normalmente é exagero, pois a ideia é deixar um pouco para a imaginação. Por outro lado, utilizar roupas completamente largas não destacará forma nenhuma. Você pode optar por esse estilo, mas ele não a deixará com uma aparência muito chique.
    • Um top curto com uma saia larga ou uma calça também pode ser uma ótima combinação, pois valoriza o tronco e o equilibra com uma parte inferior mais solta.
    • Não se esqueça de contrastar as cores! Tente não exagerar, mas vestir um top azul com um par de brincos laranja, por exemplo, pode ser uma ótima opção.
    • Você também pode criar um contraste elegante/casual. Por exemplo, combine um top elegante com uma calça jeans e umas pérolas.
  5. Existem algumas coisas que você pode fazer para adicionar um toque de glamour em suas roupas instantaneamente. Essas dicas a ajudarão a criar uma combinação realmente chique.
    • Jaquetas de couro pretas combinam com quase todas as roupas. Elas podem ser vestidas sobre vestidos chiques ou camisetas comuns (principalmente se combiná-la com algo bem feminino, como uma sapatilha florida).
    • Misture algumas roupas masculinas: um paletó, um shorts de basquete, uma gravata ou um chapéu masculino. Todas essas opções podem funcionar com garotas.
    • Uma camisa de botões branca é uma ótima adição para qualquer guarda-roupa. Você pode utilizá-la com uma calça jeans, um vestido ou uma saia.

Adicionando acessórios no visual

  1. Escolha os acessórios para melhorar seu modelito. Evite sobrecarregar o visual. Por exemplo, caso você tenda a utilizar roupas mais neutras, escolha acessórios mais vivos.
    • As joias são ótimos acessórios! Elas podem animar qualquer roupa menos colorida ou ser o toque final para um visual elegante. Por exemplo: combine uma joia geométrica e chamativa com um vestido com estampa geométrica.
    • As bolsas devem ser tanto decorativas quanto funcionais. É uma ótima ideia ter uma bolsa principal, de tom neutro e que combine com todas suas roupas, e outras mais coloridas e brilhosas para ocasiões especiais.
    • Os cintos são ótimos para destacar a cintura e adicionar um toque de cor. Escolha um que combine com seu sapato. Por exemplo, caso esteja usando um vestido vermelho, combine-o com um cinto preto, sapatos pretos e joias pretas e douradas.
    • Use e abuse dos lenços! Os lenços, principalmente os mais soltos e leves, adicionam classe instantaneamente em um visual. Combine-os com calças jeans e camisetas ou enrole-os na cabeça como a Audrey Hepburn fazia.
  2. Escolha os sapatos corretos para dar um toque especial no visual. Eles podem destacar qualquer modelito simples ou simplificar um visual exagerado. Lembre-se de escolher sapatos com os quais se sinta confortável.
    • As sapatilhas funcionam bem com quase todas as roupas e podem substituir os saltos altos. Dependendo do estilo e da estampa, é possível combiná-las com joias para destacar um visual geral ou torná-las o ponto focal do modelito.
    • As botas também são bem versáteis. Dependendo das cores de suas roupas, escolha botas pretas, cinzas ou marrons. Tenha pelo menos um par que não destoe do resto do look. Você também pode escolher modelos mais exóticos, como botas azuis ou roxas.
    • Os saltos altos podem ser fabulosos, desde que você se sinta confortável com eles. Não há nada pior do que ver alguém caminhar na rua e perceber que a pessoa está completamente desconfortável. É possível destacar uma calça jeans ou uma saia com apenas um par de saltos.
    • As sandálias também são boas, principalmente se você vive em um clima quente. Elas combinam com jeans, shorts, saias ou vestidos compridos. As mais chiques são ótimas para eventos noturnos, enquanto as mais simples funcionam muito bem durante o dia.
  3. Experimente se maquiar. A maquiagem pode ser um ótimo modo de destacar sua beleza natural, adicionando um toque extra de estilo. Experimente novos visuais para ver o que funciona melhor para você.
    • Destaque suas características naturais definindo os olhos com um delineador. Escolha um tom sutil (como marrom) e combine-o com uma sombra de tom natural. Um pouco de rímel pode destacar os cílios ao torná-los maiores. Um pouco de bronzeador pode contornar o rosto e destacar as bochechas. O blush pode alargar ou alongar o rosto, dependendo do que deseja (aplique uma linha horizontal para alargar ou cruze as têmporas e o maxilar para alongar).
    • Crie um olho estiloso e esfumaçado. Aplique uma sombra nude sobre a pálpebra e combine-a com uma sombra cintilante da base da sobrancelha até a pálpebra. Em seguida, cubra as linhas dos cílios com um delineador escuro (marrom ou preto). Esfumace o delineador com um cotonete e aplique uma sombra mais escura sobre a pálpebra e a dobra do olho. Mescle as cores e aplique uma cor clara sob o osso da testa e os dutos lacrimais. Cubra a linha dos cílios inferior com um delineador para intensificar o efeito e cubra os cílios com um rímel.
    • Descubra alguns visuais exóticos. Utilize cores claras que destaquem os olhos ou encontre maquiagens incomuns.
  4. Escolha o penteado correto. O ideal é buscar algo incomum e estiloso para que as pessoas a notem. O cabelo é um ótimo modo de chamar a atenção para o visual, pois ele também pode ajudar a valorizar suas características mais atraentes.
    • Encontre inspirações incomuns. Novamente, procure estilos históricos e incorpore-os em seu visual. Experimente diversos penteados e veja o que combina melhor com seu tipo de cabelo e com o estilo de suas roupas.
    • Os cabelos ondulados ficam ótimos com penteados bagunçados com cachos suaves ou presos pela metade e com as pontas cacheadas.
    • Os cabelos lisos funcionam repartidos no meio ou com um rabo de cavalo que cria um volume no topo da cabeça. Opte também por tranças laterais presas atrás da cabeça.
    • Os cabelos cacheados funcionam bem com cortes curtos ou soltos com algum produto para diminuir o frizz. Você também pode pegar algumas mechas e prendê-las na parte de trás da cabeça.

Dicas

  • Tenha algumas bolsas de diferentes tipos, funções e cores para combinar com as roupas.
  • Um vestido preto pode ter diversos estilos quando combinado com cintos e colares coloridos. Toda mulher deve ter um vestido "pretinho básico" que combine com ela perfeitamente.
  • Os penteados bagunçados são ótimos para cabelos cacheados.

Avisos

  • Não tenha medo de utilizar os acessórios em camadas, mas caso esteja utilizando um penteado com franja, por exemplo, não utilize brincos enormes e broches e colares e vários anéis de uma vez. Menos é mais.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.