Como Reduzir a Ansiedade ao Fazer um Discurso

A maioria das pessoas luta, pelo menos um pouco, contra seus nervos antes de fazer alguma apresentação. Se seus nervos não forem controlados adequadamente, podem afetar negativamente seu discurso fazendo você parecer inseguro sobre o que está dizendo. Embora possa ser difícil livrar-se desse problema inteiramente, aprender a reduzir sua ansiedade ajudará a fazer um discurso mais eficaz, aceitável e confiável.

Passos

  1. Conheça seu público com antecedência. Isso permitirá que você adapte seu discurso diretamente a esse grupo específico de pessoas, e também ajuda a se sentir menos nervoso sobre quem estará te observando enquanto faz seu discurso. Falar para uma sala cheia de estranhos pode ser assustador.
    • Se estiver falando para um grupo de completos estranhos, faça uma análise do público. Tente descobrir sua faixa etária, sexo, nível de escolaridade, valores, crenças, carreiras, e as culturas. Isso pode ser feito através de uma pesquisa ou conversando com alguém que já está familiarizado com essas pessoas.
    • Ao fazer uma apresentação a um grupo de pessoas com quem você interage regularmente, como colegas ou parceiros de negócios, tenha tempo para conversar com eles. Faça-lhes perguntas, observe seus comportamentos e as coisas que eles valorizam e falam.
  2. Conheça seu tópico. Quanto mais souber sobre o tema, menos nervoso você se sentirá quando falar sobre isso na frente dos outros.
    • Escolha algo sobre o que você realmente goste para abordar em seu discurso. Se não conseguir escolher o tema, pelo menos tente encontrar um aspecto que lhe interesse e que você tenha algum conhecimento.
    • Pesquise mais do que você acha que deveria. A regra geral para falar em público é que para cada minuto de sua apresentação é preciso gastar uma hora na investigação. Nem tudo o que você aprender será parte de sua apresentação, mas construirá sua confiança no assunto.
  3. Prepare-se para seu discurso. Quanto mais preparado estiver, menos ansiedade sentirá. Isso inclui escrever seu discurso para que ele fique adequado ao seu estilo de falar, encontrar ilustrações e exemplos apropriados para o público, e criar recursos visuais eficazes que deixem sua apresentação parecendo profissional.
    • Teste o áudio e os recursos visuais. Criar um recurso que não funciona durante a apresentação real só aumentará sua ansiedade. Tente evitar isso, testando os aparelhos com antecedência.
    • Tenha uma segunda opção. Pense sobre o que você vai fazer se os recursos de apresentação não funcionarem devido algum problema técnico do equipamento ou falta de energia. Por exemplo, imprima uma cópia dos slides no caso da apresentação não funcionar, ou decida como preencher o tempo se o vídeo não rodar.
  4. Assuma o controle. Geralmente, tememos as coisas que estão fora de nosso controle. Embora não seja possível controlar todos os aspectos da sua apresentação, se conseguir manipular a situação será possível diminuir a ansiedade de falar em público.
    • Descubra o que não é negociável. Muitas vezes você terá parâmetros para seu discurso, como quanto tempo ele deve durar ou o que você precisa falar.
    • Comunique suas preferências de apresentação para a organização. Por exemplo, se preferir usar um microfone de mão em vez de um fone de ouvido, informe-a. Outras coisas a considerar é usar um banquinho, com um pódio ou mesa, e ter seus slides aparecendo em um pequeno monitor para você, assim não terá que ler da tela grande. Trabalhe esses detalhes com a organização, instrutor ou outro representante antes do dia do seu discurso.
  5. Pratique apresentar seu discurso. Nós temos a tendência de temer ou suspeitar de coisas que não são familiares. Aproveite o tempo para praticar. Não é preciso memorizar seu discurso palavra por palavra, mas é necessário se familiarizar com seus pontos principais, introdução, conclusão, transições e exemplos.
    • Pratique sozinho. Comece lendo seu discurso em voz alta. Acostume-se a ouvir sua voz. Teste o texto e verifique se está confortável com ele. Em seguida, pratique na frente do espelho ou grave-se para que possa ver seus gestos e expressões faciais.
    • Pratique na frente dos outros. Encontre amigos, colegas ou familiares que estejam dispostos a ouvir sua voz. Peça-lhes para fornecer sugestões. Isso lhe dará a oportunidade de se familiarizar mais com o discurso na frente de uma plateia. Considere como um teste para o dia discurso.
    • Pratique na sala onde seu discurso será apresentado, se possível. Veja como o ambiente está configurado. Descubra como a acústica soa conforme você fala. Mesmo se já estiver familiarizado com o ambiente, fique na frente e sinta-se confortável a partir dessa perspectiva, de onde você vai se apresentar.
    • Concentre-se na introdução. Começar bem seu discurso diminuirá sua ansiedade e ajudará a se sentir mais confortável durante todo o resto da apresentação.
  6. Cuide-se. Ter uma boa noite de descanso antes de apresentar seu discurso garantirá que você esteja lúcido, e não cansado na apresentação. Tenha um café da manhã saudável para lhe dar energia. Use roupas que façam você se sentir confiante.
  7. Encontre rostos amigáveis na plateia. Embora muitas pessoas pensem que fazer contato visual vai piorar a ansiedade, isso pode realmente reduzi-la. Basta encontrar alguns rostos amigos no meio da multidão e imaginar que você está tendo uma conversa com eles. Deixe que seus sorrisos o incentive durante todo o discurso.
  8. Canalize sua energia nervosa. Antes de seu discurso, alongue, aperte e solte os músculos. Relaxe os nervos, respire fundo e acalme seu ritmo cardíaco. Durante a apresentação, use os nervos para energizar seus gestos e movimentos do corpo. Não há problemas em andar um pouco, mas tente manter um ritmo natural e tente não passear.

Dicas

  • Prepare e resuma seu discurso de 2 a 3 dias antes de subir no palco.
  • Recrie a sala de apresentação, se não puder ter acesso a ela. Crie um pódio improvisado, configure algumas cadeiras, e pratique com um computador por perto, se for usar um durante a apresentação.

Avisos

  • Não se prenda a erros. Você pode pronunciar algo de forma errada ou tropeçar em algumas palavras, mas não deixe que isso te incomode. A maioria das pessoas na plateia não vai nem perceber. Se o fizerem, não será um grande problema para eles, a menos que você faça disso um grande problema.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.