Como Animar um Amigo

Pode ser incrivelmente difícil ver um amigo passar por dificuldades. Isso pode ser algo desde a morte de um familiar ou pessoa amada, uma doença, um término de relacionamento, ou até mesmo uma nota ruim na escola. Mesmo que você não possa sempre animá-lo, há algumas coisas que você pode fazer para se certificar de que você está do lado dele e o ajudar a se distrair da dor.

Estando ao Lado Dele

  1. Ouça-o. Ouvir é uma das coisas mais importantes que você pode fazer por alguém que está sofrendo, seja se for por causa de um término, morte dos pais ou uma nota ruim na escola. Ouvir ativamente mostra que você se importa com ele e que ele está sendo ouvido. Frequentemente, saber que alguém o ouviu é mais valioso do que qualquer outro gesto.
    • Quando você realmente estiver ouvindo, certifique-se de que não haja nenhuma outra distração. Isso significa não ficar mexendo no celular, não tentar falar com outras pessoas.
    • Tente fazer contato visual com a pessoa quando ela estiver falando. Você não precisa encarar firmemente, mas o contato visual mostra você está prestando atenção. Também é uma boa forma de evitar ser distraído.
  2. Deixe- a chorar. Quando uma amiga está passando por um momento difícil, ela vai precisar de espaço e tempo para ser emocional e sofrer o que está lhe causando dor. Seja a pessoa segura com quem ela pode conversar ou ligar quando precisar chorar sobre o que está passando.
    • Se ela começar a chorar em um local não seguro ou muito público, dê o seu melhor para levá-la onde ela pode ser emocional sem que as pessoas vejam. Por exemplo: se você estiver na loja e ela começar a chorar, leve-a para fora da loja, para perto do carro ou para o banheiro.
    • Mostre que você pode ser a pessoa para quem ela pode ligar a qualquer hora do dia ou da noite se ela estiver tendo crises com algo. Isso é importante principalmente se for um amigo que tiver tido recentemente uma perda muito ruim (como a morte de um pai) ou com um término de relacionamento.
  3. Dê a ela conforto físico. Tocar é uma linguagem sozinha e pode ser usada para transmitir a ideia de que você está à disposição da sua amiga, que a sua amiga está segura com você. É bom verificar com ela antes de oferecer conforto físico, porque ela pode não gostar de toque.
    • Um abraço pode ser verdadeiramente importante e curador. Se o seu amigo estiver chateado, principalmente se estiver sendo emocional, um abraço ou até mesmo um toque no braço ou na perna envia o sinal de que você está do lado dele e que ele está seguro.
    • O toque é importante principalmente para alguém que recentemente perdeu alguém próximo, seja se for por um término ou por morte. A pessoa estará sentindo a perda da pessoa em um sentido muito físico e o seu toque pode ajudar a aliviar um pouco disso.
  4. Aprenda a ter empatia, não a simpatizar. Simpatia é sentir pena da pessoa, em vez de sentir a dor com ela. Você quer sentir o que a pessoa está sentindo e mostrar que você está se envolvendo na dor dela.
    • Por exemplo: digamos que sua amiga Maria recentemente perdeu o marido. Simpatia seria dizer “Pobre Maria. Eu sinto pena dela por ela ter perdido o marido.” Empatia, por outro lado, seria dizer “Oh Maria, eu sinto a sua dor por ter perdido seu marido e pelo quanto você o amava”.
  5. Torne a vida da sua amiga mais fácil. Quando alguém está passando por algo que dói profundamente, pode ser difícil fazer até mesmo as atividades básicas. Mostre que você está aqui para ajudá-la, fazendo algumas das tarefas que ela precisa fazer e tornando a vida mais fácil para ela.
    • Você poderia fazer algo como cozinhar algumas refeições para ela, ou ajudar a limpar a casa. Tarefas de casa, principalmente, têm a tendência de ficar para trás quando alguém está para baixo.
    • Você poderia oferecer para ir fazer compras para a pessoa, ou levá-la ao médico para uma consulta, e assim por diante.
    • Você também poderia fazer algo como oferecer ajuda ao seu amigo com os deveres de casa ou estudando, ou levar o almoço para a escola para ele com a sua comida preferida.
  6. Leve alguns agrados para ele. Isso pode ajudar a lembrar o seu amigo de que as pessoas ainda se importam com ele. Também é bom se você mora do outro lado do país ou longe. Você nem sempre pode estar fisicamente presente para o seu amigo, mas você pode se certificar de que ele não sinta que está sofrendo sozinho.
    • Você pode fazer um monte dos biscoitos preferidos dele e mandar para ele com um bilhete dizendo o quanto você se importa com ele.
    • Se ele tiver recentemente perdido alguém que ama, você poderia escrever uma carta dizendo o que essa pessoa significava para você. Pessoas amam ouvir diferentes lados da pessoa que elas conheciam, porque isso as faz vivas por um momento.
    • Se a pessoa tiver sido deixada pelo namorado, você pode mandar coisas pequenas que podem fazê-la sorrir: um cartão engraçado, uma história engraçada sobre algo que você viu, fotos de vocês duas fazendo coisas engraçadas bem antigas.

Distraindo-a

  1. Mime sua amiga. Alguém que está sofrendo ou está chateado precisa de tempo para ser cuidado. É para isso que você está aqui! Mostre que você se importa e o quando você quer elas se sintam melhor fazendo algo divertido e agradável com ela.
    • Leve-a para jantar fora, ou faça um jantar delicioso para ela. Ou leve-a para comer aquela refeição super gordurosa e que conforta.
    • Faça um dia no spa. Mesmo se você não puder ir a um spa verdadeiro, você pode fazer um na sua casa. Pegue kits de manicure e pedicure e faça uma na outra.
  2. Faça uma caminhada. Às vezes, uma mudança no cenário pode ajudar a distrair sua amiga do que quer que esteja deixando-a chateada. Faça uma caminhada pela sua área e fique de olho locais legais ou incomuns, ou lugares engraçados.
    • Tente impedi-la de deixar sua mente vaguear. Em vez de falar toda hora sobre qualquer que seja o problema, olhe para a cor do céu ou discuta o que esse cheiro estranho pode ser.
  3. Faça uma noite de filmes. Filmes e programas de TV podem ser uma boa forma de ajudar sua amiga a se distrair dos problemas, pelo menos por um instante. Aproveite a noite e faça pipoca e coma doces.
    • Tente evitar filmes tristes. Por exemplo: se o pai dela tiver morrido de câncer, evite filmes onde os pais morrem, ou no qual alguém tenha câncer. Da mesma forma, se sua amiga tiver sido deixada pelo namorado, filmes sobre namoros tendem a ser uma má escolha.
  4. Façam algo novo juntas. Fazer algo novo e incomum é uma boa distração. Significa que ela está tentando pensar em algo novo em vez de se focar no que quer que esteja lhe deixando chateada.
    • Tente não apenas jogar uma coisa nova nela sem verificar com ela primeiro. Isso pode assustá-la e deixá-la chateada, o que é o oposto do que você quer.
  5. Ajudem alguém juntos. Ajudar outras pessoas faz coisas como diminuir o estresse, aumentar a compaixão e aumentar sua capacidade de resiliência. Alguém que está passando por um momento difícil tem a necessidade de todas essas coisas.
    • Sejam voluntários em algo. Ser voluntário é uma boa forma de apoiar a comunidade, fazer o bem para a vida de alguém e participar de algo importante. Envolva-se em uma instituição de caridade local, abrigo de moradores de rua ou organização de justiça social.
    • Ajude a animar um amigo diferente. Às vezes, trabalhar juntos para ajudar outra pessoa com seus problemas pode animar alguém, porque ela conseguirá colocar seus próprios problemas em perspectiva.
    • Faça algo legal para alguém. Você pode fazer algo como cozinhar para um amigo diferente (mais diversão para vocês dois) ou ajudar outro amigo a limpar a casa, ou ajudar outro amigo com o dever de casa.
  6. Façam uma viagem. Às vezes, uma boa forma de distrair seu amigo da infelicidade é levá-lo em uma viagem. Isso apresenta a ele novos lugares e os impede de ficar se maltratando com o que quer que seja o motivo da sua infelicidade.
    • Vocês poderiam tirar umas férias longas: um tour pela Europa, ou ir ao Appalachian, e assim por diante.
    • Ou você poderia fazer algo menos: um final de semana na praia, uma viagem de carro para a cidade mais próxima para ver uma banda que vocês amam.

Evitando Erros Comuns

  1. Não diga para ele “se animar”. Essa é uma das piores coisas que você pode dizer para alguém que está com problemas, principalmente se ela estiver tendo problemas com depressão ou ansiedade ao mesmo tempo. Quando você diz isso, você está basicamente dizendo para ela não ficar triste.
    • Lembre-se, as pessoas podem sentir o que quiserem. Se ela tentar dar um sorriso quando está triste, ela vai acabar se sentindo pior depois.
    • Dizer para alguém “se animar” acaba sendo mais como você se sente (mal porque a pessoa está mal) em vez de como ela se sente. Você está basicamente dizendo que seus sentimentos de desconforto em relação à infelicidade dela são mais importantes do que a própria infelicidade dela. E isso é algo que um amigo nunca deve fazer.
  2. Não faça com que a dor da pessoa gire em torno de você. Esse é um erro que muitas pessoas cometem! Você pensa que está se identificando com a pessoa e com seus problemas, mas na verdade você está virando o problema para você mesmo.
    • Você pode se identificar com os problemas da pessoa, mas se certifique de que isso não seja apenas sobre você.
    • Por exemplo: isso é o que você não deve fazer “Eu sei exatamente qual é a sensação de ser deixada por alguém. Lembra quando o João me deixou na frente de todo mundo. Eu me sentia péssima o tempo todo, mas eu também superei. Eu fiquei muito bem depois do término.”
    • Em vez disso, você deve dizer: “Eu sei que isso realmente está lhe machucando agora. Eu posso prometer que você vai se sentir melhor depois, mas agora você vai se sentir muito infeliz. Eu estou do seu lado para qualquer coisa que você precisar.”
    • Faça perguntas abertas em vez de pular dentro dos sentimentos e percepções e experiências. Quando seu amigo falar sobre o término, por exemplo, pergunte o que ele está sentindo e o que ele precisa, em vez de dizer para ele o que ele está sentindo ou dizer o que você sentiu na mesma situação.
  3. Evite oferecer soluções, a menos que a pessoa peça. Frequentemente, as pessoas não querem que você ofereça soluções, principalmente quando estão desabafando sobre uma situação. O que as pessoas querem realmente sentir é que elas estão sendo ouvidas e que alguém sabe pelo que elas estão passando.
    • Por exemplo, não figa: “Eu sei que o seu gato acabou de morrer. Talvez você deva ir a um abrigo e pegar um novo. Há tantos gatos por aí que precisam de um lar”. Você basicamente invalidou todos os sentimentos sobre o gato que morreu apenas para oferecer algo que você acha que ajuda para lidar com a morte do gato.
    • Em vez disso, você pode dizer algo como “Sinto muito pela perda do seu gato. Eu sei que você o amava tanto. Me diga se precisar de algo que eu possa ajudar”.
  4. Saiba quando encorajá-la a obter ajuda profissional. Às vezes, pessoas não conseguem lidar com emoções e eventos sozinhas. Nesse caso, como uma amiga, você pode precisar recomendar isso a elas. Não há nada de errado com a necessidade de um pouco mais de ajuda, principalmente com coisas como divórcio, perda de alguém, doença.
    • Observe sinais de depressão: dificuldade em se concentrar ou se lembrar de detalhes, dificuldades em tomar decisões, energia diminuída, insônia ou sono excessivo, pensamentos tristes, ansiosos ou vazios, dores físicas e problemas que não desaparecem com tratamento, pensamentos ou discussão sobre suicídio, sentimentos de invalidez ou de impotência.
    • Quando você estiver discutindo a ideia de buscar ajuda profissional, não diga a ela que ela está doente e que precisa de terapia. Diga algo como “Eu sei que você está sofrendo e eu acho que seria uma boa ideia conversar com alguém que pode realmente lhe ajudar. Lembre-se de que eu estou ao seu lado”.

Dicas

  • Às vezes, pode ser difícil saber o que dizer quando você for confrontado com um amigo que está sofrendo. Frequentemente, você não precisa dizer nada além de “sinto muito. Eu estou aqui para o que você precisar.”
  • Se você estiver se sentindo sobrecarregado pelas emoções e problemas do seu amigo, você precisa ter uma folga para si mesmo. Pode ser cansativo estar em apoio emocional constante para alguém. Certifique-se de que você não é a única forma de ajuda da pessoa.

Avisos

  • Você nem sempre pode animar alguém. Às vezes, você simplesmente tem que permitir que seu amigo fique triste. Simplesmente se certifique de que ele sabe que você está ao lado dele sempre que ele precisar.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.