Como Cobrar Dívida de Pequena Empresa

Pequenas empresas dependem de um fluxo de renda saudável para continuarem solventes, especialmente desde que o IBGE anunciou que 48% das novas empresas fecham nos primeiros 3 anos. As dívidas costumam ser denominadas "Contas a Receber" em termos contábeis. Em um livro caixa, uma lista de Contas a Receber é composta dos pagamentos devidos à empresa. Para pequenas empresas, um débito pode significar a diferença entre lucratividade e perdas líquidas. Você pode tomar várias atitudes antes de enviar uma cobrança a fim de aumentar suas chances de ser pago. Você também deve seguir protocolos, se a dívida persistir por um longo período. A cobrança de dívidas pode ser difícil e, ocasionalmente, ser um processo litigioso. Leia para descobrir como cobrar uma dívida de uma pequena empresa.

Evitando dívidas

  1. Informe a "Data de Vencimento" em cada fatura enviada. Muitas faturas informam "Pagamento contra entrega". Você também pode usar "15 dias", "30 dias" ou qualquer outro período no qual espera a remessa de um pagamento.
    • Incluir uma data de vencimento em uma fatura costuma fazer parte do ciclo de cobrança de uma empresa ou de uma pessoa. Se você não incluir uma data de vencimento na fatura, a empresa poderá tomar a decisão de aguardar um ou dois meses, especialmente se as contas estiverem apertadas.
  2. Não espere 30 dias a partir da data do serviço ou da entrega do produto para enviar uma fatura. Cobre a cada 15 a 30 dias. O melhor a fazer é entrar no planejamento da empresa que deve dinheiro.
  3. Mantenha contato com cada empresa. Se possível, dirija cada fatura à pessoa que toma as decisões financeiras e verifique se você tem o telefone dela, com o ramal.
  4. Crie um procedimento para lidar com dívidas. Ele deve abranger toda a empresa de forma que qualquer um que fale com o devedor saiba o que deve ser perguntado ou feito. Determine em que momento devem ser tomadas medidas, qual medida deve ser tomada e que direção a empresa deve seguir ao determinar que o devedor está evitando o pagamento.

Cobrando dívidas

  1. Ligue para o devedor para conversar sobre a cobrança. Identifique-se e declare o motivo da ligação. Informe ao devedor quando o pagamento vence e pergunte quando você o receberá.
    • Não atormente o devedor, apenas seja direto. Use sempre um tom civilizado e tente transmitir um desejo de manter um relacionamento positivo. Você poderá lidar com as consequências posteriormente.
  2. Ligue novamente em 15 a 30 dias, se o devedor ainda não tiver pago a dívida. Pergunte por que o pagamento está atrasado. Pergunte se o devedor deseja pagar de acordo com o planejado para evitar juros.
    • A maioria dos devedores se divide em duas categorias: ou eles estão com problemas financeiros e não podem pagar no momento ou estão transferindo pagamentos de um mês para o outro de acordo com as prioridades. Tente chegar ao motivo do não pagamento sem julgar e de forma impessoal, de maneira que você consiga chegar a uma solução desejável para as duas partes. No entanto, uma empresa com problemas financeiros talvez não queira discutir seus possíveis problemas.
  3. Interrompa todos os serviços prestados ao devedor. O tempo que precisa transcorrer antes que isso ocorra deve estar detalhado na política da sua empresa. Ligue para o devedor e envie a ele uma carta de aviso antes de interromper o serviço por falta de pagamento.
  4. Pesquise se cabe a cobrança de juros. Muitas leis restringem os juros que podem ser cobrados. Comece a cobrar juros a partir do momento em que a lei permitir.
  5. Mantenha um registro de todos os contatos com o devedor. Você precisará das datas e dos horários das suas chamadas, cartas e qualquer outra comunicação, em caso de ação judicial. Você talvez também precise se referir a essas cartas nas ligações para o devedor a fim de informá-lo há quanto tempo a conta está vencida.
  6. Negocie com o devedor se você sentir que essa é a única chance de receber o pagamento. Pergunte o que ele pode pagar ou ofereça um desconto, dependendo da situação. Se você descobrir que a empresa está evitando pagamento, talvez seja mais barato dar um desconto e nunca mais tratar com ela do que contratar um empresa de cobrança ou um advogado.
  7. Envie cartas. Elas devem mencionar a conta e incluir faturas passadas e referências a comunicações anteriores. Embora elas não devam ser diretamente ameaçadoras, a linguagem deverá fazer referência cada vez mais a uma ação mais dura, se a empresa ignorar a cobrança.
  8. Envie um "aviso de pré-cobrança" ao devedor antes de entregar a cobrança da dívida a um serviço. Esse aviso deve informar a opção oferecida ao devedor e a data limite para uma resposta.
  9. Fique atento a possíveis notícias de falência. No caso de falência de um devedor, você não poderá enviar correspondência à empresa referente à dívida. Você poderá se corresponder por meio de uma carta legal, informando seu direito a pagamento, mas o devedor não terá de pagar até que os termos de pagamento sejam determinados por um tribunal.

Escolhendo um roteiro de cobrança de dívida

  1. Opte por entregar a dívida a um serviço profissional. Esta opção só será preferível se a conta for alta, e você tiver determinado que custará menos contratar uma empresa ou um advogado do que ignorar a dívida e incluí-la como despesa nos seus encargos. Veja a seguir outras maneiras como pequenas empresas tratam a cobrança de dívidas:
    • Entregue a dívida a uma empresa de cobrança. Forneça cópias de toda a correspondência anterior a uma empresa confiável. Fique ciente de que você não receberá toda a dívida. A maioria das empresas de cobrança repassa 50% do total arrecadado do devedor.
    • Leve o devedor ao Juizado Especial se a soma for modesta. Esse tipo de juizado foi criado para evitar excesso de custas processuais no caso de quantias contestadas relativamente pequenas. Você precisará preencher documentos para entrar com uma ação no Juizado Especial. Você será chamado ao Juizado em uma data específica quando seu caso será decidido, e é provável que você só precise pagar pequenas taxas por documentos.
    • Tente uma mediação. Isso costuma ocorrer em um Juizado Especial. É útil caso exista uma disputa sobre as quantias do pagamento e pode ajudá-lo a chegar a um acordo.
    • Busque arbitragem. Um árbitro é um envolvido imparcial que delibera sobre um caso. Se os dois lados concordarem com a arbitragem, a decisão será final.
    • Denuncie o devedor a um serviço de proteção ao crédito. O objetivo desta atitude é transformar a dívida em um registro negativo no cadastro de crédito do devedor.

Avisos

  • Fique ciente de que é ilegal falsificar informações, como um nome ou uma empresa, ao cobrar uma dívida. Pesquise as diretrizes de cobrança de dívidas do seu estado ou país.

Materiais Necessários

  • Política de cobrança de dívidas da empresa
  • Cartas
  • Telefonemas
  • Registros de todas as comunicações
  • Acréscimo referente a juros (se aplicável)
  • Advogado
  • Juizado Especial
  • Mediador
  • Árbitro
  • Relatório de entidade de crédito
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.