Como Verificar a Percentagem do Aumento Salarial

A elevação do salário pode tomar muitas formas. Você pode ter obtido um aumento ou uma promoção, ou pode ter aceitado outro emprego que pague mais. Não importa a circunstância, provavelmente vai querer saber como calcular seu aumento como uma porcentagem específica do valor antigo. Como as taxas de inflação e custo de vida também costumam ser expressas em porcentagens, calcular a elevação dessa forma pode ajudar você a compará-la a outras forças, como as já citadas. Aprender a calcular uma porcentagem de aumento de salário ainda pode auxiliá-lo a contrapor sua compensação a de outras pessoas do seu campo.

Calculando a porcentagem de aumento do salário

  1. Subtraia seu antigo salário do novo. Digamos que você ganhasse R$ 45.000,00 por ano no seu antigo emprego, e que aceitou um novo cargo em que ganha R$ 50.000,00 por ano. Isso significa que você subtrairia 45.000 de 50.000, totalizando R$ 5.000,00.
    • Se você receber o pagamento por hora e não souber seus ganhos anuais totais, pode usar os valores por hora antigo e novo no lugar do salário. Por exemplo, se o aumento foi de R$ 14,00 por hora para R$ 16,00 por hora, você calcularia 16 -14 = 2.
  2. Divida a diferença pelo seu salário antigo. Para transformar o valor de aumento em uma porcentagem, você primeiro deve calculá-lo como um decimal. Para tanto, pegue a diferença calculada no Passo 1 e divida-a pelo valor do seu antigo salário..
    • Com base no exemplo do Passo 1, você dividiria R$ 5.000,00 por R$45.000,00. 5.000 / 45.000 = 0,111.
    • Caso esteja calculando a porcentagem de aumento em um valor por hora, ainda faria o mesmo procedimento. Seguindo o exemplo anterior, 2 / 14 = 0,143
  3. Multiplique o valor decimal por 100. Para transformar um número decimal em uma porcentagem, é só multiplicá-lo por 100. Usando o exemplo anterior, você multiplicaria 0,111 por 100. 0,111 x 100 = 11,1%, o que significa que o novo salário de R$ 50.000,00 representa cerca de 111,11% do salário anterior de R$ 45.000,00, ou que você recebeu um aumento de 11,1%.
    • Para o exemplo do valor por hora, você ainda multiplicaria o número decimal por 100. Assim, 0,143 x 100 = 14,3%.
  4. Considere os benefícios adicionais, se aplicáveis. Caso esteja comparando um novo emprego em outra empresa, em vez de apenas um aumento ou uma promoção na companhia atual, o salário pode ser apenas uma parte do pacote geral de benefícios a ser considerado. Você terá uma ampla gama de outros itens que deve levar em conta no total aumentado. Alguns deles incluem:
    • Prêmios/benefícios de plano de saúde e seguro: se ambos os trabalhos oferecerem cobertura de seguro, você precisará comparar os planos. Também será necessário considerar a fração do prêmio (se aplicável) que é retirada do seu pagamento. Passar a pagar R$ 200,00 em vez de R$ 100,00 em prêmios de seguro pela mesma cobertura negaria parte do seu aumento, por exemplo. Leve em conta também a profundidade da cobertura (ela inclui plano odontológico ou óptico?), as deduções anuais gerais que você talvez precise pagar, etc.
    • Bônus ou comissões: embora não sejam parte do salário padrão, não se esqueça de incluí-los em cada cálculo. O novo salário pode pagar mais, porém se o atual tiver o potencial de oferecer bônus trimestrais, por exemplo, o aumento ainda vale?
    • Previdência privada: algumas empresas oferecem planos de previdência privada que permitem a você separar parte do salário para complementar sua previdência social. Certas companhias ainda contribuem com uma parte do dinheiro. Se a sua empresa atual não o fizer e a nova contribuir, essencialmente você estará ganhando um dinheiro extra para sua aposentadoria.
    • Pensões: empregos que oferecem pensões por um certo número de anos de trabalho contínuo também exigem consideração. Se o seu cargo atual oferecer uma ótima pensão depois de 25 anos, mas o novo não disponibilizar nenhuma, você deve levar esse aspecto em conta. Um salário anual mais alto pode ser mais dinheiro imediato, mas também vale a pena considerar o ganho potencial a longo prazo de cada um.

Determinando como seu aumento se relaciona à inflação

  1. Entenda a inflação. Trata-se de um aumento nos preços dos bens e serviços que afeta seu custo de vida. Uma inflação alta, por exemplo, muitas vezes significa uma elevação nos custo dos alimentos, dos serviços públicos e da gasolina. As pessoas tendem a comprar menos durante períodos de inflação alta, pois eles indicam preços elevados.
  2. Veja qual é a inflação. Uma ampla gama de fatores determina a inflação da moeda. O IBGE libera um relatório mensal que acompanha e calcula esse aumento de preços. Você pode encontrar uma relação mês a mês da inflação brasileira desde o início do Plano Real aqui.
  3. Subtraia a inflação do seu aumento. Para determinar o efeito que essa taxa tem sobre seu salário aumentado, é só subtraí-la do valor calculado na Parte 1. Por exemplo, a inflação média em 2014 era de 6,41%. Usando o aumento de 11,1% que foi calculado na Parte 1, você determinaria o efeito da inflação sobre ele da seguinte maneira: 11,1% - 6,41% = 4,69%. Isso significa que, após levar em conta os preços inflacionados dos bens e serviços padrão, o aumento só vale 4,69% a mais, pois o dinheiro está valendo 6,41% a menos do que no ano anterior.
    • Em outras palavras, em comparação com 2013, foi necessário em média 6,41% de dinheiro a mais em 2014 para comprar os mesmos itens.
  4. Relacione a inflação com o poder de compra. Este refere-se aos custos comparativos de bens e serviços ao longo do tempo. Por exemplo, digamos que você esteja com o salário de R$ 50.000,00 ao ano da parte 1. Agora, digamos que a inflação se mantenha a 0% no ano em que você recebe o aumento, mas passe para 1,6% no ano seguinte, sem que você receba outro aumento. Isso significa que você precisará de mais 1,6% para comprar os mesmos bens e serviços. 1,6% de R$ 50.000,00 é igual a 0,016 x 50.000 = 800. Seu poder de compra total com base na inflação na verdade caiu em R$ 800,00 durante o ano.
    • O Banco Central do Brasil tem uma calculadora fácil de usar para comparar o poder de compra entre um ano e outro. Você pode encontrá-la em https://www3.bcb.gov.br/CALCIDADAO/jsp/index.jsp.

Dicas

  • Existem várias calculadoras online que você pode usar para determinar rapidamente o aumento de salário em termos de porcentagem.
  • Os exemplos acima também valem para outras moedas.

Materiais Necessários

  • Calculadora
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.