Como se Comunicar Melhor com sua Namorada

Seu namoro pode ter começado forte, mas todos os relacionamento exige esforços para permanecer fortalecido ao longo do tempo. Uma das melhores medidas que um casal pode tomar para melhorar um relacionamento é aperfeiçoar as habilidades de comunicação, já que isso estreitará o vínculo dos parceiros e vai ajudá-los a se abrirem um com o outro, independentemente do estágio do namoro.

Aprendendo a ouvir melhor

  1. Pergunte. As perguntas são uma das melhores formas de melhorar o diálogo de um casal. Façam perguntas diárias sobre como vocês estão se sentindo, o trabalho e outras novidades do cotidiano de cada um. Além disso, use as questões para esclarecer qualquer coisa que tenha sido dita, ou para aprofundar uma conversa e fazer a outra pessoa se abrir ainda mais com você.
    • Faça perguntas que a façam falar de seus sentimentos e vida pessoal. Comece com assuntos mais gerais e prossiga até revelações mais específicas.
    • Comece perguntando sobre o dia da sua namorada, depois pergunte sobre um incidente feliz ou desagradável que tenha ocorrido no trabalho dela.
    • Quando ela começar a falar de acontecimentos mais específicos do dia, tente usar coisas que ela já tenha dito em conversas anteriores. Por exemplo, você poderia perguntar: "Isso já aconteceu antes, né?" ou "Nossa, não consigo acreditar que isso tenha acontecido mesmo com o Fulano dizendo algo completamente diferente na semana passada".
    • Pergunte como ela se sente em relação às circunstâncias que descreve. Mostre o quanto se importa e ofereça apoio para a pessoa amada.
  2. Reformule a informação recebida, usando outras palavras. Um grande problema no diálogo dos casais é a sensação de que não somos ouvidos ou compreendidos. Repetir o que sua namorada acabou de dizer, mas usando as próprias palavras, demonstrará que você estava ouvindo e processando tudo o que foi dito. Esta também pode ser uma forma útil de focar na conversa, caso seus pensamentos estejam dispersos e você tenha dificuldade para se concentrar.
    • Use um tom de voz natural. A conversa poderá desandar rapidamente se a outra pessoa achar que está sendo provocada.
    • Não exagere, o excesso de reformulações poderá transformar-se em algo irritante ou distrativo.
    • Use suas próprias palavras quando estiver reformulando o que ouviu, isso demonstra compreensão do que a outra pessoa acabou de dizer, não apenas uma simples repetição das palavras.
    • Tente usar uma frase de transição para começar a parafrasear. Por exemplo, experimente dizer algo como: "Você está dizendo que..." ou "Acho que entendo seu ponto de vista. Você está dizendo que ________. Certo?".
  3. Fique atento aos sinais não verbais. Muitas vezes, a linguagem corporal diz tanto quanto as palavras, e a postura do casal durante uma conversa pode enviar sinais intencionais ou inconscientes. Não analise obsessivamente a linguagem corporal da sua namorada, mas pergunte se ela está chateada e explique que notou alguma coisa na linguagem corporal dela, caso suspeite que haja um problema.
    • Talvez ela esteja defensiva, distante ou emocionalmente retraída se mantiver os braços cruzados durante a conversa.
    • Evitar fazer contato visual pode indicar falta de interesse no que você estiver dizendo, vergonha de alguma coisa que foi dita, distração ou falta de vontade de se comunicar.
    • Inclinar o corpo para longe de você durante a conversa pode sugerir desinteresse, frustração ou bloqueio emocional.
    • Um tom de voz alto e agressivo pode indicar emoções intensas e também que a conversa se transformou, ou está prestes a se transformar, em uma briga. Além disso, também pode ser uma indicação de que a outra pessoa não se sente ouvida ou compreendida.
    • As posturas da linguagem corporal podem ser incidentais, portanto, não "acuse" sua namorada de estar chateada ou fechada de propósito. Diga de forma carinhosa: "Notei que sua linguagem corporal sugere um problema, mas suas palavras contradizem esse sinal. Você está preocupada com alguma coisa?".

Conversando com sua namorada

  1. Seja aberto e honesto. Ser honesto significa não mentir ou enganar a pessoa amada, e isso deve ser bem fácil. Ser aberto significa demonstrar um certo nível de vulnerabilidade, e muitas pessoas têm dificuldade para fazer isso. Caso não seja naturalmente aberto ou honesto, tente esforçar-se em conjunto com sua namorada pelo bem do relacionamento.
    • A comunicação aberta e honesta é a base de um relacionamento duradouro. Inevitavelmente, um casal que não consiga manter tais diálogos enfrentará problemas futuros.
    • Diga toda a verdade para a outra pessoa. Não reprima ou omita sentimentos, ela poderá ficar chateada se descobrir a verdade.
    • Caso enfrente dificuldades para manter um diálogo aberto, fale sobre isso com sua namorada e explique por que se sente assim. Ela terá mais solidariedade se conhecer seus problemas e poderá aprender a fazer mais perguntas ou a pedir mais detalhes.
  2. Pense antes de falar. Muitas pessoas têm tanta pressa de colocar os sentimentos ou pensamentos para fora que não conseguem parar por um minuto e refletir sobre o que foi dito. Isso vale para os momentos em que você estiver dizendo o que sente, e também para quando estiver respondendo a alguma coisa dita por sua namorada.
    • Antes de falar, pense cuidadosamente no que deseja dizer.
    • Tenha consciência dos seus sentimentos quando estiver falando com ela.
    • Fale de forma tão clara e direta quanto for possível.
    • Caso queira responder a algo que foi dito, espere um segundo para ter certeza de que sua namorada acabou de falar. Depois, tome mais um segundo para processar o que ouviu e pensar na melhor forma de articular uma resposta.
  3. Comunique-se com respeito. Esforce-se para ser respeitoso em todas as conversas com sua namorada. O respeito é uma exigência óbvia para muitas pessoas, mas é importante ficar atento às próprias palavras, tom de voz, linguagem corporal e entrelinhas da conversa. Assim, vocês dois sempre demonstrarão respeito mútuo.
    • Durante a conversa, assuma a responsabilidade por tudo o que disser ou fizer, mesmo que o diálogo se transforme em uma briga.
    • Expresse completamente os pensamentos e sentimentos, mas de forma respeitosa.
    • Valide os sentimentos dela. Tente compreender por que sua namorada se sente de determinada maneira e, no mínimo, demonstre respeito pela forma como ela se sente.
    • Exiba uma postura respeitosa. Não evite o contato visual, nem exiba uma postura desleixada ou faça outras coisas durante a conversa. Olhe nos olhos dela e dedique atenção integral ao diálogo.
    • Seja respeitoso em todas as respostas. Não interrompa a outra pessoa e nunca diga que ela está errada por se sentir de determinada forma.
    • Não fique bravo ou chateado devido a algum mal-entendido. Em vez disso, faça perguntas com calma e peça que sua namorada esclareça o que quis dizer.
  4. Use frases na primeira pessoa do singular — "Eu". Apelar para acusações pode ser bastante fácil quando as emoções ficam à flor da pele, principalmente durante uma discussão ou depois que fomos magoados (por exemplo: "Você é mentirosa e me magoou"). No entanto, os psicólogos concordam que o uso de frases na primeira pessoa do singular é bem mais eficiente e causa menos tensão. Com essas frases, você expressará as mágoas da forma como as vivencia, em vez de fazer uma acusação ou declarar um fato absoluto sobre a outra pessoa. Uma boa frase na primeira pessoa do singular deve incluir os seguintes elementos::
    • Uma declaração de emoção ("Eu sinto _____").
    • A descrição justa e objetiva de um comportamento que o leve a se sentir de determinada forma ("Sinto-me _____ quando você ______").
    • Uma explicação do motivo pelo qual os comportamentos ou condições presentes fizeram você se sentir assim ( "Sinto-me ____ quando _____, porque _________").
  5. Não apresse as coisas. Vá com calma se o namoro for recente ou se você simplesmente tiver dificuldade para expressar os sentimentos em geral. O casal deve seguir esforçando-se para dialogar todos os dias, mas também deve ter uma conversa sincera sobre o quanto cada parceiro se sente confortável falando sobre os próprios pensamentos e sentimentos, e decidir se um de vocês precisa definir algum prazo para conseguir atingir esse objetivo.
    • Não tenha pressa para começar a ter conversas profundas, preocupantes ou difíceis. Deixe que elas surjam naturalmente, quando os dois estiverem prontos para falar sobre isso.
    • Não apresse sua namorada e não permita que ela o apresse.
    • O casal deve prosseguir no ritmo que achar mais confortável, tendo em mente que uma melhora na comunicação vai fortalecer o namoro.
  6. Faça revelações íntimas. As revelações pessoais podem ser muito úteis em um namoro, principalmente quando começamos a compartilhar sentimentos ou a falar de coisas mais íntimas. Tal é uma forma de nos revelarmos gradualmente, mas sinceramente, para a pessoa amada, sabendo que ela também falará de si mesma. Tente começar fazendo as seguintes revelações:
    • Eu sou uma pessoa que _____.
    • Uma coisa que gostaria que as outras pessoas soubessem sobre mim é _______.
    • Quando tento expressar meus sentimentos mais íntimos, _____________.

Aperfeiçoando juntos as habilidades de comunicação

  1. Experimentem estilos de comunicação diferentes. Existem muitas formas diferentes de comunicação, e nenhuma delas é um método absolutamente certo ou errado. No entanto, alguns métodos são mais produtivos do que outros em certas pessoas, e vocês precisarão experimentar para descobrir a melhor opção para o casal.
    • Tente ser expressivo. Demonstre como se sente e pergunte como sua namorada se sente.
    • Use uma comunicação voltada aos fatos ou tarefas. Algumas pessoas se sentem mais confortáveis quando transmitem fatos em vez de sentimentos. Por exemplo, dizendo "Sinto que não estou ganhando dinheiro o bastante com meu trabalho", em vez de "Estou triste e preocupado com minha situação financeira".
    • Seja assertivo. Isso envolve a comunicação clara e direta dos sentimentos, opiniões e necessidades, sem infringir os direitos da sua namorada.
    • Evite a comunicação passiva. Esse estilo de comunicação envolve a incapacidade de ser assertivo ou de expressar sentimentos, pensamentos e necessidades, o que pode ser muito prejudicial para um relacionamento.
    • Minimize as emoções antes de conversar sobre assuntos sérios. Antes de discutir sobre algo importante, tome um momento para se acalmar e impedir que as emoções determinem a direção da conversa, mas não deixe de dizer como se sente.
  2. Dê atenção às conversas triviais. Conversar sobre amenidades é uma hábito extremamente útil em qualquer tipo de relacionamento e vai ajudá-lo a desenvolver uma comunicação cotidiana no namoro. Vocês podem relembrar ou dar risada de experiências que viveram juntos, conversar sobre o que fizeram naquele dia, fazer planos para o final de semana, ou simplesmente compartilhar observações interessantes ou engraçadas.
    • Falar sobre o dia a dia aproxima um casal e faz com que os parceiros se conheçam de forma mais íntima.
    • Peça para que sua namorada elabore as respostas, fornecendo mais detalhes.
    • Tenha em mente que as perguntas complementares precisam demonstrar um interesse genuíno no que estiver sendo dito, e não devem passar a impressão de suspeita e desconfiança.
  3. Reserve tempo para a comunicação. Muitos casais com vidas agitadas ou agendas conflitantes sentem que as linhas de comunicação se tornam mais congestionadas em um relacionamento. No entanto, isso pode ser facilmente remediado se vocês dois reservarem tempo para o diálogo. Mesmo com vidas muito agitadas, é importante que ambos os parceiros reservem tempo para uma comunicação aberta e honesta, assim como reservam tempo para comer, dormir ou dirigir até o trabalho.
    • Caso gostem de organizar a rotina diária com uma programação rígida, tentem marcar um horário para o casal ficar a sós. Reserve um tempo, pelo menos uma vez por semana, para manter uma linha de diálogo aberta e saudável.
    • Limite quaisquer interrupções quando estiver conversando com sua namorada. Desligue o rádio ou a televisão, e silencie ou deixe o celular de lado.
    • Conversem um com o outro enquanto fazem atividades cotidianas. Por exemplo: enquanto dirigem ou cuidam das tarefas domésticas.
    • Note quando sua namorada parecer preocupada ou demonstrar vontade de falar sobre alguma coisa. Pergunte se há algo errado ou se ela gostaria de conversar.
    • Ambos os parceiros devem transmitir compromisso, confiança e intimidade durante as conversas.
  4. Considere buscar ajuda profissional. Talvez você tenha dificuldade para se comunicar nesse relacionamento, ou talvez as linhas de comunicação tenham sido abaladas por certos eventos da vida. Não há nada errado nisso, e esse problema não significa que o relacionamento não possa funcionar — significa apenas que vocês precisarão esforçar-se mais. Nesse momento, a ajuda de um profissional poderia ser bem-vinda.
    • Um terapeuta especializado em casais poderia ajudar vocês dois a encontrar formas de serem mais abertos e comunicativos.
    • O casal também pode esforçar-se para ser mais sincero, se interessar mais pela vida um do outro e reservar mais tempo a dois.
    • Encontre terapeutas através da lista telefônica, de uma ferramenta online de buscas ou de um diretório de profissionais.

Dicas

  • Passem tempo juntos, independentemente do que estiver acontecendo em suas vidas.
  • Falem um com o outro quando estiverem juntos. Comece falando de amenidades, o que é importante, e prossiga até circunstâncias mais importantes de suas vidas.

Avisos

  • Não espere que sua namorada se sinta tão confortável quanto você ao falar de pensamentos e sentimentos, todo mundo é diferente, assim como os relacionamentos. Seja compreensivo e peça que ela também respeite seus sentimentos.
  • Talvez sua namorada precise de um pouco de espaço se começar a ficar irritada. Respeite os limites dela e não force uma conversa.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.