Como Arremessar uma Bola de Curva

Uma vez que você tenha aperfeiçoado a sua bola rápida, é a hora de aprender a lançar uma bola de curva. Se bem arremessada, ela deve se parecer com uma bola rápida, embora gire no sentido oposto, criando uma queda na sua trajetória antes de chegar ao rebatedor. Com um pouco de sorte, o rebatedor vai tentar acertá-la e errar. Continue lendo este artigo para aprender a garantir alguns strikes com uma bola de curva no seu próximo jogo.

Bola de Curva Básica

  1. Segure a bola entre o polegar e o dedo médio. Coloque o dedo médio em cima da costura inferior, e o polegar ao longo da costura de trás. O dedo indicador não deve tocar na bola. Ao invés de usá-lo para segurá-la, você deve apontar com ele para onde quer que a bola vá.
    • Segure a bola de maneira que as curvas das costuras estejam perto da palma da mão, uma na parte de cima e outra na parte inferior.
    • Para jogadores destros, o dedo médio deve ir na costura de cima à direita, e o polegar na costura de baixo à esquerda. Os canhotos devem simplesmente inverter os lados.
  2. Esconda a sua pegada. Se o rebatedor vir que você lançará uma bola de curva, ele estará preparado para a mudança de velocidade e de direção. É importante esconder o seu arremesso até segundos antes de lançá-lo. Certifique-se de cobrir a sua mão com a luva, pois, dessa maneira, nenhum jogador do time adversário será capaz de ver que você está prestes a lançar uma bola de curva.
    • Como a pegada da bola de curva básica é muito fácil de ser identificada por jogadores experientes, esse é um arremesso que só deve ser utilizado em ligas amadoras. Para usá-la em jogos mais competitivos, continue lendo para se informar sobre variações mais avançadas e difíceis de serem lidas da bola de curva.
  3. Prepare-se e arremesse. Coloque o seu pé dominante na borracha, paralelo a ela. Levante o joelho oposto e gire os quadris para a frente enquanto arremessa a bola. O seu cotovelo deve estar no mesmo nível ou acima do nível do braço e dobrado em um ângulo de 90 graus. Os primeiros movimentos do seu lançamento devem ser exatamente os mesmo do que os da sua bola rápida.
  4. Solte a bola. Mantenha a palma da mão virada para dentro e libere a bola, estendendo o braço e dando um passo à frente com o pé oposto. O braço do arremesso deve descer em direção ao lado oposto do quadril. A mão deve mover-se rapidamente de cima para baixo, ao invés de fazer um arco ao redor do corpo. Quando soltar a bola, gire o polegar para cima e o dedo médio para baixo, como se estivesse estalando-os. Lembre-se que a bola vai ser lançada na direção para qual o dedo médio aponta.
  5. Pratique. Domine o lançamento mais básico antes de passar para as formas mais avançadas. Lembre-se que a rotação da bola deve ser oriunda de uma pegada sem pressão e do movimento de "estalar os dedos" com o polegar e o dedo médio. Mantenha esse movimento sempre em mente durante os arremessos.

Bola de Curva Reta

  1. Segure a bola entre o polegar, o indicador e o dedo médio. Essa é pegada clássica para bola de curva. A costura do fundo deve estar entre o indicador e o dedo médio, com o polegar ao longo da costura de trás. As curvas das costuras devem estar perto da palma da mão, com uma em cima e outra na parte inferior.
    • Para jogadores destros, coloque o dedo médio na costura de cima, e o polegar na costura inferior à esquerda. Os canhotos devem inverter os lados.
    • Use o dedo indicador para apontar para o alvo. Assim como na bola de curva básica, deve-se usar o dedo indicador para apontar na direção em que queremos lançar. A diferença é que, nessa pegada, ele também serve de suporte para o dedo médio.
  2. Esconda a sua pegada. Mais uma vez, certifique-se de que ela não esteja visível para qualquer jogador do time adversário, usando a luva para enconde-la. Caso contrário, o rebatedor será avisado de que você lançará uma bola de curva, e os seus resultados não serão tão bons.
  3. Prepare-se e arremesse. Coloque o seu pé dominante na borracha, paralelo a ela. Levante o joelho oposto e gire os quadris para a frente enquanto arremessa a bola. O seu cotovelo deve estar no mesmo nível ou acima do nível do braço e dobrado em um ângulo de 90 graus. Os primeiros movimentos do seu lançamento devem ser exatamente os mesmo do que os da sua bola rápida.
  4. Solte a bola. Mantenha a palma da mão virada para dentro e libere a bola, estendendo o braço e dando um passo à frente com o pé oposto. O braço do arremesso deve descer em direção ao lado oposto do quadril. Quando soltar a bola, gire o polegar para cima e o dedo médio para baixo, como se estivesse estalando-os.
  5. Tente arremessar com pegadas diferentes. Se você alterar um pouco o posicionamento dos dedos, pode mudar a trajetória da bola, confundindo ainda mais o rebatedor. As bolas de curva regulares são conhecidas como 11-5 pela maneira que se comporta no ar (uma analogia aos ponteiros de um relógio). Tente estas variações para obter resultados diferentes:
    • Uma bola 12-6 vai quebrar para baixo de forma mais acentuada. Coloque os dedos indicador e médio entre as costuras, e o polegar na parte inferior da bola. Faça um leve movimento de "estalar de dedos" durante o lançamento ou solte a bola quando ela passar pela sua cabeça, ao invés de completar o movimento do braço. Para compensar a quebra mais acentuada, as bolas 12-6 devem ser arremessadas um pouco mais alto do que as bolas de curva normais.
    • Uma bola de curva 10-4 tem uma trajetória reta até o rebatedor e, em seguida, quebra para baixo e para longe. Posicione os dedos como na pegada de uma bola de curva tradicional; feito isso, deslize os dedos indicador e médio para baixo, aproximando-os do polegar. Coloque a maior parte da pressão sobre o dedo do meio, e gire o pulso para fora durante o arremesso.

Bola de Curva com a Junta

  1. A pegada. A variável desta vez é o dedo indicador. Segure a bola com o dedo médio ao longo da costura inferior, e com o polegar em cima da costura de trás. As curvas das costuras devem estar próximas à palma da mão, com uma em cima e outra na parte inferior. Dobre o dedo indicador para dentro, de maneira que a unha dele esteja em contato direto com a bola e a primeira articulação do dedo médio esteja apontando para o alvo.
    • Para pessoas destras, coloque o dedo médio na costura de cima, e o polegar sobre a costura inferior à esquerda. Para os canhotos, basta inverter os lados.
    • Pode demorar um tempo até você se acostumar com essa pegada. No seu tempo livre, segure a bola sem arremessá-la e, com um pouco de prática, ela se tornará natural.
  2. Use a primeira articulação do dedo indicador para apontar para o alvo. Assim como na bola de curva reta, o dedo indicador deve ser usado para apontar para o alvo e servir de suporte para o dedo médio - com o benefício de gerar mais torque com o uso da articulação.
  3. Mantenha a sua pegada escondida atrás da luva. Isso é ainda mais importante na bola de curva com a junta, uma vez que o posicionamento do indicador deixará óbvio o arremesso usado.
  4. Prepare-se e arremesse. Coloque o seu pé dominante na borracha, paralelo a ela. Levante o joelho oposto e gire os quadris para a frente enquanto arremessa a bola. O seu cotovelo deve estar no mesmo nível ou acima do nível do braço e dobrado em um ângulo de 90 graus. Os primeiros movimentos do seu lançamento devem ser exatamente os mesmo do que os da sua bola rápida.
  5. Solte a bola. Mantenha a palma da mão virada para dentro e libere a bola, estendendo o braço e dando um passo à frente com o pé oposto. A bola deve sair da sua mão assim que ela passar pela sua cabeça. O braço do arremesso deve descer em direção ao lado oposto do quadril. Quando soltar a bola, gire o polegar para cima e o dedo médio para baixo, como se estivesse estalando-os.

Dicas

  • Ao lançar uma bola de curva, movimente o braço como se fosse martelar um prego.
    • Se girar o pulso perto do corpo, a bola irá se quebrar para baixo. Esse arremesso é, geralmente, mais difícil de ser rebatido, porque ele se parece com uma bola rápida, mas, no último segundo, a bola perde altitude e quica no chão.
    • Girar o pulso quando estiver a 3/4 do caminho completo do braço não resulta em uma queda tão brusca, mas fará a bola deslizar no ar mais tempo.
  • Para provocar uma queda ainda maior na bola, gire o pulso o mais rápido que conseguir. Quanto maior a velocidade, maior será a queda da bola.
  • Quanto mais para perto do corpo você girar o pulso, mais acentuada será a curva.
  • Não se concentre tanto em conseguir um strike; foque em criar a curva. Se a bola for bem lançada, os rebatedores irão para o arremesso.

Avisos

  • Não torça o braço para lançar uma bola de curva. Você pode facilmente quebrar o osso do úmero.
  • Lançar várias bolas de curva por um longo período pode prejudicar o seu braço. Em especial, a bola 12-6 coloca muito estresse sobre o ligamento lateral interno do cotovelo.
  • Não comece a arremessar bolas de curva antes de completar 15 de idade.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.