Como Calcular seu Patrimônio Líquido

O patrimônio líquido é simplesmente o total de seus bens menos o total de suas dívidas e é importante estar ciente do valor dele. Controlar o valor de seu patrimônio líquido todo ano permite que você monitore sua tendência com o tempo. Assim, você poderá estar mais preparado para futuros investimentos. Aqui está uma forma fácil de calcular seu patrimônio líquido.

Calculando os Bens

  1. Some o total de valores que economizou, ou seja, todo o dinheiro que tem atualmente em sua poupança e não o dinheiro que você ganhará no futuro.
  2. Some o valor total que investiu em sua casa. Converse com um corretor ou peça uma avaliação. Some esse valor a seus bens.
    • Nota: Não subtraia o valor que deve em seu financiamento habitacional ou hipoteca ainda. Você fará isso quando calcular suas dívidas.
  3. Descubra o valor atual de seu carro, ou seja, o valor que receberia caso o vendesse agora. Lembre-se, os carros desvalorizam assim que saem da loja, portanto esse valor será muito menos do que o preço original de compra. Se ainda deve dinheiro para um empréstimo, subtraia esse valor do valor atual do carro.
  4. Descubra quanto tem investido em bens intangíveis, ou seja, notas promissórias, ações, fundos e certificados de depósitos.
    • Para descobrir o valor de uma nota promissória, veja o valor investido acrescido dos rendimentos anuais.
    • Para descobrir o valor das ações, use o modelo de desconto dos dividendos, que calcula o valor das ações de acordo com os fluxos de caixa atuais e futuros.
    • Para determinar o valor de um fundo mútuo, procure seu valor líquido, que muda diariamente, já que o fundo é composto de diferentes ações.
    • Para calcular o valor de um certificado de depósito, use uma calculadora na internet. Ela combina vários fatores, como o valor do depósito, dos juros e o número de meses.
  5. Inclua qualquer valor que possuir, como valores de notas promissórias ou acordos que possui.

Calculando as Dívidas

  1. Some o valor total que possui como hipoteca ou financiamento, ou seja, o valor que ainda precisa pagar por sua casa.
  2. Some valores que possuir de empréstimos.
  3. Adicione os valores devidos para o cartão de crédito, ou seja, o valor que deve atualmente para pagar seus cartões de crédito. Embora isso possa desanimar, é importante ser bem honesto nessa parte para ter certeza de que o valor final estará correto.
  4. Adicione os valores que estiver devendo para empréstimos estudantis. Lembre-se de anotar todos os valores que ainda não foram pagos.
  5. Inclua quaisquer outros empréstimos que tiver, para pessoas, empresas ou outros grupos.

Calculando seu Patrimônio Líquido

  1. Subtraia todas suas dívidas do total de todos os seus bens. Assim, você terá seu patrimônio líquido. Por exemplo, se o total de seus bens é R$ 100.000 e o total de suas dívidas, R$ 75.000, seu patrimônio líquido é de R$ 25.000. Você também pode ter um patrimônio líquido negativo se tiver mais dívidas do que bens.
  2. É importante lembrar que esse é um número de referência e não final. Seu patrimônio líquido muda, assim como seus gastos mudam com o tempo. Se tiver um patrimônio líquido negativo, não se assuste. Tente novas formas de economizar.
  3. Calcule seu patrimônio líquido anualmente para que você desenvolva novas técnicas de economia e veja seu crescimento com o tempo.

Dicas

  • Anote esses números em um caderno e tente atualizá-los mensalmente. Você terá mais controle e conseguirá enxergar seu desenvolvimento.
  • Seja totalmente honesto com todos os números. Não aumente seus bens ou diminua suas dívidas.

Materiais Necessários

  • Livro contábil
  • Calculadora
  • Lápis
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.