Como Entender o Estoicismo

Você já ouviu falar do estoicismo e quis saber mais? É melhor entender sobre o assunto antes de se tornar um estoico.

Passos

  1. Leia sobre a origem do estoicismo. É uma filosofia do período greco-romano clássico da história. Foi fundado por Zenão de Cítio, cujos escritos já foram perdidos.
  2. Assimile os ensinamentos de Zenão de que todo o sofrimento vem de certas emoções destrutivas, conhecidas como paixões estoicas.
  3. Para alcançar a verdadeira felicidade, você precisa controlar suas paixões. As primárias são angústia, medo, luxúria e deleite. Elas são descritas por Zenão da seguinte maneira:
    • A angústia é uma contração irracional, ou uma opinião nova de que algo ruim está presente, por conta da qual as pessoas acham que têm de se sentir deprimidas.
    • O medo é uma aversão irracional, uma fuga de um perigo esperado.
    • A luxúria é o desejo irracional, ou a busca por algo que se espera ser bom.
    • O deleite é um inchaço irracional, ou uma opinião nova de que algo bom está presente, por conta do qual as pessoas acham que têm de se sentir exultantes.
  4. Todos são subdivididos, colocando emoções destrutivas diferentes para cada paixão primária.
  5. Leia e entenda os escritos estoicos baseados no período em que foram escritos. Muitos foram perdidos no tempo, então, para saber mais, leia estes:
    • "Meditações", de Marco Aurélio, e seus pensamentos e reflexões, "Sobre a brevidade da vida" e "Cartas a Lucílio", de Sêneca.
    • "Stoicism" (Estoicismo), de John Sellars, fornece um bom histórico da filosofia e é fácil de ler, embora seja abrangente.
    • "História do Pensamento Ocidental", de Bertrand Russell, também discute sobre o estoicismo, fornecendo a você uma opinião de alguém que não segue a filosofia.
  6. Controle suas emoções o tempo todo através do consentimento correto das impressões externas e internas — este é o famoso princípio estoico. A expressão "calma estoica" vem dessa filosofia. Ela é um dos princípios estoicos mais defendidos pelos praticantes.
  7. Leve uma vida simples e comum, desdenhando qualquer coisa adquirida apenas para decoração.
  8. Tenha algumas tendências lacônicas, como a brevidade lacônica no discurso ou comer parcimoniosamente.
  9. Use roupas simples, mas confortáveis.
  10. Você deve sempre estar familiarizado com pobreza, para o caso ficar pobre um dia. O estoicismo não o impede de ser rico; Sêneca foi um senador, e Marco Aurélio, um imperador. Eles apenas defendiam o não materialismo.
  11. Assim como a crença budista sobre o universo, acredite que tudo está em constante mudança e que os seres humanos não são importantes; são apenas partes ínfimas da natureza. Sendo assim, é necessário aceitar seu destino sem pestanejar.
  12. Esteja feliz em quaisquer circunstâncias. Os estoicos defendem a ideia de que, independentemente do que acontecer com você, ainda ficará feliz; há um ditado que diz algo como, "Barriga cheia e feliz, faminto e feliz, bem descansado e feliz, cansado e feliz", etc.
  13. Prepare-se e familiarize-se com a morte, uma vez que sua vida é curta. No entanto, você não deve ter medo, já que isso não é apropriado para um estoico.
  14. Ter uma alma corajosa, assim como humildade e honestidade, é a essência da filosofia estoica, além de compaixão e solidariedade entre os homens.

Dicas

  • Esteja sempre pronto e nunca dê nada como certo, uma vez que as coisas podem ser tomadas de você a qualquer momento.
  • Tente meditar. Muitos estoicos defendem o budismo como meditação.
    • Leia e pesquise sobre o estoicismo para aprender mais.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.