Como Baixar o Nível de Ácido Úrico para se Livrar da Gota

A gota é uma das formas mais doloridas de artrite. Ela ocorre quando há muito ácido úrico acumulado no corpo e é mais comum em homens que em mulheres. Uma vez que é resultado, em geral, de uma dieta ruim, mudar o que você come é uma das melhores maneiras de tratá-la. Medicamentos e outras alterações no seu estilo de vida também podem ajudar. Veja o Passo 1 para aprender mais sobre como baixar o nível de ácido úrico para se livrar da gota.

Administrando sua dieta

  1. Entenda como a gota afeta o corpo. Um ataque da gota ocorre quando os níveis de ácido úrico ficam muito altos, levando à formação de cristais nas juntas e em outras áreas. Esses níveis altos podem levar a uma série de dores ao longo do corpo.
    • Uma vez que esses cristais são mais pesados que o sangue que os carrega, eles começam a criar depósitos no corpo. No entanto, por conta da gravidade, tais cristais, normalmente, acabam ficando na parte inferior do corpo, incluindo no espaço largo entre as juntas e o dedão do pé.
    • As pedras nos rins ocorrem quando os cristais de ácido úrico se formam nos rins.
    • As formações chamadas de "tophi" ficam sob a pele.
  2. Evite por completo alimentos animais ricos em purina. Certas carnes, peixes e outros produtos de animais contêm muito da substância, que se converte em ácido úrico. Quando uma quantidade grande do ácido se reúne nas juntas, ele leva à gota. Alguns exemplos desses alimentos são:
    • Carnes de órgãos
    • Arenque
    • Anchovas
    • Cavala
  3. Limite o consumo de carne e peixe. Todas as carnes, peixes e aves domésticas têm alguma quantidade de ácido úrico. Embora você não precise virar vegetariano, diminuir a ingestão de carne e peixe é um passo essencial no tratamento desta doença. Limite seu consumo dos alimentos a seguir para 115 a 170 g (uma porção) por dia:
    • Aves domésticas
    • Carne vermelha (porco, boi e carneiro)
    • Atum
    • Lagosta
    • Camarão
  4. Evite vegetais, frutas e legumes ricos em ácido úrico. Alguns alimentos vegetarianos também contêm muitas purinas. Eles costumam contribuir para a formação de ácido úrico no sangue. Os alimentos a seguir são ricos na substância:
    • Cogumelos
    • Feijão
    • Ervilhas
    • Lentilhas
    • Bananas
    • Abacate
    • Kiwi
    • Abacaxi
  5. Coma menos gordura. Muita gordura saturada inviabiliza a habilidade do corpo de processar o ácido úrico. Evite alimentos fritos e com alto teor de gordura, como laticínios integrais. Comidas mais magras, como frutas, verduras, legumes e grãos integrais, ajudarão a cuidar da gota.
  6. Evite xarope de milho rico em frutose. Este açúcar aumenta o nível de ácido úrico, então, evite bebidas adoçadas com xarope de milho, além de sobremesas com a substância. É importante ler as informações nos pacotes de comida com cuidado, pois o xarope pode estar presente em toda uma gama de alimentos, mesmo naqueles não necessariamente doces, como pão e lanches.

Fazendo mudanças no estilo de vida

  1. Mantenha um peso adequado. Pessoas com sobrepeso ou obesas têm maior risco de desenvolver gota. Perder peso pode ajudar a melhorar o problema e proporcionar, no futuro, que você se livre dele em definitivo. Fale com seu médico a respeito de traçar uma dieta saudável para emagrecimento que envolva limitar alimentos ricos em purina. Ela deve ser feita com base nos seguintes alimentos, além de acompanhada por muito exercício:
    • Opções com proteínas magras (excluindo carnes de órgãos e peixes gordurosos)
    • Grãos integrais
    • Frutas e vegetais com pobres em purina
    • Nozes e outros lanches saudáveis
  2. Controle seu estresse. Um nível alto de estresse pode levar a surtos de gota, então, é importante tomar uma atitude para mantê-lo sob controle. Exercitar-se e comer bem pode ajudar muito. Além de manter seu corpo saudável, trabalhe para alcançar a saúde mental seguindo os passos abaixo:
    • Tire um tempo para si mesmo sempre que for necessário. Se estiver exigindo muito de si mesmo, isso pode pesar no seu corpo.
    • Medite, faça yoga ou passe um tempo fora de casa. Faça regularmente uma atividade que lhe traga paz interior.
    • Durma bastante toda noite. Tente entre 7 e 8 horas e mantenha os horários.
  3. Corte o álcool, especialmente a cerveja. A cerveja é conhecida por aumentar o nível de ácido úrico e deve ser totalmente evitada para o combate à gota. Vinho, porém, não faz o mesmo se consumido em pequenas quantidades. Beber uma ou duas taças com 150 mL por dia não deve piorar as coisas.
  4. Beba muita água. Ajuda a eliminar o ácido úrico do seu corpo, além de aliviar os acúmulos nas suas juntas. Beba mais que o normal — de 8 a 16 copos com 240 mL todo dia.
  5. Avalie seu consumo de vitaminas e de analgésicos. Pessoas que tomam muita vitamina contendo niacina, além de alguns medicamentos sem prescrição, têm um risco maior de desenvolver gota. Se você ingerir muitos deles, vá a um médico para descobrir como isso está afetando a gota.Os suplementos e medicamentos a seguir aumentam as chances de você desenvolver a doença:
    • Niacina
    • Aspirina
    • Diuréticos
    • Ciclosporina
    • Levodopa

Tomando medicamentos e fazendo outros tratamentos

  1. Alivie a dor dos surtos com analgésicos. A gota é um dos tipos de artrite mais dolorosos e, quando um surto ocorre, os medicamentos podem ser de grande ajuda. É importante falar com seu médico sobre um plano usando os remédios que seja saudável para o seu corpo. Ele pode apresentar as seguintes opções, dependendo do seu nível de dor:
    • Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs). Estes estão disponíveis sem prescrição médica.
    • Corticoesteroides, como a prednisona.
    • Colchicina. Esta medicação funciona melhor nas primeiras 12 horas do surto.
  2. Trate as causas ocultas. A gota nem sempre é causada por você comer carne demais ou outros alimentos ricos em purina. Às vezes, é o resultado da inabilidade do corpo de se livrar do ácido úrico por outros motivos. Se você tiver sido afetado por uma das coisas listadas abaixo, precisará de um tratamento adequado para controlar sua gota:
    • Algumas pessoas com gota têm um defeito enzimático que faz com que seja muito difícil para o corpo quebrar as purinas.
    • Alguns têm gota como resultado de uma exposição a chumbo.
    • Aqueles que fizeram transplante de órgãos são particularmente suscetíveis.
  3. Procure por novas terapias para a gota. Uma vez que é uma doença comum, tratamentos e medicamentos novos estão sempre sendo testados. Se a gota estiver afetando sua qualidade de vida e se os tratamentos normais não estiverem funcionando, fale com seu médico para explorarem suas opções.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.