Como se Tornar um Acadêmico

Um acadêmico é uma pessoa que possui um alto nível de formação e trabalha como pesquisador em uma universidade. Essa carreira tem um prospecto bastante agradável e você pode, enquanto trabalha ou estuda, descobrir que quer se dedicar ainda mais ao campo. Este artigo abordará a “transformação” em um acadêmico e envolverá mais do que o estudo – isso é um estilo de vida e uma doutrina.

Passos

  1. Escolha a área. Poucas pessoas conseguem estudar várias disciplinas de uma vez. Escolha algo que lhe interesse e mantenha o foco. Pode ser Química, Português, História ou Idiomas Estrangeiros. Você também pode conduzir pesquisas interdisciplinares.
  2. Torne-se um literato. Pegue alguns livros em uma biblioteca e comece a ler. Se possível, use obras da área em questão, mas tente explorar alguns romances clássicos, como os de Charles Dickens. Tente aproveitá-los, já que assim poderá se lembrar melhor deles.
  3. Aprenda um pouco de cultura. Ler muito não é o único requisito; também é preciso adquirir cultura. Tente assistir a peças e outras produções interessantes – acadêmicos não precisam mergulhar somente em livros.
  4. Pesquise! Uma parte importante de ser acadêmico é ser curioso, investigativo e disposto a aprender. Se você não conhecer uma palavra, nunca tiver ouvido falar de um livro ou não conhecer uma história importante, aprofunde-se! Hoje isso não significa necessariamente revirar livros de história ou dicionários – você pode usar a internet.
  5. Torne-se fluente. Outra parte essencial de ser acadêmico é estender o seu vocabulário e compreensão da língua. Se perceber erros gramaticais, corrija-os. Se necessário, invista em uma gramática. Não saber onde colocar apóstrofos e o que são sinônimos farão as pessoas pensarem que você não é muito inteligente! Crie o hábito de sempre verificar a ortografia – se houver uma palavra que lhe trouxer dúvidas, consulte um dicionário.
  6. Estude. Se você estiver no trabalho, veja se pode se matricular em alguns cursos universitários. Se você estiver na escola, tente se interessar pelo que aprende e se envolva com atividades extracurriculares. Estudar bem é outra chave para ser um acadêmico! Algumas disciplinas e áreas, como as ciências, requerem trabalhos extensivos – que você só pode adquirir em nível superior –, o que é bastante importante. Para se tornar um acadêmico, você terá de obter um grau avançado de estudos (como bacharelado, mestrado e doutorado).
  7. Seja aplicado. Continue se esforçando. Se realmente quiser ser um acadêmico, mantenha o foco. Em certos períodos, a perda do interesse pode ser uma barreira difícil de ultrapassar quando você começa do zero.
  8. Obtenha um emprego na área. Se você realmente mantiver o foco na academia, obtenha uma vaga de emprego nessa área. Tente em universidades e afins. As chances de sucesso são pequenas (devido à competição acirrada e às exigências das instituições).

Dicas

  • Desenvolva os seus gostos próprios. Nem todo acadêmico precisa ouvir Beethoven ou Mozart. Não mude o seu jeito de ser para se encaixar em um estereótipo.
  • Divirta-se com a leitura. Você não terá de necessariamente ler toda a literatura clássica, mas isso não lhe impede de ser um acadêmico melhor. É bom se divertir com a leitura.
  • Aprenda a tocar algum instrumento musical. Essa é uma ótima maneira de “incentivar” o seu cérebro. Se possível, comece a fazer aulas. Escolha um bom instrumento – e certifique-se de ter tempo livre para praticá-lo.
  • Vista-se bem. Tenha elegância – mas não exagere. Um bom acadêmico costuma se vestir bem (não necessariamente com ternos e afins).
  • Seja educado. Se você for refinado cultural e mentalmente, isso é essencial. Tente ser impecavelmente bondoso, em especial se quiser se aproximar do estereótipo.
  • Descubra que tipo de leitura mais lhe agrada. Um gênero em especial pode apelar para você (mistério, ficção científica etc.). Você não precisa ler clássicos se não quiser.

Avisos

  • Este artigo descreve um estilo de vida e uma maneira de fazer determinadas escolhas. Se você não se comprometer, é melhor nem tentar. Certifique-se de que isso é o que você quer.
  • Esteja preparado! Algumas pessoas não gostam de quem é “sabe-tudo”. Saiba quando se pronunciar e esteja pronto para se conter – ser “espertinho” no momento errado pode ser ofensivo.

Materiais Necessários

  • Livros
  • Curiosidade
  • Habilidade de aprender
  • Aplicação
  • Disposição para trabalhar
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.