Como Construir o Seu Próprio Tanque de Pescaria

Nós amamos passar um tempo pescando. Amamos o ar fresco, a diversão e os deliciosos peixes. Mas odiamos ter que percorrer todo o enorme caminho até o lago mais próximo. Até agora, porque com esse método você poderá construir o seu próprio tanque aí no seu quintal!

Passos

  1. Designe um espaço. Designe uma certa parte do seu jardim para isso. Essa área deve ser grande o bastante para que os peixes possam passear, mas pequena o bastante para que fiquem no seu terreno (a não ser que os vizinhos não se importem).
  2. Veja se a terra é adequada fazendo um pequeno buraco e derramando dentro um pouco de água. Quanto mais tempo demorar para a água ser absorvida pela terra, melhor. Se o terreno não for adequado, não se preocupe, confira o Passo 4. Se o terreno for bom, continue para o Passo 3.
  3. Cave um buraco. Ele em breve será o seu tanque. O buraco deve cobrir praticamente toda a sua área designada.
  4. Se o terreno não for adequado para a água, coloque algum material como plástico, areia, uma fina camada de concreto, etc. por sobre o barro depois de ter cavado o buraco. Certifique-se de que pareça bonito e natural. Caso pareça descuidado ou feio, faça de novo ou esconda as falhas com pneus velhos, plantas e pedras.
  5. Coloque algas e plantas aquáticas. Muitos peixes comem essas plantas em seus habitats naturais. Para prendê-las sem danificar as suas raízes, pegue as raízes com a sua mão e faça uma 'ponta' com os seus dedos ao redor delas. Afunde a sua mão na terra e abra os dedos. Isso fará com que as raízes se espalhem antes da terra cobri-las. (Essa é a mesma técnica para plantar em um tanque, por sinal.) Organize-as estrategicamente para que tenham bons esconderijos. Você quer que seus nenês tenham a chance de se esconder de predadores maiores que possam comê-los.
  6. Coloque água. Há duas maneiras de fazer isso. A primeira é esperar até a chuva vir e encher o tanque. A segunda é usar a mangueira ou um balde. Antes de usar a mangueira, confira se o pH da água é balanceado. A maior parte da água de torneiras contém cloro para matar os germes, o que acaba matando também as boas bactérias. Para evitar desarrumar a cobertura do fundo (areia, cascalho, etc.), mire a mangueira em um balde. Não se esqueça de prender uma longa corda ao balde, já que provavelmente não vai querer mergulhar na água lamacenta para buscá-lo quando o tanque estiver cheio.
  7. Espere que a água se acomode no espaço antes de colocar os peixes. Assegure-se de que você tem espécies que não vão se matar logo de cara, e que sejam todas comestíveis. Inclua limpadores como camarões de água-doce (lagostim) para manter o fundo limpo; certifique-se de que eles tenham pedras o suficiente para se esconder debaixo. Antes de colocar qualquer peixe no tanque, climatize-os à nova água. Faça isso colocando-os em uma banheira ou balde com a sua água original, e adicione gradualmente a sua água do tanque até que eles estejam respirando praticamente a água do tanque, apenas. Então agarre-os com uma rede e despeje-os gentilmente no tanque.
  8. Aproveite! Parabéns, você terminou e agora pode aproveitar isso no seu próprio jardim. Adicionalmente, se você vive em uma área com temperaturas abaixo de 12º C., deve arranjar um borbulhador.

Dicas

  • Situe o tanque sob o céu aberto. Desse modo a chuva pode cair, e se a água evaporar, a chuva irá enchê-lo.
  • Vá até um lago encerrado por terra (ou seja, que não tenha um rio que saia dele) para ver que tipos de peixes e plantas vivem ali. É provável que essas sejam as melhores espécies para o seu tanque, já que por ser perto deve ter um clima parecido e coisas assim.
  • O buraco deve ter pelo menos 1 metro e meio de profundidade.
  • Você precisará de algo para manter mais oxigênio na água, como um filtro.
  • Arranje vários peixes de tanque e plantas desde o início. Mais que 1 espécie de cada. Desse modo o seu tanque terá diversidade e os peixes poderão se reproduzir e criar mais peixes. Uma boa regra para se seguir é ter pelo menos 3 pares férteis (3 machos, 3 fêmeas, todos adultos).

Avisos

  • Se você não tiver ambos os gêneros, eles não poderão se reproduzir, e depois que a primeira geração morrer, acabou-se.
  • Você precisará de um borbulhador no inverno ou eles morrerão.
  • Se você pretende cobrir o buraco, use algo não tóxico aos peixes ou eles morrerão.
  • Se você retirar do tanque tudo o que pescar, não sobrará o suficiente para se reproduzirem.
  • Esse projeto toma bastante tempo – não espere que seja feito em um dia.
  • Se você não colocar plantas, os seus peixes não terão abrigo contra predadores. Além disso, organismos que vivem entre essas plantas servem para alimentar os seus peixes.

Materiais Necessários

  • Muito tempo
  • Um jardim
  • Uma pá
  • Água
  • Plantas aquáticas frescas
  • Peixes
  • Um revestimento
  • Um borbulhador caso você viva em um lugar onde a temperatura baixe dos 12º C.
  • Pedras grandes
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.