Como Evitar Ser Despedido Por Algo que Escreveu na Internet

Tome cuidado para não ser despedido por algo escrito em seu blog ou site, principalmente ao escrever algo que reflita negativamente sobre seu local de trabalho. Siga esses passos para não correr esse risco.

Passos

  1. Entenda a linha entre o pessoal e o profissional ao escrever em seu blog. A menos que o esteja escrevendo como parte do emprego, mantenha a vida pessoal e profissional separadas. É possível falar sobre sua vida profissional, mas lembre-se de fazê-lo de modo geral e com pensamentos positivos, sem criticar as pessoas ou o local em que trabalha. Outras coisas a se considerar:
    • Não pense que você pode alegar ignorância quanto às políticas da empresa sobre os blogs e redes sociais. Caso haja uma política, se familiarize com ela. Caso não haja, converse com seu gerente para estabelecer algumas regras.
    • Siga um “código de ética” de blogueiros, mesmo se sua empresa não possuir uma política a respeito disso. Utilize esse código para criar posts respeitosos, justos e genuínos.
  2. Saiba quais informações são confidenciais em seu emprego. Se tiver alguma dúvida, pergunte para algum funcionário de recursos humanos! As informações confidenciais podem incluir:
    • Finanças, impostos, negócios, etc. da empresa
    • Tudo relacionado a segurança
    • Informações, eventos e comunicados embargados
    • Informações pessoais de colegas de trabalho, como endereços, telefones, salários, etc.
  3. Saiba o que pode resultar em um processo por difamação. Apesar disso ser diferente em cada jurisdição, a base da difamação é realizar uma declaração sobre uma pessoa, empresa ou produto que possa afetar sua reputação.
    • Qualquer declaração na Internet é visível para o mundo inteiro. Esteja ciente de que você pode ser denunciado e processado por qualquer pessoa.
  4. Não seja estúpido. Pense antes de escrever qualquer coisa na Internet. Considere os seguintes itens:
    • Antes de revelar informações e opiniões sobre seus colegas, pense como eles reagiriam.
    • Lembre-se que seu chefe também pode ler tudo.
    • Coloque-se no lugar dos outros. Você gostaria que escrevessem o mesmo sobre você? Você confiaria em si mesmo se fosse seu chefe? Você ficaria feliz de ler isso caso fosse o dono de uma empresa?
    • O que é engraçado ou irônico para você pode ser visto como algo negativo por outra pessoa. Não escreva um texto se ele pode magoar alguém.
  5. Adicione elementos fictícios. Ao escrever sobre suas experiências de trabalho sem o consentimento da empresa, não revele nada que o ligue ao local de trabalho. Troque nomes, datas e as condições dos eventos. Acrescente elementos fictícios para não identificar a empresa.
  6. Pense bem nas imagens que vai utilizar, pois elas podem dizer mais do que mil palavras. Em 2006, a comissária de bordo Ellen Simonetti foi demitida por comentários feitos sobre o local de trabalho em seu blog. Ela postou fotos no site utilizando o uniforme da empresa, que não ficou contente com isso, pois sua reputação estava sendo prejudicada. Para não prejudicar sua empresa através de imagens, considere o seguinte:
    • Evite postar fotos com roupas que identifiquem seu local de trabalho, a menos que tenha o consentimento da empresa.
    • Não poste fotos de si mesmo, amigos ou colegas que impactem o modo com o qual a empresa o vê. Nudez, gestos obscenos, poses sexualmente sugestivas, etc. podem impactar sua reputação.
    • Não poste fotos de você, seus amigos ou filhos relacionadas à drogas ilegais.
    • Não poste fotos de seus colegas de trabalho em eventos sem a permissão deles. Nem todos querem divulgar suas vidas desse modo. Se o evento foi patrocinado pela empresa, você precisa da permissão do local de trabalho para postar as fotos também.
  7. Pesquise seu nome ou blog com frequência. Esse é um modo excelente de saber o que é dito sobre você, além de alertá-lo sobre possíveis problemas.
    • Utilize o Google Alerta para receber discussões sobre seu blog em seu e-mail.
  8. Consiga um novo emprego. Caso odeie seu emprego ou acredite que possa conseguir algo melhor, siga sua. Procure um novo emprego ou abra seu próprio negócio. Tome cuidado ao criticar um emprego publicamente, pois você será visto como alguém que pode fazer isso com qualquer emprego e pessoa a qualquer momento, o que pode afetar sua busca por outros empregos no futuro.

Dicas

  • Lembre-se de que o que é escrito na Internet é armazenado mesmo após a sua remoção. Se tiver dúvidas, não escreva.
  • Esses passos também se aplicam para os microblogs. Uma legenda de foto do Flickr ou um Tweet dizendo o quanto você odeia seu emprego podem ser encontrados facilmente (procure por “eu odeio meu emprego” nas redes sociais para ver os resultados...).

Avisos

  • Lembre-se de que até mesmo comentários “anônimos” deixam rastros de IP. Caso você escreva os comentários em sua empresa, você pode ser rastreado rapidamente.
  • Não poste nada de cabeça quente. Durma e descanse, você provavelmente mudará de ideia.

Materiais Necessários

  • Blog ou microblog
  • Livro de etiqueta na Internet
  • Código de ética dos blogueiros
  • Política empresarial sobre interações online
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.