Como Ter uma Boa Vida em Família

Apesar da imagem de família perfeita que sempre aparece na nossa frente na televisão, em pôsteres e em cartazes, há muito mais complexidades e dinâmicas nas famílias do que todos aqueles sorrisos e risadas. Todas as famílias são diferentes e têm seus próprios problemas, mas, com a quantidade certa de esforço e determinação, você pode fazer da sua vida em família a melhor possível desenvolvendo suas relações e aprendendo mais sobre você mesmo e sobre seus parentes. A vida em família de ninguém é perfeita, mas você pode tornar a sua boa, então, por que não tentar?

Passos

  1. Entenda bem a sua família. Se você não o fizer, vai haver muitos desentendimentos e brigas. Fique com eles sempre que puder e conheça-os melhor. Muitas famílias hoje em dia não se conhecem muito bem porque estão sempre ocupadas demais. Planeje passar um tempo junto com eles, como vendo um filme ou jogando algo em família ou mesmo jantando juntos.
  2. Respeite sua família. Seus filhos e seu cônjuge agora são a sua, mas lembre-se de que, no fim das contas, eles também são seres humanos. Também têm opiniões e sugestões. Às vezes, isso pode ser bom ou ruim. Nunca fique bravo com a opinião de alguém. Cada um pensa diferente, e ninguém é perfeito.
  3. Dê tempo ao tempo. Ninguém quer ser ignorado por causa de uma reunião ou do trabalho. Dê tempo a cada um de vocês para que possam entender um ao outro como indivíduos apropriadamente. Isso poderá prevenir desentendimentos no futuro.
  4. Trate todo mundo como um igual. Quer seja uma empregada ou seu enteado, eles também merecem seu amor e sua afeição, assim como você merece de seu cônjuge e de seus próprios filhos. Trate todos como você gostaria de ser tratado e se dar bem com sua família ficará fácil.
  5. Nunca grite ou berre com ninguém. Isso pode criar ódio nos corações deles. Apenas fazê-los entender o que você quer dizer pode fazer toda a diferença. Por que desperdiçar energia assim quando você pode dizer a mesma coisa de forma calma?
    • Tente não brigar com seus irmãos. Isso pode destruir a relação de vocês, e você se arrependerá disso quando ficar mais velho. Valorize o tempo que tem com seus irmãos, pois ele não volta mais.
  6. Nunca discrimine.
  7. Aprenda a chegar a um acordo. Quando você ou outra pessoa em sua família quiserem duas coisas totalmente opostas, encontre uma maneira de dar a todos o que eles querem.
  8. Ajudem um ao outro. Quando você vir um irmão ou pai precisando de ajuda, ajude. Faça coisas pequenas, como segurar a porta para eles ou ajudar com o dever de casa.
  9. Organizar festas de aniversário surpresa e celebrar cada conquista individual pode ajudar bastante.
  10. Evitem usar palavras ofensivas ou abusivas um com o outro.
  11. Às vezes, adolescentes podem se sentir tristes ou solitários. Primeiro, pergunte a eles o que houve e, se eles não quiserem falar, não tem problema. São apenas hormônios. Se você achar que realmente há algo errado, peça para os amigos mais próximos ajudarem seu filho ou sua filha.
  12. Nunca quebre nenhuma promessa. Isso pode magoar e fazer com que sua família ache você um mentiroso e que sempre vai quebrar suas promessas.
  13. Aprenda a perdoar.
  14. Não ralhe demais com ninguém. Isso pode ser bom às vezes, mas não exagere.
  15. Faça com que sua família perceba as coisas da maneira mais fácil. Se alguém fez algo errado ou traiu sua confiança, faça com que a pessoa perceba isso facilmente.

Dicas

  • Saber chegar a acordos é a ferramenta mais valiosa que você tem.
  • Se o trabalho for realmente importante, então, tente fazer com que sua família entenda isso e faça promessas sobre outras oportunidades para passarem um tempo juntos.
  • Não culpe tudo nos hormônios. Se seu adolescente se sentir relutante em falar com você, ele ou ela pode estar chateado com alguma coisa ou sofrendo bullying. Pergunte se está tudo bem e ganhe a confiança dele.
  • Quando alguém pedir para você fazer alguma coisa, tente fazer de uma vez. Não enrole.

Avisos

  • Membros da família nunca têm o direito de ser abusivos. Se forem, não perca seu tempo. Pode ser que você não possa ganhá-los sempre com paciência e gentileza. Fique longe de situações tóxicas o máximo que puder.
  • Nunca bata ou erga sua mão para ninguém.
  • Se sua família se odiar, coloque-a em uma situação em que prestar e receber ajuda seja importante.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.