Como Exercitar os Músculos Faciais

Ter um regime de treinamento é uma ótima forma de tonificar músculos, perder alguns centímetros e evitar a flacidez da pele. Fazer exercícios faciais, ou ioga facial, é um meio natural de rejuvenescer o rosto, firmar os músculos e minimizar rugas. Eles também são ótimos caso tenha algum problema muscular no rosto, já que deixa os músculos mais fortes e com uma aparência mais tonificada e confiante. Há aproximadamente 50 músculos no rosto humano, e exercitá-los também ajuda a aliviar a tensão presente nos olhos, no pescoço e na face. Dedicar-se aos músculos faciais pode dar a você um rosto muito mais atraente para mostrar ao mundo.

Exercitando a testa e os olhos

  1. Puxe a testa com os indicadores. Com os dedos indicadores, aplique pressão na testa e eleve as sobrancelhas para fortalecer essa parte do rosto. Isso ajuda a suavizar as linhas presentes na região.
    • Coloque os indicadores logo acima de cada um dos olhos.
    • Puxe as pálpebras sobre os olhos para baixo, tentando elevar as sobrancelhas.
    • Repita o exercício 10 vezes para tonificar a testa.
  2. Empurre a testa com as mãos. Esse simples exercício usa as palmas das mãos para criar resistência ao flexionar as sobrancelhas. Ele ajudará a criar linhas mais suaves nessa região.
    • Coloque as palmas em cada lado da testa, com a base de cada mão sobre as sobrancelhas. As palmas devem manter a pele bem firme no lugar.
    • Eleve os músculos das sobrancelhas, como em uma expressão de surpresa, e desça-as, como na expressão de raiva.
    • Eleve e desça as sobrancelhas 10 vezes e repita a elevação mantendo-a durante 30 segundos. A seguir, desça-as e mantenha-as nessa posição por 30 segundos, voltando ao sobe-desce inicial por mais 10 vezes.
  3. Faça elevações de sobrancelha. Com os dedos e as sobrancelhas, é possível exercitar os músculos de sua testa. Mesmo um pouco de pressão pode criar resistência suficiente para um bom exercício.
    • Usando dois dedos em um sinal da paz, coloque as unhas sobre cada sobrancelha.
    • Gentilmente, empurre a pele para baixo com os dedos e, a seguir, as sobrancelhas para cima e para baixo.
    • Repita 10 vezes a sequência de sobe-desce com as sobrancelhas.
    • Faça três séries com 10 repetições, tenha uma curta pausa e faça mais três séries de 10 repetições.
  4. Alongue as pálpebras. As pálpebras são músculos fáceis de trabalhar e não requerem muita resistência. Usar os dedos pode ajudá-lo a fazer o alongamento, removendo rugas e resultando em pálpebras mais fortes.
    • Sente-se e feche os olhos.
    • Com as pálpebras relaxadas, use os indicadores para levantar as sobrancelhas. Enquanto isso, mantenha os olhos fechados para alongar as pálpebras tanto quanto possível.
    • Mantenha a posição durante 10 segundos e relaxe, repetindo o exercício 10 vezes.
  5. Aperte os olhos. Treine as pálpebras ainda mais ao apertar os olhos com um pouco de resistência por parte da boca. Como faz uso de muitos músculos, esse exercício pode ajudar a alongar todo o rosto e não apenas os olhos.
    • Puxe os lábios para baixo comprimindo os músculos faciais e, a seguir, puxe-os para um lado.
    • Feche bem um olho por um segundo, repetindo o movimento 10 vezes e mantendo os lábios voltados para um lado. A seguir, faça o mesmo com o outro olho.
    • Faça três séries de 10 exercício com cada olho, descanse por um curto período e faça mais três séries com 10 exercícios.
  6. Alongue o rosto firmando os olhos. Isso ajudará a treinar os músculos que circundam as pálpebras, resultando em um olhar mais atento. Use os dedos para criar resistência à ação básica de abrir e fechar os olhos.
    • Faça um C ao redor dos olhos com os polegares e indicadores. Cada indicador deve estar sobre a respectiva sobrancelha e cada polegar, sobre a bochecha.
    • Feche os olhos e, lentamente, junte as pálpebras com força. A seguir, relaxe a tensão sem abrir os olhos.
    • Repita esse exercício de pálpebras 25 vezes.

Exercitando a boca

  1. Exercite-se com sorrisos. Uma das formas mais simples de tonificar o sorriso é praticá-lo. Nesse exercício, você lentamente levará a boca ao sorriso completo, com posições diferentes. Como resultado, você terá um melhor controle do rosto e de suas habilidades no sorriso.
    • Lentamente, comece a sorrir alongando o canto da boca lateralmente, com os lábios ainda unidos.
    • Depois disso, force a boca para cima, expondo os dentes superiores.
    • Sorria tão abertamente quanto possível, exibindo os dentes.
    • Depois de chegar nesse ponto, relaxe a boca lentamente e volte o sorriso à forma inicial.
    • Pare em pontos diversos nessa expansão do sorriso e mantenha cada uma durante 10 segundos.
  2. Aplique pressão sobre o sorriso. Similar ao último exercício, esse faz uso de etapas distintas do sorriso para trabalhar os músculos do rosto. Aqui, os dedos aplicam mais resistência a fim de treinar os músculos ao redor da boca.
    • Com um sorriso completo, use os dedos para mantê-lo no lugar pressionando os cantos da boca.
    • Feche os lábios pela metade e, a seguir, completamente, usando os dedos para resistir ao movimento.
    • Mantenha cada posição durante 10 segundos.
  3. Faça elevações do rosto. Esse exercício trabalha os músculos ao redor do lábio superior para evitar a flacidez da região e manter o contorno labial forte. Se feito da forma correta, você terá um sorriso mais forte que mostra mais de seus dentes superiores.
    • Abra a boca ligeiramente e dilate as narinas. Enrugue o nariz tanto quanto possível e, lentamente, eleve o lábio superior ao máximo, mantendo essa expressão por 10 segundos.
    • Com a boca ligeiramente aberta, coloque um dedo debaixo do olho e sobre a têmpora. Enrole o lábio superior para cima, mantendo a pressão do dedo no rosto. Mantenha essa posição por 10 segundos e retorne lentamente para a posição original.
  4. Faça um exercício labial. Esse é um exercício simples que aumenta o fluxo sanguíneo para os lábios, dando a eles uma cor mais saudável, intensa e natural.
    • Abra ligeiramente a boca, com os lábios superior e inferior relaxados.
    • Traga o lábio inferior para frente até tocar o lábio superior.
    • Traga os lábios superior e inferior para dentro da boca. Force-os e, a seguir, relaxe.
  5. Faça um exercício de fortalecimento mandibular. Esse exercício trabalha a mandíbula, a base do queixo, que é essencial para sorrir, falar, mastigar e tudo o mais que a boca é capaz de fazer. Um exercício como esse evita o surgimento do queixo duplo e de rugas na parte inferior do rosto.
    • Mantenha a boca e, especialmente, os dentes e os lábios bem fechados.
    • Separe os dentes tanto quanto possível sem abrir os lábios.
    • Traga a mandíbula lentamente para frente. Leve-a tão longe quanto possível, alongando o lábio inferior para cima, e segure essa postura por cinco segundos.
    • Lentamente, retorne a mandíbula, os lábios e os dentes de volta para a posição original.
  6. Faça a boca UU-II. Movendo a boca para fazer alguns sons básicos pode ajudá-lo a treinar os lábios e os músculos entre o lábio superior e o nariz. Esse é um exercício simples que apenas requer alguns movimentos faciais exagerados com a produção de som.
    • Abra a boca e, a seguir, comprima os lábios juntos, mantendo os dentes separados e escondidos.
    • Diga "UU", com um movimento exagerado para manter os lábios comprimidos.
    • Passe a falar "II", novamente com um movimento exagerado para esticar os lábios até a forma adequada. Também se pode trocar "II" com "AA" para um treino ligeiramente distinto.
    • Faça 10 repetições entre "UU" e "II", repetindo o exercício com três séries.
  7. Chupe o dedo. Use a pressão natural existente no ato de sugar para fortalecer os lábios. Ao tirá-lo da boca, você estará criando ainda mais resistência para treinar.
    • Coloque o dedo na boca e chupe-o com tanta força quanto possível.
    • Durante o exercício, tire-o lentamente da boca.
    • Repita 10 vezes.
  8. Pressione as bochechas ao sorrir. Isso ajuda a fortalecer os músculos da região. Mantenha a cabeça para trás ao fazer esse exercício.
    • Pressione as bochechas com os três dedos centrais.
    • Ao pressionar, sorria tão intensamente quanto possível empurrando os dedos para fora.
  9. Puxe as bochechas para cima. Esse exercício pode ajudar a suavizar as linhas de expressão no sorriso e debaixo dos olhos. As mãos serão responsáveis pelo treino, alongando os músculos do rosto e da pele.
    • Ponha as palmas das mãos firmemente colocadas sobre as bochechas.
    • Puxe os cantos dos lábios para cima, em direção às maçãs do rosto, até expor os dentes superiores e as gengivas.
    • Mantenha essa posição durante 30 segundos, solte-a e repita o exercício três vezes.
  10. Aperte os lábios. Esse exercício ajudará a condicionar os músculos labiais. Novamente, as mãos farão todo o trabalho, apertando o rosto ao redor da boca e do nariz.
    • Coloque as palmas sobre o rosto, com sua borda externa sobre as linhas de expressão e a borda inferior sobre a linha da mandíbula. A seguir, pressione o rosto com toda a palma da mão.
    • Use os músculos labiais (nãos as mãos) para comprimir os lábios e mantenha essa expressão durante 20 segundos. A seguir, empurre as palmas para cima em direção ao nariz e mantenha a posição por 10 segundos.
    • Repita o exercício três vezes.

Cuidando do rosto

  1. Sorria tanto quanto possível. Juntamente com os exercícios específicos, sorrir regularmente pode ajudar a manter os seus músculos fortes sem deixá-lo com expressões tão estranhas quanto aquelas das atividades anteriores. Além disso, sorrir frequentemente pode deixá-lo mais relaxado e confiante, ajudando a diminuir os níveis de estresse do dia-a-dia.
  2. Mantenha o rosto limpo. Lave o rosto regularmente para remover impurezas e manter a pele limpa. Além disso, aplique alguns produtos de cuidados da pele, como um tônico, um hidratante ou um creme com retinóide. Essa rotina deve ser simples, já que o excesso de produtos pode resultar no cancelamento do efeito entre ingredientes distintos.
  3. Coma bem para ter uma pele forte. Parte da razão pela qual se faz exercícios faciais é tonificar a pele para uma aparência mais jovem e robusta. Para ajudar a tonificar a pele facial, você precisa ter uma boa dieta. Coma alimentos ricos em Vitaminas A e C, além de ácidos graxos Ômega-3. Essa dieta pode ajudá-lo a manter a pele limpa e os músculos do rosto com bom desenvolvimento.
    • Alguns alimentos que fazem bem ao rosto incluem frutas e vegetais com cor escura e folhas, como cenouras, damasco, espinafre, tomates e mirtilos, feijões, ervilhas e lentilhas, peixes gordurosos como salmão e cavala, nozes, alho e chocolate preto. Geralmente, alimentos saudáveis para o corpo também farão bem ao rosto e à pele.
    • Alimentos ricos em carboidratos processados ou refinados e gorduras não saudáveis aceleram o envelhecimento da pele. Tome cuidado ao consumi-los.
  4. Proteja o rosto do sol. Se não tiver cuidado, o sol pode facilmente danificar a pele e dar ao seu rosto uma aparência mais envelhecida. Evite se expor ao sol durante as horas de pico (entre as 10h e as 14h), use roupas que cobrem o corpo e proteja-se com filtro solar.

Dicas

  • Lave as mãos antes de começar o treinamento. Tocar a face pode trazer óleos e poeira para a pele, provocando obstruções.
  • Você pode fazer esses exercícios sentado ou em pé, dependendo do que você considere mais confortável. Pode ser útil fazê-los em frente a um espelho, pelo menos inicialmente, para ajudá-lo a ver o que está fazendo.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.