Como Revisar com Sucesso

Não há nenhuma razão para ter medo das provas. Aprender a fazer uma revisão com sucesso pode lhe manter bem "antenado" em seus estudos, garantindo que você não vire a noite estudando (e vire um zumbi!). É possível aprender a organizar de maneira eficaz, revisar ativamente e encontrar o suporte necessário para cruzar a linha de chegada! Comece no Passo 1 e veja mais informações.

Organizando sua revisão

  1. Encontre um bom local de estudo. Ache um lugar que seja calmo, silencioso e bem iluminado, que será confortável para você estudar sem distrações. Algumas pessoas gostam de designar um local específico para estudar, enquanto outras preferem fazer isto em diversos locais; uma vez no próprio quarto, outra na lanchonete, na biblioteca e em diversos outros para quebrar a monotonia. Escolha o local mais apropriado para você e seus hábitos.
    • Pesquisas mostram que o estudo em diferentes lugares permite que você compartimentalize as informações, facilitando relembrá-la posteriormente se associar a informação com a localização.
    • Alguns estudantes acham que estudar em público é mais eficaz, pois dificulta que eles se distraiam com a TV ou com outras opções de diversão encontradas em casa. Reconheça sua maneira de ser e evite os hábitos ruins.
  2. Faça um cronograma para realizar sua revisão e atenha-se a ele. O que você quer revisar até o fim da semana? Ou até o fim do dia? Trabalhar com um cronograma de revisão lhe ajuda a criar objetivos claros para cada sessão e permite que você já os tire do caminho à medida que progride. Planos de revisão podem reduzir significantemente a ansiedade, pois lhe tranquilizam ao garantir que você tome os passos necessários.
  3. Defina objetivos de estudo razoáveis e que você pode obter. Revisar 12 capítulos de trigonometria uma noite antes de uma prova importantíssima provavelmente lhe atrapalhará mais do que lhe ajudará. Da mesma forma, tentar revisar a obra de Shakespeare semanas antes de uma prova pode não ser a melhor maneira de relembrar-se das mais importantes informações na hora da prova. Organize-se da maneira mais eficaz para recordar as partes fundamentais, que precisam ser estudadas.
    • Você pode fazer as revisões durante o ano inteiro, passando 15 minutos por dia fazendo anotações que poderão ser utilizadas depois. Ao realizar esta forma de estudo em períodos curtos, você irá relembrar mais da matéria, sentindo-se menos estressado. Um mês antes da prova, as anotações todas já terão sido feitas, de forma que você precisará apenas algumas horas por mês revisando-as e treinando sua escrita.

Revisando de forma ativa

  1. Preste atenção nos textos. Ao invés de simplesmente ler rapidamente os textos (muitas vezes chatos) que são necessários ao estudar, adote uma postura mais ativa, fazendo anotações, marcando passagens importantes do livro, destacando e realizando perguntas quando não souber algo sobre o texto. Ao transformar a revisão numa atividade participativa, ela ficará um pouco mais divertida, o que ajudará sua memória a trabalhar de maneira mais eficaz.
    • Faça perguntas abertas sobre cada texto ou assunto que revisar, escrevendo perguntas na margem da página ou numa outra folha. Tente pensar sobre as consequências que ocorrerão se certos elementos dele forem modificados ou se alguns acontecimentos ocorrerem de forma diferente. Seja ciência ou história, pequenas mudanças podem causar grandes diferenças, e o seu raciocínio que é importante.
  2. Recorde e resuma. À medida que estuda, pare após alguns minutos para recapitular o que você acabou de ler. Escreva um resumo breve - algumas frases - em suas anotações ou na parte inferior da página. Utilize suas próprias palavras. Uma boa maneira de se recordar é escrevendo as anotações puxando as informações da memória e voltando a elas, preenchendo as lacunas com outra cor de caneta ou de lápis. Você saberá que a cor diferente representa as informações que podem ser mais difíceis de serem relembradas.
    • Periodicamente, tente repetir o processo de resumir, escrevendo numa outra folha o que você sabe sobre certo assunto ou tópico sem consultar seus livros ou notas anteriores. Compare as novas anotações às antigas, descobrindo o que você esqueceu e o que ainda precisa ser memorizado.
  3. Desenhe ou faça rabiscos livremente enquanto estuda. Para relembrar-se de alguma informação visual, é importante separar as informações em desenhos ou diagramas, facilitando que isto seja relembrado a longo prazo. Diagramas, mapas mentais e desenhos à mão livre podem ser ótimas maneiras de melhorar seu entendimento e criar um auxílio muito maior à sua memória do que apenas ler o texto. Não tenha medo de usar as cores da mesma maneira que nos textos - colora seu desenho ou destaque certas passagens.
  4. Encontre alguém que não entenda nada sobre o assunto e explique a ela. Isto funciona até mesmo ao explicar para seu espelho ou para se gato, logo, separe um tempinho para conversar (ou simular uma conversa) com alguém que está aprendendo sobre aquilo pela primeira vez e você é o professor. É difícil esquecer informações após fazer isto, o que também força a esclarecer a informação e explicar tudo da maneira mais concisa e simples possível.
    • Se ninguém estiver por perto, finja que você está na TV ou no rádio sendo entrevistado em relação àquele tópico. Pergunte a si mesmo uma série de questões e responda de forma mais sucinta e clara que puder, fingindo que muitas pessoas estão ouvindo e querendo saber sobre o assunto.
  5. Tente utilizar um guia de estudo ou prova antiga. Responder às questões de provas antigas no mesmo limite de tempo que a prova que está por vir lhe dará uma chance de testar a si mesmo sob as mesmas limitações. Será uma boa chance de ver se existem lacunas em seu conhecimento que são necessárias ser revistas, além de ser útil para verificar se é possível responder tudo no tempo permitido. Faça estes treinamentos utilizando um cronômetro (que pode ser do seu smartphone) e talvez você descubra pontos importantes que não saiba, não é mesmo?
  6. Periodicamente, faça intervalos para melhorar sua concentração. Ao parar por alguns minutinhos de forma regular, sua concentração será melhor e você perceberá que irá reter mais informação do que ao tentar revisar tudo de uma só vez. Não gaste energia e tempo tentando fazer esta tarefa quando cansado ou você nem se lembrará do que acabou de ler.
    • Tente seguir o cronograma. Certifique-se de marcar os assuntos e tópicos após revisá-los. Pode até ser uma boa ideia recompensar-se com um agrado após completar um objetivo para que você se ajude a chegar até o fim. É uma boa forma de motivação que lhe ajudará a não desistir.

Encontrando apoio

  1. Converse com seus professores. Considere seus professores como parte de sua rede de apoio, utilizando-os com os recursos que eles oferecem. Peça a assistência deles quando perceber que é necessária. Saber algo o mais cedo possível durante sua revisão facilitará que você se aproxime e peça a ajuda deles.
  2. Revise junto aos outros colegas. Encontre um grupo adequado de bons estudantes que desejam ter sucesso e organize encontros regulares entre suas outras revisões. Discuta os tópicos de revisão, ajudando uns aos outros a resolverem problemas, a entenderem as matérias e "se testarem" durante a leitura. Estudar em grupo pode ser uma excelente maneira de reduzir os níveis de ansiedade, transformando a revisão em algo divertido e produtivo.
    • Encontre maneiras de um testar o outro, fazendo brincadeiras na revisão como se fossem desafios. Use cartas ou estruture suas sessões de estudo como se fossem um jogo de perguntas e respostas; se não puderem se encontrar pessoalmente, façam um chat online.
    • Certifique-se de que o tempo durante a revisão seja utilizado justamente para isto: revisar e estudar a matéria. Em alguns casos, é até melhor estudar junto com os colegas que não são seus amigos, para que o processo seja mais produtivo e não gasto em conversa ou brincadeiras.
  3. Deixe sua família lhe ajudar. Sua família pode lhe dar apoio mesmo quando não forem bons na matéria que estiver aprendendo. Peça para eles lhe testarem, lhe ajudarem com problemas, que leiam pra você e lhe auxiliem com sua organização. Pais e irmãos que já estudaram e revisaram matérias para provas quando estavam na escola terão boas ideias para lhe ajudar. Ademais, tanto a família quanto os amigos podem dar bom suporte moral quando estiver desanimado ou ansioso em relação à revisão.
    • Talvez você precise de apoio emocional tanto quanto outro tipo de suporte e, se puder confiar em alguém para conversar e falar sobre suas ansiedades ou preocupações, é algo que poderá lhe ajudar a "descarregar" muitos problemas desnecessários quando a pessoa que está lhe ouvindo gosta de você. Até mesmo falar pelo telefone ou pela internet é melhor do que ninguém.
  4. Fique tranquilo. Passe um tempo fazendo algo bem relaxante todos os dias, como ouvir suas músicas preferidas, ir andar ou nadar, ficar com seus animais de estimação ou conversando com um bom amigo. Estas atividades lhe ajudarão a sentir-se relaxado e conectado aos outros (e o mundo) à medida que você trabalha em sua revisão. Outra opção é fazer exercícios de relaxamento, meditação ou simplesmente deitar e ficar sem fazer nada de vez em quando.

Dicas

  • Não faça anotações sem nexo ou copie grandes textos. Dê uma olhada em provas antigas, veja como as perguntas podem ser feitas e baseie a sua revisão em tópicos que tem maior probabilidade de aparecer na prova. Como foi explicado acima, faça uma revisão ativa para aproveitar o máximo que puder.
  • Peça para alguém lhe testar ou leia os textos, cubra-os e repita. Isso ajudará o seu cérebro a ter mais confiança e sua memória funcionará melhor.
  • Ensine o que você está tentando revisar para alguém - você aprende 95% do que você ensina a alguém.
  • Tenha confiança. Se tiver comportamento e pensamento positivos em relação às provas, você terá muito mais chances de reter o que for necessário e lembrar-se daquilo na hora de responder as questões.
  • Misture as matérias. Saiba quais são os assuntos em que você está indo melhor e pior e misture-os na sua tabela. Dessa forma, você não se forçará a revisar os que são seus pesadelos de uma só vez, misturando as informações difíceis com as mais interessantes.
  • Tente fazer novas atividades, como visualizar um mapa em sua mente ou desenhar, para que a revisão seja mais interessante e mais divertida e que as informações sejam mais fáceis de serem lembradas!
  • Você pode gravar a revisão com seu smartphone, assim, ao ir deitar, você poderá ouvir os problemas que não consegue lembrar repetidamente. Isto ajudará com que fiquem em sua cabeça.
  • Peça aos seus pais ou ao seu responsável para ficar com o seu celular ou outros dispositivos (videogames, tablets, iPods, etc) por um certo período do dia. Dê seu melhor para evitar distrações.
  • Tratak é um tipo de ioga que pode aprofundar sua concentração e, se você praticar diariamente por 10 minutos, gradualmente você adquirirá o hábito de sentar e estudar sem se distrair por horas.
  • A concentração é importantíssima, além de ser uma ferramenta fundamental para revisar a matéria rapidamente.

Materiais Necessários

  • Tabela, folha de papel grande ou caderno para fazer um plano de revisão
  • Canetas marca-texto e réguas para desenhar o plano de revisão
  • Tachinhas para prender seu plano num lugar visível (um mural, por exemplo)
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.