Como Ser um Fanático por Saúde

Ficar saudável é um ótimo objetivo de vida que pode ser alcançado com mudanças na dieta e um plano de exercícios. Os verdadeiros "fanáticos por saúde" costumam seguir uma versão extrema de uma dieta saudável - geralmente sem comer produtos lácteos, algumas carnes e alimentos processados. Essas pessoas tendem a seguir um plano de exercícios mais rigoroso junto com essa dieta alimentar. Assim como qualquer dieta ou programa de exercícios, é importante consultar um profissional da área da saúde antes de fazer mudanças significativas - ser um fanático por saúde pode não ser para qualquer pessoa. Se quiser ser um, prepare-se para trabalhar bastante!

Alimentando-se de forma saudável

  1. Faça um plano de alimentação. Pense na sua dieta atual e na forma como gostaria de modificá-la. É sempre bom começar de forma pequena - não tente mudar tudo da noite para o dia. Pode ser mais fácil se você fizer isso junto com um amigo ou familiar (ou até mesmo toda a sua família). Ter uma outra pessoa para ajudá-lo e mantê-lo no rumo certo pode ser extremamente útil.
  2. Consuma frutas e vegetais. Tente comer de sete a nove porções ao dia. Coma aqueles que você gosta e aproveite a oportunidade para experimentar novas frutas e vegetais. Pesquise receitas novas para ajudá-lo. No caso das frutas, você sempre pode fazer uma vitamina. Para os vegetais, a maioria deles pode ser assada no forno em temperaturas altas (caso você não goste de comê-los crus). Veja algumas das frutas e vegetais mais saudáveis:
    • Folhas verdes e escuras (espinafre, couve, acelga, folha de beterraba)
    • Beterraba
    • Pimentão vermelho
    • Batata doce
    • Bagas
    • Maçã
    • Kiwi
    • Uva
    • Mamão
  3. Coma grãos integrais. Os grãos integrais são aqueles que contêm farelo de trigo, gérmen e endosperma. Os mais comuns são: cevada, aveia, quinoa, arroz integral e colorido, variedades de trigo (como espelta, farro, kamut) e muitos outros. Eles são ótimas fontes de carboidratos, mas em suas formas mais saudáveis. Tenha em mente que existem massas de macarrão integrais disponíveis, e uma ampla opção de pães com grãos integrais, geralmente deliciosos.
  4. Coma carnes magras. Baseie-se pela quantidade de gordura em um pedaço de carne de 85 g - ele precisa ter menos de 10 g de gordura total. O peru e o frango são carnes magras, mas algumas carnes vermelhas também são. Dê preferência a cortes magros, como filé ou lombo. O peixe e outras carnes magras são ótimas fontes de proteína. Eles são importantes partes de uma dieta balanceada, mas não devem ser o alimento mais consumido. Você precisa comer mais vegetais e frutas do que carnes magras.
  5. Beba água. Essa é a bebida mais saudável e fornece inúmeros benefícios à saúde. Tente beber de seis a oito copos de 235 ml ao dia. O café e o chá preto são extremamente baixos em calorias, e podem ser parte da sua dieta caso você não consiga parar de consumir cafeína.
  6. Evite alimentos processados. Esses alimentos geralmente são ricos em açúcar ou sal, e não costumam ter um valor nutritivo. Em outras palavras, evite os alimentos que contenham:
    • Xarope de milho rico em frutose
    • Qualquer alimento com sabor ou cor artificial
    • Glutamato monossódico (usado para realçar o sabor)
  7. Considere reduzir o consumo de produtos lácteos e carnes. Muitos fanáticos por saúde acreditam que o consumo desses alimentos em excesso é prejudicial à saúde. Eles acreditam que a dieta deve ser basicamente vegana (sem carne ou laticínios) com a inclusão de bastante grãos integrais, frutas e vegetais. Tudo bem comer carnes e laticínios de vez em quando, mas eles não devem ser a base da sua alimentação.

Criando novos hábitos

  1. Controle a dieta. Se você costuma sair bastante para comer, pense em formas de cozinhar em casa, pois você pode ter mais controle sobre a alimentação. Pesquise em livros de receitas ou na internet por novas receitas que pareçam apetitosas. Parte do processo de se tornar mais saudável envolve mudar a forma como você come, e experimentar novos pratos e alimentos faz parte disso. Cozinhar sempre os mesmos alimentos e comer menos pode ser mais difícil do que preparar algo novo com menos calorias e em porções de mesmo tamanho.
  2. Coma em casa. Leve seu almoço para a aula ou trabalho. Para algumas pessoas, esse simples passo é ótimo para adotar uma dieta mais saudável e consciente. As refeições domésticas são mais saudáveis do que a maioria preparada em restaurantes, e não contêm os mesmos conservantes ou altos níveis de sódio.
  3. Vá ao supermercado com uma nova lista de compras. Compre os alimentos necessário para preparar refeições saudáveis na sua casa. Compre os ingredientes, e não alimentos processados - estes geralmente possuem o mesmo nível de sódio e conservantes que as comidas de restaurantes. Mesmo que você tenha que gastar mais tempo cozinhando em casa, o alimento vai ser muito melhor e mais saudável.
  4. Verifique sua cozinha. Identifique os alimentos que deseja eliminar da sua dieta e que estão na sua geladeira ou prateleiras. Preste ainda mais atenção em alimentos embalados e processados - eles tendem a possuir conservantes e aditivos não saudáveis, e podem ser ricos em sódio.
    • Acabe com as gorduras trans. Verifique os alimentos que contenham "óleo parcialmente hidrogenado" (o mesmo que "gordura trans"). Esse ingrediente é a principal causa dos ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais (AVCs). Tente se desfazer (se não de imediato, eventualmente) de todos os alimentos que o contenham.

Mantendo-se ativo diariamente

  1. Exercite-se regularmente. Faça um balanço do seu plano de exercícios atual. Se estiver se exercitando um pouco, existem diversas opções para explorar ao se tornar mais saudável Caso já pratique exercícios, pense em formas de adicionar mais atividades físicas à rotina. Você pode começar uma nova atividade que o inspire a se exercitar ainda mais.
  2. Inicie um novo programa de exercícios. Meia hora de exercícios moderados seis vezes na semana é suficiente para começar a fazer diferença se você já se exercita um pouco. Tenha em mente que você não precisa fazer isso de uma só vez – praticar 10 minutos aqui e 20 ali funciona da mesma forma.
  3. Torne o seu pano de exercícios divertido. Não faça as mesmas coisas todos os dias (a menos que seja algo que você ame). Caminhe em um dia, faça yoga em outro e experimente novas atividades. Verifique as atividades disponíveis na sua academia. Ao tentar praticar uma atividade nova a cada semana, você pode descobrir seu plano de exercícios favorito.
  4. Eleve a intensidade dos exercícios. Se quiser ser um fanático por saúde, você vai precisar praticar exercícios de alta intensidade, e caminhadas moderadas não vão ser o suficiente. Pense em esportes e outros treinos que você possa gostar. Você vai precisar praticar essas atividades na maioria dos dias de modo que sua frequência cardíaca fique elevada por 20 a 30 minutos por vez. Se preferir, intercale essas atividades com um treino de levantamento de peso. Veja algumas opções de exercícios cardiovasculares:
    • Natação
    • Tênis
    • Cross-training em uma academia
    • Exercícios estilo bootcamp (inspirados em circuitos militares)
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.