Como Curar o Trismo Naturalmente

O trismo é um termo usado para descrever a impossibilidade de abrir a boca completamente ou dolorosos espasmos dos músculos da mandíbula. Ele é uma condição que pode ser facilmente tratada em casa. Veja como abaixo.

Mudando a sua Dieta

  1. Consuma mais magnésio. Ele é um ótimo relaxante muscular e acalma o sistema nervoso, melhorando os espasmos musculares da mandíbula. Ele também ajuda a reduzir a inflamação. Por conta disso, consumir alimentos ricos em magnésio ajuda a relaxar os músculos, reduzindo o stress e a inflamação que podem provocar o trismo.
    • Alimentos ricos em magnésio são amêndoas, linhaça, abacate, castanhas, farinha de aveia, iogurte, milho, sementes de melancia, espinafre, abóbora, sementes de gergelim, amendoim, castanha de caju, banana, passas, maçã, soja, pepino, aipo, pimentão, brócolis, mamão, e trigo.
    • Na verdade, a própria água é uma boa fonte de magnésio. A ingestão diária de magnésio deve ser de 320 mg e de 420 mg para mulheres e homens, respectivamente.
  2. Consuma bastante cálcio. O cálcio ajuda a fortalecer os ossos do corpo. A deficiência de cálcio provoca espasmos musculares conhecidos como tetania. Por isso, consumir alimentos ricos em cálcio ajuda a fortalecer os ossos da mandíbula, regulando os movimentos dos seus músculos e prevenindo os espasmos que levam ao trismo.
    • Alimentos ricos em cálcio são: leite, iogurte, queijo, amêndoas, laranjas, sementes de gergelim, feijão fradinho, couve, figos secos, sardinha, brócolis, couve chinesa e salmão enlatado. A quantidade de cálcio diária necessária é de 1000 mg.
  3. Consuma mais vitamina D. Ela é necessária para a absorção de cálcio pelo corpo. Uma deficiência de vitamina D provoca o amolecimento dos ossos e dores nos ossos. Foi descoberto também que a falta de vitamina D causa uma predisposição a disfunção da articulação temporomandibular, o que pode levar ao trismo.
    • Existem algumas fontes naturais de vitamina D, como carne de peixes gordos como o atum, salmão e cavala e óleo de fígado de peixe. Uma pequena quantidade de vitamina D pode ser encontrada na gema do ovo, no fígado bovino e no queijo. Outras fontes incluem alimentos fortes como leite, iogurte, suco de laranja, margarina, cereais e etc. A necessidade diária de vitamina D para um adulto é de cerca de 1 mg.
  4. Tome bastante água. Você deve evitar a desidratação, pois ela pode causar cãibras musculares e afetar os ossos. Tomar mais água pode ser uma das soluções para o trismo. Por isso, tome água regularmente para deixar os seus ossos e músculos em condições perfeitas. Tome pelo menos 8 copos de água diariamente.
    • Além disso, como mencionado acima, a água contém magnésio que é necessário para prevenir o trismo.

Exercitando-se com Eficiência

  1. Pratique Yoga. A Yoga é uma antiga ciência indiana que trabalha com o plano físico e mental. O trismo causado por estresse pode ser curado com a Yoga. Nessa ciência, a pessoa é instruída a ir à raiz da causa do estresse. Algumas técnicas de Yoga que podem ajudar a curar o trismo são:
    • Asanas como o "Adho Mukh Svanasana" (Cachorro olhando para baixo) ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo para o cérebro e para a articulação temporomandibular (TMJ). Nessa asana, a pessoa fica numa posição de um 'V' invertido com os quadris em direção ao teto enquanto os calcanhares e as mãos tocam o chão.
    • A "Salamba sarvangasana" (postura da vela) é uma posição onde os ombros ficam sobre um tapete ou cobertor e todo o corpo abaixo dos ombros fica perpendicular ao chão.
    • A "‘Viparita Karani" (postura da ação invertida) é uma outra asana onde você deita no chão segurando a parte de baixo das costas com um apoio firme e com as pernas esticadas para cima apoiadas na parede. Essas duas asanas também melhoram o fluxo sanguíneo na articulação mandibular.
    • A "Shavasana" (postura do cadáver) age como um relaxante muscular e ajuda a reduzir a tensão muscular. Nessa asana, a pessoa deita no chão de costas e conscientemente relaxa todos os músculos do corpo, dos pés à cabeça.
  2. Tente meditar. A melhor posição para relaxar a articulação temporomandibular é a meditação sentada. Usando essa técnica, você pode aliviar a tensão que está bloqueando a sua mandíbula. Comece sentando em uma posição confortável para a meditação e foque em relaxar a língua. Às vezes, a língua vai ficar encostada no seu da boca sem que você perceba. relaxe a língua e os olhos e você vai perceber que os dentes e cima e de baixo se afastam ligeiramente. Suavize a pele nos cantos da sua boca.
    • Essas instruções são os passos iniciais do estágio "pratyahara" da Yoga, que busca a internalização da percepção sensorial. Descomprimir a mandíbula dessa forma requer prática, mas é muito útil.
  3. Exercite a mandíbula. Os exercícios têm um papel importante no tratamento do trismo. Se feitos corretamente e regularmente, eles ajudam a tratar e a prevenir o trismo.
    • Para começar, relaxe e baixe os ombros. Agora, relaxe a mandíbula inferior de forma que os dentes não fiquem em contato. Relaxe a língua.
    • Agora aqueça os músculos da mandíbulas, comece com movimentos de cima para baixo e de um lado para o outro sem encostar os dentes. Abra e feche a boca o máximo possível sem dor ou desconforto.
    • Mova a mandíbula o máximo possível para frente e então para trás. Faça movimentos similares para ambos os lados e então relaxe.
  4. Faça os mesmos exercícios fazendo resistência com a mão. Isto é, empurre a mandíbula inferior ara dentro enquanto abre a boca, segure-a com o dedão ao fazer o movimento para frente e contra os lados esquerdo e direito da bochecha durante os movimentos laterais. Mantenha a mandíbula na posição de movimento extremo por alguns segundos. Abra a boca o máximo possível e então tente fechá-la resistindo contra esse movimento pressionando os dentes inferiores frontais com os dedos.
    • Enquanto olha para o espelho, tente mover a mandíbula inferior para cima e para baixo, evitando quaisquer desvios ou movimentos que possam produzir estalos ou o travamento da mandíbula. Cada exercício deve ser feito ao menos 10 vezes todos os dias.
  5. Considere o sistema TheraBite. Ele é um aparelho feito para tratar o trismo e ajudar os pacientes a ter um movimento de mandíbula correto. A maioria das terapias são baseadas em alongamentos para aumentar a abertura da mandíbula, já esse sistema faz os alongamentos e os movimentos da mandíbula serem anatomicamente corretos para uma melhor reabilitação.
    • Estudos revelaram que os exercícios com o TheraBite ajudaram a tratar o trismo causado pelo câncer de cabeça ou pescoço.
  6. Mantenha sempre uma boa postura. É importante manter uma boa postrua durante o dia especialmente ao trabalhar no computador, em uma mesa, ou ao ficar sentado por um longo tempo. Isso vai ajudar a aliviar os músculos. Evite também apertar ou ranger os dentes.
    • Não durma sobre o estômago pois essa posição põe pressão sobre as articulações mandíbula. Em caso de trismo, durma de costas.

Explorando os Remédios Naturais

  1. Experimente óleo de mostarda ou alho. O óleo de mostarda melhora a circulação da área afetada e o alho têm propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir as inflamações. Além disso, o alho tem propriedades antimicrobianas que ajudam a combater infecções que possam estar piorando. Se a mandíbula não estiver nem inflamada ou infectada, ela será bem mais fácil de mover.
    • Ferva dois dentes de alho em uma colher de sopa de óleo de mostarda e deixe esfriar. Agora, aplique-o duas ou três vezes ao dia na área afetada.
  2. Aplique compressas frias e quentes alternadamente. Isso vai ajudar a diminuir a dor e o inchaço do trismo. Para aplicar calor, o ideal é uma compressa de água ou uma toalha molhada. Para aplicar o frio você pode usar tubos de gelos cobertos em uma toalha para proteger o rosto.
    • Cuidado para não queimar ou congelar a pele! Faça cada aplicação por 10 à 15 minutos e então troque. Tenha certeza de que a área inteira está coberta com o pano ou toalha.
  3. Considere usar óleo de hipericão. Ele contém vários flavonóides e xantonas, que dão a ele uma propriedade anti-depressiva. Esse óleo reduz a sensação de dor e ajuda a acelerar o processo e recuperação dos músculos e tendões afetados. Ele deve ser aplicado na área afetada da mandíbula por toda a área abaixo do ouvido.
  4. Tente usar chás medicinais. Chás medicinais preparados com as ervas a seguir ajudam no tratamento do trismo.
    • Kava kava: ajuda a reduzir a ansiedade, relaxando a pessoa que está sofrendo com o trismo.[
    • Flor-da-paixão: ela vai ajudar a reduzir a ansiedade, o cansaço e o desconforto causado pela tensão muscular e emocional.
    • Matricária: ela é boa para reduzir a dor muscular.
    • Camomila: ela tem um efeito calmante em adultos, ajudando a aliviar a dor muscular causada pelo estresse.

Dicas

  • Evite grandes mordidas para que você não precise abrir demais a boca, o que forçaria muito os músculos. Evite mastigar grandes pedaços de comida pelo mesmo motivo.
  • Estudos revelaram que exercícios de abertura de boca ajudaram a tratar e prevenir o trismo decorrente da maxilectomia, especialmente no caso de pessoas que passaram por radioterapia como parte do tratamento do tumor.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.