Como Cuidar de um Cacto de Natal

Uma bela planta de fim de ano, (na botânica, é conhecida como "Schlumbergera" ou "Zygocactus") que floresce no Natal e também às vezes perto da Páscoa, se cuidada adequadamente. Um mês antes do Natal, você poderá assistir as pontas das folhas começando a crescer. As pontas ficam mais escuras a cada dia que passa, até formar um botão. Na época do Natal, como que por mágica, os botões abrem e viram uma flor bonita que irá adicionar a cor e animação às festas de fim de ano.

Passos

  1. Um cacto de Natal irá apreciar uma luz forte, mas indireta. Mantenha a planta em um local bem iluminado (por exemplo, perto de uma janela), longe da luz solar direta (que pode prejudicar o crescimento e queimar as folhas), corrente de ar, saídas de calor, lareiras ou outras fontes de ar quente. Se a planta ficar dentro de casa, no verão coloque-a ao ar livre, em uma área com sombra. É melhor mantê-la na faixa de temperatura ambiente de sua casa (18 a 25°C).
  2. Se você vive em um ambiente seco, forneça uma fonte de umidade. Coloque uma bandeja com água ao lado da planta para que a água evapore e forneça a umidade. Como alternativa, você pode fazer uma bandeja de umidade, colocando o vaso em um pires impermeável cheio de cascalho e preenchido até o meio com água.
  3. Regue um cacto de Natal com cuidado. Cuidar desta planta pode ser um pouco complicado, pois você precisa tomar cuidado para não regar demais ou de menos:
    • É preciso ter cuidado para não regar de menos, já que um cacto de Natal é um cacto tropical e não de deserto. Ao contrário da maioria dos cactos de deserto, esta variedade não aguenta solo completamente seco. Se o solo ficar muito seco, os botões das flores vão cair e a planta irá murchar. Sinta a terra com os dedos; se estiver seco, é hora de regar.
    • Regar em excesso causará o aparecimento de manchas brancas de decomposição nas folhas, e as folhas provavelmente irão cair. Para o melhor crescimento possível, o solo deve ficar uniformemente úmido. A regra é "água de menos é melhor do que água demais."
    • Ao regar, regue completamente a planta. Antes de regar a planta novamente, verifique primeiro se a parte de cima do solo secou completamente. Borrife um pouco de água nas folhas e regue o solo.
    • Regue o cacto com base em seu ambiente e na época do ano. Um bom método é regar o cacto da seguinte maneira:
      • Clima seco, ao ar livre": Regue a cada dois ou três dias quando estiver quente e ensolarado.
      • "Úmido, fresco ou dentro de casa": Regue toda semana.
      • Durante os meses de outono e inverno, as plantas devem ser regadas com menos frequência, a fim de promover a floração.
    • Nunca regue a parte superior da planta. Em vez disso, encontre um recipiente que tenha muitos furos na parte de baixo. Alguns dos viveiros de plantas baratos irão funcionar bem, assim como vaso de orquídea, do tipo de cesta plástica. Junte esse vaso com um vaso que consegue reter água e no qual caiba a cesta. Coloque algumas pedras de tamanho médio no fundo para que o recipiente da cesta fique a cerca de dois centímetros acima do fundo. Para o solo da planta, use uma mistura de 3 partes de terra para plantas com uma parte de areia. Por fim, despeje cerca de 5 centímetros de água na temperatura ambiente no recipiente externo e coloque a cesta dentro. Depois de cerca de doze horas, remova a água restante. Repita isso sempre que a planta precisar de água, o que irá variar com base na condição de sua casa. Monitore as necessidades da planta com um monitor de umidade e faça os ajustes necessários.
  4. Acrescente fertilizantes para auxiliar o crescimento das plantas. As plantas que estão em crescimento devem receber um fertilizante de planta caseiro para florescência. Siga as instruções do rótulo para saber como e quantas vezes adubar. Fertilizar é importante para manter a planta em bom estado. As articulações são frágeis e podem quebrar se a planta tiver problemas de saúde. Geralmente, ela deve ser fertilizada 2-4 vezes por ano com um adubo 20-20-20, mas interrompa a adubação cerca de um mês antes do aparecimento dos botões (geralmente, isso significa parar no final de outubro).
  5. Incentive o florescimento da flor para a temporada de festas de fim de ano. O essencial para conseguir que o cacto de Natal floresça durante a temporada de festas é uma exposição à luz adequada, as temperaturas corretas e regar de maneira limitada.
    • Como esta planta é termo-fotoperiódica, seus botões irão se formar quando a duração do dia for aproximadamente igual à duração da noite e quando a temperatura cair para 10 a 15°C por várias semanas.
    • Guarde-a em um banheiro escuro durante a noite. Durante os meses de outono, o cacto de Natal deve ser colocado em um lugar onde ele receba luz interior indireta e brilhante durante o dia, mas escuridão total durante a noite (absolutamente nenhuma luz artificial). O cacto de Natal requer períodos longos e ininterruptos de escuridão, cerca de 12 ou mais horas todas as noites. Comece o tratamento de escuridão em meados de outubro, para que as plantas floresçam na época de festas. Coloque as plantas em uma área escura por cerca de 12 ou mais horas a cada noite por 6-8 semanas, ou até que você veja os botões se formando. Um armário ou um banheiro que não sejam utilizados são lugares ideais.
    • De setembro e outubro, o cacto de Natal deve ser mantido em um quarto fresco onde as temperaturas irão manter-se em torno de 10 graus, mais ou menos. Não exponha a planta a temperaturas abaixo de zero. Se o tratamento com frio começar no início de novembro, as plantas devem estar florescendo a tempo para as festas.
    • Tenha cuidado especial com a rega neste momento. Reduza a rega ligeiramente. Não regue o solo demais após um período de seca. Só umedeça a parte de cima, pois os botões, flores e até as folhas podem cair, se as raízes forem saturadas de repente.
  6. Apare o cacto de Natal cerca de um mês após a florescência. Isto incentivará a planta a se ramificar, especialmente depois que for concedido um período de "descanso". Não vai parecer muito bonita depois que as flores se desvanecerem. Algumas pessoas esperam até março, quando um novo crescimento começar, para podar o cacto.
  7. Propague um cacto de Natal cortando partes do caule. Cada pedaço deve consistir de dois a três segmentos juntos. Permita que cada pedaço consiga secar por algumas horas antes de enterrá-los em um pote de 7,5 cm que contenha o mesmo solo que a planta mãe. Plante até a metade do primeiro pedaço. Trate os cortes como plantas maduras. Em cerca de quatro a seis semanas, os cortes devem ter enraizado e começarão a mostrar novo crescimento. Eles crescem rapidamente e devem levar cerca de duas ou três semanas. Você pode fertilizar após o corte crescer um novo segmento.

Dicas

  • Certifique-se de virar as plantas em intervalos regulares, enquanto estiver incentivando um novo crescimento. Caso contrário, você obterá uma florescência exuberante de um lado e quase nada do outro.
  • O cacto só vai crescer até a circunferência do seu vaso. Se você quer que ele fique maior, você terá que colocá-lo em um vaso maior.
  • Quando for replantar ou trocar o vaso, use terra nova e boa. O custo extra vale a pena, já que ele provavelmente vai ficar nessa terra por um longo tempo. Assim como você, sua planta é uma coisa viva, então merece o melhor.
  • Uma das coisas mais frustrantes que podem acontecer com o cacto de Natal é se os botões das flores caírem depois de se desenvolverem. A queda do botão pode ser causada por várias condições diferentes. Geralmente, é por causa do excesso de água, falta de umidade ou luz insuficiente. E quando você tem luz insuficiente, seu cacto morre por falta de sol.
  • O cacto de Natal é uma linda planta que pode florescer ano após ano. Você vai querer mantê-lo mesmo depois das festas acabarem. Você pode até mesmo passá-lo através das gerações.
  • As instruções de florescência baseiam-se em um Natal frio. Se você reside no hemisfério sul, você pode ter mais dificuldade em encontrar esta planta na época do Natal, e eles precisarão de condições mais controladas para florescer durante as festas. Você provavelmente terá mais sorte para os fazer florescer durante os meses mais frios do ano.
  • A melhor época para trocar de vaso é entre fevereiro e abril, cerca de uma vez a cada três anos. Só não se esqueça de não lhe dar um vaso muito grande, pois o cacto de Natal floresce mais quando se limita ao vaso Forneça um solo que esteja bem drenado, com boa aeração (por exemplo, uma parte terra de planta, duas partes de turfa ou adubo e uma parte de areia angulosa ou perlita).

Avisos

  • De acordo com o centro de controle de animais e veneno ASPCA, os cactos de Natal não são tóxicos para cães e gatos.
  • Quaisquer alterações súbitas de temperatura, luz e rega danificará o cacto de Natal. Correntes de ar e temperaturas extremas podem causar a queda do botão antes de eles terem a chance de abrir. Introduza mudanças "progressivamente".
  • O cacto de Natal nunca deve ser colocado perto de uma porta que abre e fecha para o exterior. Da mesma forma, mantenha ele longe de dutos de aquecimento ou perto da lareira ou áreas com corrente de ar.
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.