Como Não se Importar Com Que os Outros Pensam de Você

Опубликовал Admin
7-09-2018, 16:00
257
0
Tentar agradar todo mundo o tempo todo é cansativo. Uma coisa é ajudar uma pessoa que está precisando; outra bem diferente é acabar afogado debaixo dos desejos e pedidos de todo mundo, sem ter tempo para si mesmo. Recupere seu valor pessoal e aprenda a não se importar tanto com o que os outros pensam de você, seguindo estes passos.

Aprenda a Apreciar-se

  1. Afirme o seu valor. Há um exercício simples que você pode fazer, que te ajudará a cuidar mais de si mesmo e apreciar melhor o poder que você tem como um indivíduo. Ele leva apenas alguns minutos e tem provado ser surpreendentemente eficaz em estudos psicológicos:
    • Faça uma lista. Escreva uma lista curta de diferentes temas de interesse em sua vida. Não escreva detalhes por enquanto. Basta fazer uma lista que abranja áreas gerais da sua vida, e que te incluem como um elemento importante.
      • Um exemplo típico pode incluir os tópicos “religião, família, colegas de escola, amigos de trabalho, relacionamentos românticos, habilidade artística, capacidade musical, desempenho acadêmico, capacidade atlética.”
      • Tente definir categorias com base nas divisões gerais que você faria naturalmente em sua mente.
    • Encontre um ponto de orgulho. Escolha uma categoria em sua lista da qual você sempre foi especialmente orgulhoso. Por exemplo, talvez você acredita que vem sendo (ou seria) uma namorada ou namorado maravilhoso. Talvez haja um assunto na escola que você sempre foi particularmente interessado. Escolha qualquer coisa que vier à sua mente, com base na lista que você fez.
    • Escreva sobre isso. Escreva sua categoria escolhida no topo de um outro pedaço de papel, e depois, passe alguns minutos escrevendo sobre um momento ou caso em particular onde isso era importante para você, e por que isso era importante. Se você acredita que você é um grande amigo, escreva sobre uma ocasião em que você saiu do seu caminho para ajudar um amigo; se você sempre amou tocar guitarra, escreva sobre uma ocasião em que a sua guitarra teve um impacto positivo no seu dia.
  2. Concentre-se. Mais do que dar apenas um passo de uma só vez, centrar-se é um processo contínuo que traz benefícios consistentes. O exato significado de centrar-se varia ligeiramente, dependendo de quem você perguntar, mas o consenso geral é que isso significa reorientar as suas prioridades para que elas estejam mais de acordo com as suas crenças pessoais. Tente estas técnicas de concentração populares:
    • A Meditação é, provavelmente, a técnica mais comum de concentração, e uma das mais eficazes. Basta ficar de pé ou sentar-se confortavelmente em um lugar sem distrações, e se concentrar em limpar sua mente.
      • Algumas pessoas acham que a meditação é útil para focar seus pensamentos para dentro de si mesmas, enquanto outras preferem concentrar seus pensamentos para fora, para o mundo em geral.
      • Seja qual for o caminho que você escolher, coloque-se em um lugar mental onde você possa ver os elementos da sua vida de forma mais clara, e observá-los sem ficar confuso ou sobrecarregado.
    • A Visualização muitas vezes anda de mãos dadas com a meditação, mas também pode ser feita em praticamente qualquer lugar e em praticamente qualquer momento. A visualização é a prática de usar imagens para ajudar a guiar os seus pensamentos.
      • A espiritualidade muitas vezes oferece a visualização, já que pessoas vão imaginar-se sendo levantadas pelos anjos para fora de seus próprios corpos, ou com raízes profundas crescendo em si mesmas, tornando-se uma parte da Terra.
      • Outros temas comuns são flutuar no espaço, ou viajar através de um portal em um tempo ou lugar diferente. Escolha qualquer coisa que te atraia.
      • Limpe sua mente por um momento e visualize um cenário que lhe permita sentir-se calmo, livre e sem vergonha, e use esse cenário em todos os momentos que você precisar se visualizar no futuro. Isso vai se tornar como um bom amigo seu, um lugar seguro para a sua mente ir quando você estiver se sentindo sobrecarregado.
  3. Acompanhe as suas realizações. Faça um pequeno diário e anote tudo o que você fez no final de cada dia, antes de ir dormir, incluindo as meditações.
    • Escreva tudo. Até mesmo as coisas mundanas como “ir para a escola” e “lavar a louça” devem entrar nesse diário – qualquer coisa que tecnicamente você tinha uma escolha em fazer, e optou por fazer de qualquer maneira.
    • Orgulhe-se das suas realizações. Quando você fizer algo do qual está particularmente orgulhoso, como passar em um teste ou terminar um projeto, sinta-se livre para escrever em seu diário com algum tipo de marca extra, para mostrar que você está orgulhoso disso.
    • Apoie-se em suas palavras. Guarde o seu diário consigo mesmo e leia-o no final de cada semana. Ele vai lembrá-lo de todas as coisas que você faz todos os dias para manter e melhorar a sua vida, e servirá como prova de que a sua voz merece ser ouvida, tanto quanto a de qualquer outra pessoa.
  4. Pratique dizer não. Agora que você está tomando medidas para se afirmar e cuidar de si mesmo, é hora de traduzir os bons sentimentos em ação.
    • Seja cortês, mas seja firme. Da próxima vez que você for convidado a fazer algo que realmente não está com vontade de fazer, recuse educadamente o pedido.
    • Aproveite os resultados. Você ficará agradavelmente surpreendido ao descobrir que quando você defende seu território de uma forma cortês, as pessoas costumarão respeitar sua escolha e deixarão o assunto de lado.
    • Não se preocupe com desculpas. Você não precisa de uma desculpa para dizer não. Uma desculpa cortês funciona bem, mas muitas vezes, o simples fato de não querer fazer algo já é o suficiente, e não há nenhum problema nisso.
      • A única exceção são as vezes em que você está se esquivando de suas responsabilidades regulares (por exemplo, recusando-se a executar uma tarefa regular no trabalho).
    • Sinta-se livre para se explicar. Se você realmente tem um motivo concreto para não querer fazer algo, e pode explicar isso rapidamente no local, vá em frente e faça isso. Não há nenhum problema em explicar seu processo de pensamento. Basta lembrar que você não deve isso a ninguém só para parecer educado.
  5. Aplique sua nova atitude em toda a sua vida. Você redescobriu coisas sobre si mesmo das quais pode se orgulhar, diminuiu a influência das opiniões dos outros sobre a sua auto-imagem, encontrou tempo para acompanhar as suas realizações e centrar seus esforços todos os dias, e aprendeu que pode dizer não sem temer as conseqüências. Você está pronto para ser você mesmo verdadeiramente com todos ao seu redor.
    • Incorpore o seu novo eu. Aja a partir do seu interior sempre que possível, tire um tempo para resolver as coisas quando você ficar aborrecido, e deixe que a sua presença, ao invés de suas ações, agradem as pessoas em sua vida.
    • Arme-se com conhecimento. Leia as subseções abaixo para encontrar conselhos úteis sobre como lidar com diferentes ambientes sociais.

Conselhos para Lidar com Seus Colegas

  1. Não tenha vergonha de mostrar quem você é. Você pode se surpreender com a reação positiva que terá quando dizer o que está em sua mente e agir de acordo com suas crenças. As pessoas gostam de pessoas que fazem o que querem e seguem seu próprio caminho.
    • Seja você mesmo. Você não tem que se esforçar para se destacar – apenas pare de fazer tanto esforço para se encaixar.
    • Não aceite qualquer sombra. Haverá, muitas vezes, uma pequena minoria de pessoas que irão criticar o novo equilíbrio e presença que você encontrou em sua vida. As palavras delas podem doer, mas você pode lidar com isso.
      • Use a visualização e a meditação para rever o que está sendo dito e quem está dizendo isso. Geralmente você vai descobrir que é uma pequena percentagem do seu grupo de conhecidos em geral, e serão pessoas que você nem gosta ou respeita muito para começar.
  2. Controle seu ambiente social. Trabalhe para cercar-se com pessoas que te aceitam.
    • Deixe que seus amigos ruins vão embora. Como você sempre se curvou aos desejos dos outros no passado, poderá perceber que alguns dos seus amigos não vão gostar de saber que eles não poderão mais tirar vantagem de você. Deixe-os para trás e procure as pessoas que gostam de você pela sua personalidade.
    • Conte com seus bons amigos. Com o apoio daqueles que gostam de você por quem você é, vai ser muito mais fácil lidar com as poucas pessoas que não gostam da sua nova pessoa cheia de graça e calma.

Conselhos para Lidar com Seus Parentes

  1. Dê suporte a si mesmo. Tire um tempo extra para praticar os bons sentimentos. Você é quem você é, e isso é ótimo.
    • Defina a sua posição. Os membros da família têm um nível de poder sobre o seu estado emocional que só você pode permitir, mas você pode realmente ajeitar isso se você se concentrar e dar a si mesmo o apoio que precisa.
    • Controle a sua voz interior. Silencie a voz em sua cabeça que concorda com as críticas familiares e dá valor a elas.
    • Mantenha o seu ponto de vista. Lembre-se de que ninguém é perfeito, mas você é, pelo menos, tão bom quanto qualquer outra pessoa, e nem mesmo os membros da sua família têm o direito de dizer o contrário.
  2. Fale com a sua família. Essa é a sua família – você não pode escolhê-los, para melhor ou pior. Enquanto há momentos em que é prudente não dizer nada, a raiz do problema terá de ser abordada em algum momento.
    • Defina um limite. Se importar com o que sua família pensa de você é normal e saudável, mas só até certo ponto. Se você sente que há muita pressão sobre você para fazer os outros membros da sua família felizes, fale sobre isso.
    • Esteja pronto. Seja calmo e metódico, e peça à sua família para ajudá-lo a ser livre para ser você mesmo. Eles podem até não ter percebido que você sentiu tanta pressão.
  3. Pratique a diplomacia. Quando não há outra escolha, a arte de não dizer nada é bastante útil para lidar com as opiniões dos membros da família que não vão parar de ferir seus sentimentos.
    • Fique firme em seus ideais. Se não houver outra opção, você pode, pelo menos, aprender a suportar as palavras pejorativas dos seus parentes em silêncio no calor do momento. Trabalhe com isso sozinho mais tarde através da meditação ou com a ajuda de um bom amigo.

Conselhos Para o Local de Trabalho

  1. Não leve o "não dar a mínima" longe demais. Goste ou não, uma grande parte de manter seu emprego e causar uma boa impressão no trabalho resume-se a importar-se com o que os outros – particularmente os seus chefes e seus clientes – pensam de você. O trabalho não é o lugar para dar a mínima para o que os outros pensam, na maioria dos casos.
    • Adote uma abordagem moderada. Tente equilibrar a sua responsabilidade para com o trabalho com a sua individualidade, para que você não tenha que se sentir como se estivesse sendo esmagado sob o peso das expectativas.
  2. Continue estabelecendo limites, mas faça isso de forma adequada. Se importar menos com o que os outros pensam de você nem sempre se traduz em fazer e dizer o que quiser, especialmente no trabalho. Em vez disso, canalize a parte de si mesmo que, de forma educada e pensativa, tem diferentes ideias e abordagens.
    • Aproveite os resultados. Tal como acontece com os seus colegas, você provavelmente vai ficar agradavelmente surpreendido com a mudança no tratamento que vai receber quando deixar de ser um homem ou mulher do tipo "sim-senhor", e começar a ser um contribuinte construtivo ao invés disso.
    • Olhe para o lado bom. Com alguma sorte, o seu espírito independente pode até te fazer ser notado em busca de um aumento ou uma promoção.
  3. Aprenda os princípios do serviço ao cliente. Eles não são muito difíceis de entender, mas internalizá-los pode levar tempo. Os princípios não são apenas para os trabalhos de atendimento ao cliente rigorosos; eles são muito úteis em qualquer situação (como o local de trabalho), onde muitas vezes é imprudente falar o que se pensa, mesmo que educadamente. Ao incorporá-los, você vai aprender a separar as suas emoções do trabalho que você faz, tornando mais fácil se preocupar menos com o que as pessoas ao seu redor pensam de você. Os princípios são os seguintes:
    • Mantenha a sua vida pessoal para si mesmo. Deixe a sua vida privada em casa, e você não vai trazer quaisquer inseguranças e vulnerabilidades para o trabalho.
    • Não se prolongue sobre qualquer coisa que as pessoas ao seu redor dizem ou fazem. Não leve nada para o lado pessoal ou deixe nada se complicar. Não faça fofoca se você puder ajudar. Seja uma peça perfeita no local de trabalho e você não vai encontrar qualquer resistência.
    • Seja feliz em ver cada novo rosto a cada dia. Sorria e diga olá todas as vezes, até que isso se torne um hábito.
    • Dê às pessoas o benefício da dúvida. Quando um cliente ou colega de trabalho dá uma bronca em você, não devolver com uma resposta à altura vai, muitas vezes, neutralizar a raiva deles antes que eles tenham a chance de manifestá-la uma segunda vez.
    • Em caso de dúvida, chame um gerente e deixe-o lidar com o problema. Se um gerente é o problema, chame o gerente do gerente.

Dicas

  • Não há problema em seguir as tendências, também não há problema em não seguir tendências. Escolha o que te fizer mais feliz, e não se preocupe muito com coisas específicas, como ouvir a música "certa" ou usar as roupas "certas". Sua personalidade não é definida por essas coisas, só é refletida por elas.
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.