Como Falar o Básico em Francês

Опубликовал Admin
6-11-2018, 20:00
61
0
O francês é um idioma lindo e romântico, falado em diversos países do mundo. Se você quer aprender o básico da língua, comece com as palavras e frases mais práticas, como cumprimentos, expressões educadas, apresentações e afins. Depois, treine a pronúncia e, se quiser se aprofundar mais, estude a gramática e a estrutura da língua. Faça cartões de consulta, leia livros infantis e comece a escrever em francês no seu diário.

Estudando as palavras e frases comuns

  1. Diga “Salut”, “Bonjour” ou “Bonsoir” para cumprimentar as pessoas. Dizer “olá” é o primeiro passo para quem quer aprender francês, seja para começar uma conversa ou para cumprimentar alguém que esteja passando. “Bonjour” (bon-jú) é a versão mais básica.
    • O “j” de “bonjour” é suave, quase como um sibilo. O “n”, por sua vez, é breve. No francês, usamos a parte traseira da boca e o nariz mais do que a parte dianteira dos lábios para pronunciar as palavras.
    • “Bonjour” significa literalmente “bom dia” e é uma maneira mais formal de dizer “olá”. “Salut” (sa-lú) é mais informal, como “oi”.
    • Também é melhor usar “bonjour” durante o dia. À noite, diga “bonsoir” (bon-soá), que significa “boa noite”.
  2. Diga “Au revoir”, “Bonne nuit” ou “Salut” para se despedir. “Au revoir” (ô re-voá) é a forma mais conhecida de dizer “tchau” em francês e significa literalmente “nos vemos de novo em breve”. Se você quiser algo mais informal, use “salut”, que significa “oi” ou “tchau”. Apesar de “ciao” ser italiano, os franceses também costumam usá-lo, como “Ciao, salut”.
    • Você também pode dizer “bonne nuit” (bon-nuí), que significa “boa noite” (mas para despedidas).
  3. Estude o alfabeto para se familiarizar com a fonética. Algumas letras, como as vogais (“a”, “e”, “i”, “o” e “u”) e determinadas consoantes (como “b” e “c”), são pronunciadas da mesma forma que em português.
    • Pronuncie o alfabeto da seguinte forma: “a, bê, cê, dê, é, ef (f), gê, ach (h), i, jí (j), k, éle, ême, êne (ênfase nas iniciais), ô, pê, cú (q), érr (r), éss (s), tê, ú, vê, dúble-vê (w), icks (x), í g-rec (y), zed (z)”.
    • Estude o alfabeto para acertar a pronúncia das vogais e consoantes em francês, mesmo que você só queira aprender algumas frases e expressões normais.
  4. Aprenda a contar em francês. Saber falar os números é muito útil em diversas situações, como se você estiver em um restaurante ou for falar da sua idade a alguém. Divida o processo em etapas para chegar a 1.000 em pouco tempo. No primeiro dia, estude de 1 a 10; depois, de 11 a 20; em seguida, memorize o resto das dezenas (30, 40, 50 etc.).
    • Os números de 1 a 10 em francês são “un, deux, trois, quatre, cinq, six, sept, huit, neuf e dix”. As pronúncias são: “ân (1), dôu (2), troá (3), cát-r (4), sânq (5), sis (6), sét (7), uít (8), nêf (9) e diz (10)”.
    • Leia este artigo para estudar a questão mais a fundo.
  5. Domine as frases práticas se você for viajar. Se você for conhecer um país que fala francês, aprenda a fazer algumas perguntas mais comuns, como “Você fala português?” (ou inglês, que é mais comum) ou “Onde é o banheiro?”. Existem duas formas de “você” em francês: “vous”, mais educado, e “tu”, mais informal. Use “tu” ao falar com amigos e “vous” ao falar com estranhos e figuras de autoridade.
    • Para dizer “Você fala português?”, use “Parlez-vous portugais?” (par-lê vú por-tú-gué). Se preferir algo informal, diga “Parle-tu portugais?” (par-lê tú por-tú-gué).
    • Se você for a um restaurante, diga “Je voudrais” (gí vú-d-ré), que significa “Eu gostaria de”. Por exemplo: use “Je voudrais une salade” (gí vú-d-ré ún sa-lad), que significa “Eu gostaria de pedir uma salada”.
    • Se você estiver em uma situação informal, diga “Où sont les toilettes?” (ú sôn lê to-a-lét) para perguntar onde é o banheiro. Se estiver em um jantar informal na casa de alguém, diga ao anfitrião “Excusez-moi, où est-ce que je peux me rafraîchir?” (és-cu-zê moá, ú ésse qú gí pô me ra-fra-chí), que significa “Com licença, onde eu posso me arrumar?”.
    • Como a maioria dos falantes do francês não fala português, é bom você já se desculpar por não conhecer o idioma: “Je suis désolé, mais je ne parle pas français” (gí suí dê-so-lê, mé gí nê pár-l pá fran-cé), que significa “Sinto muito, mas eu não falo francês”.
  6. Memorize os termos para “Por favor” e “Obrigado” em francês. Sempre é bom ser educado quando queremos pedir informações de como chegar a determinados lugares ou quando estamos em um restaurante. Lembre-se de que há duas formas de dizer “você”, além das maneiras formal e informal de dizer “por favor”.
    • A maneira formal de dizer “por favor” é “S’il vous plaît” (sil vú-plê). Por exemplo: diga “Excusez-moi, s'il vous plaît, parle-tu portugais?” (és-cu-zê moá, sil vú-plê, par-lê tú por-tú-gué), que significa “Com licença, por favor, você fala português?”.
    • A maneira menos formal de dizer “por favor” é “S’il te plaît” (sil tí-plê). Por exemplo: diga ao seu amigo “Je voudrais de l’eau, s'il te plaît” (gí vu-d-ré dú lô, sil tí-plê), que significa “Eu gostaria de um pouco d’água, por favor”.
    • “Merci” (mér-cí) significa “obrigado”. Para dizer “Muito obrigado”, diga “Merci beaucoup” (mér-cí bô-cú) ou “Merci bien” (mér-cí bi-ân).
    • Para dizer “De nada”, use “Je vous en prie” (gí vú ân prí), que é mais educado, ou “De rien” (dê ri-ân), que é menos formal.
  7. Aprenda a perguntar e responder a “Como vai você?” em francês. Para perguntar como alguém está, diga “Comment allez-vous?” (co-mâ ta-lê vú), que é mais educado. Para alternativas menos formais, diga “Comment vas-tu?” (co-mâ vá-tú) ou “Ça va?” (sá vá).
    • Se alguém perguntar como você está, responda com “Très bien” (t-rê bi-ân), que significa “muito bem”. Também há outras respostas, como “Pas mal” (pá mal) que significa “nada mal”, e “Ça va” (sá vá), que significa “Indo”.
  8. Aprenda a falar de si mesmo para os outros. Aprenda a contar o seu nome, idade e de onde é para as pessoas, além de perguntar esses detalhes a elas. Para se apresentar, diga “Je m’appelle” (gí ma-péle), que significa “Meu nome é”.
    • Para perguntar o nome de alguém, diga “Comment vous appelez-vous?” (co-mâ vú za-pe-lê vú), que é mais educado, ou “Comment tu t’appelles?” (co-mâ tú ta-péle), que é informal.
    • Pergunte “Quel âge as-tu?” (quél â-gi á-tú), menos educado, ou “Quel âge avez-vous?” (quél â-gi á-vê-vú), que é mais formal, para saber a idade de alguém. Para responder, diga “J’ai 18 ans” (gé dis-uít ân), que significa “Eu tenho 18 anos”.
    • “Où habitez-vous” (ú ha-bi-tê-vú) e “Où habites-tu?” (ú ha-bi-te-tú) significam “Onde você mora?”. Diga “J’habite à São Paulo, mais je suis de Rio de Janeiro” (ja-bi-te a São Paulo, mé gí suí de Rio de Janeiro), que significa “Eu moro em São Paulo, mas sou do Rio de Janeiro”.

Melhorando as suas habilidades com o idioma

  1. Treine bastante a pronúncia, principalmente o “r” francês. Ouça alguns falantes nativos e tente imitar o som que eles formam na garganta, em vez da frente da boca. No português, o “r” não é tão acentuado quanto no francês. Os francófonos, por sua vez, produzem a consoante aproximando a língua do véu palatino.
    • Uma das melhores formas de otimizar a pronúncia é pedir ajuda a um falante nativo. Se você conhece algum (ou pelo menos alguém que seja fluente), converse com ele para saber o que fazer.
  2. Familiarize-se com as palavras de gêneros diferentes. Assim como no português, todos os substantivos e adjetivos do francês são masculinos ou femininos. Muitas palavras que terminam com “e” são femininas, embora existam várias exceções. Em qualquer caso, o gênero do adjetivo tem que corresponder ao do substantivo.
    • Além disso, se um substantivo é plural, o adjetivo que o descreve também deve ser. Por exemplo: diga “Paulo es petit” (Paulo ê pê-tí) para dizer que Paulo é baixo; para dizer que Paula e Bia são baixas, diga “Paula et Bia sont petites” (Paula ê Bia sôn pê-tí-t).
    • Os artigos, como “o” e “um”, também variam em gênero e número. “Un” e “une” (ân e ún) são as versões masculina e feminina de “um”. “Les”, “la” e “les” (lí, lá, lê) são as versões masculina, feminina e plural de “o”. Use “l’” para as palavras que começam com vogais, como “l’école”.
    • Se você for se descrever, use os adjetivos corretos para o seu gênero. Por exemplo: “Je suis brésilien” (gí suí brê-zi-li-an) é masculino, enquanto “Je suis brésilienne” (gí suí brê-zi-li-êne) é feminino.
  3. Aprenda a usar o verbo “ter” em francês. Aprender a usar “être” (ser) e “avoir” (ter) pode ser difícil, mas é essencial para o francês. No idioma, usamos “ter” para dizer que estamos com fome ou sede. Por exemplo: as traduções literais de “J’ai faim” (gé fêm) e “J’ai soif” (gé soáf) são “Eu tenho fome” e “Eu tenho sede”.
    • Para perguntar se alguém está com fome, diga “Avez-vous faim?” (a-vê-vú fêm) ou “As-tu faim?” (a-tú fêm). Troque “faim” por “soif” (soáf) para perguntar se a pessoa está com sede e “sommeil” (so-mé) para perguntar se ela está com sono.
    • O verbo “ter” sempre é usado para expressar sensações de fome, sede e cansaço. Use “être” (ser) para adjetivos, como de gênero e nacionalidade.

Usando técnicas de estudo eficazes

  1. Memorize algumas listas de vocabulário a cada dia ou semana. Siga um ritmo com o qual você fique confortável. Por exemplo: faça uma lista de dez palavras ou frases novas por dia ou use um calendário com “palavras do dia” para adicionar um termo ao seu vocabulário de cada vez.
    • Ao estudar, revise a lista que você fez no dia anterior para refrescar a memória antes de avançar.
    • Faça listas temáticas, como de alimentos, partes do corpo e objetos domésticos. Você também pode fazer uma pesquisa na internet em busca de termos relacionados a viagens se for a um país francófono.
  2. Faça cartões de consulta para expandir o seu vocabulário. Anote uma palavra em francês de um lado do cartão e a tradução do outro. Depois, diga ambas em voz alta. Teste o seu conhecimento ou peça ajuda a alguém.
    • Ver, escrever e falar as traduções em voz alta pode ajudar você a memorizar os termos.
  3. Veja séries e filmes franceses. O francês é uma língua rápida; por isso, veja filmes e séries na Netflix ou em outras plataformas para se acostumar a ouvir e entender. Se quiser, pesquise vídeos no YouTube.
    • Veja se os filmes e as séries que você vê têm a opção de dublagem em francês.
  4. Leia livros infantis em francês. Os cartões de consulta ajudam com o vocabulário, mas também é legal aprender a usar as palavras contextualizadas. A linguagem dos livros infantis é simples e, além disso, eles trazem ilustrações que facilitam a compreensão.
    • Busque livros interessantes na internet ou nas livrarias. Se quiser, baixe e-books legais para os seus aparelhos móveis.
  5. Escreva em francês no seu diário. Quando você já entender o básico do francês, escreva algumas frases curtas todos os dias. Elas não precisam ser complexas, ainda mais no início. Tente incorporar termos das listas nessas frases para colocar o vocabulário em prática.
    • Por exemplo: você pode escrever “Aujourd’hui c’est dimanche, le 7 Octobre. J’ai déjeuné avec ma cousine. J’ai mangé une salade de poulet, de la laitue, des épinards, des oignons, et des tomates”.
    • Essa frase significa “Hoje é domingo, sete de outubro. Eu almocei com a minha prima. Comi uma salada de frango, alface, espinafre, cebola e tomate”.
    • Se você tem um parente ou amigo que fala francês, peça para ele ler as frases e corrigir os erros.

Dicas

  • Ao fazer perguntas, lembre-se de aumentar o tom da voz no fim das frases. Se você falar em um só tom, “Ça va” significa “Indo” e “Tu as faim” significa “Você está com fome”, por exemplo. Se mudar de tom, elas significam “Como vai você?” e “Você está com fome?”.
  • Lembre-se de usar o “vous” formal para mostrar respeito aos estranhos, professores, chefes e mais velhos. Só use as expressões informais para conversar com crianças, amigos ou parentes.
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.