Como Beber Uísque

Опубликовал Admin
28-01-2019, 01:00
342
0
O uísque é uma bebida alcoólica destilada a partir da fermentação de grãos triturados. A seguir, o licor é envelhecido em barris de madeira até a venda. O tempo passado nos barris e a escolha dos grãos usados influenciam diretamente o sabor de um bom uísque, quase sempre tão bem degustado quanto uma taça de vinho de alta qualidade. Não importando o modo como você goste de tomá-lo, educar a si mesmo nesse quesito o ajudará a desfrutar do uísque por completo.

Apreciando o uísque puro

  1. Coloque “dois dedos” de uísque em um copo ou taça. Os tradicionais copos de uísque são baixos e redondos, podendo comportar entre 340 e 450 ml de líquido. As taças, por sua vez, são curvas, mais largas na base e estreitas no topo, para concentrar o aroma sempre mais perto do nariz, e são mais usadas para a degustação de uísques mais sofisticados. Embora qualquer copo possa servir, são esses os dois mais comumente usados para beber uísque.
    • A expressão “dois dedos” indica que você colocou uísque até a altura de dois dedos mantidos na base do copo.
  2. Use a cor do uísque para avaliar a idade da bebida. O uísque adquire a tonalidade do contato com o barril de madeira no qual envelheceu. Em geral, quanto mais escuro, mais velho ele é. Colorações arroxeadas podem indicar que o uísque foi envelhecido em barris de xerez ou do porto, o que confere a ele um sabor levemente frutado.
    • Alguns uísques mais antigos são envelhecidos em barris de bourbon que já foram usados duas ou três vezes e mantêm uma coloração clara, apesar da idade. Esse fenômeno é muito mais presente nos bourbons.
    • Alguns uísques mais jovens e baratos, como o Jack Daniels, recebem uma adição de corante caramelo para dar a aparência de serem “clássicos”. É por essa razão que até mesmo produtos baratos podem parecer escuros.
  3. Erga o copo até o nariz para sentir o aroma. Não é preciso enfiar as narinas no copo, ou o aroma do álcool será tão intenso que será inviável notar os sabores. Em vez disso, traga-o lentamente para perto do nariz, até que o aroma seja sentido com facilidade. O que você percebe? Quais sabores estão presentes? Com frequência, o aroma é o melhor indicador do sabor da bebida e diversos bartenders usam mais o nariz do que a língua na preparação. Alguns aromas comuns incluem:
    • Baunilha, caramelo e toffee representam os clássicos “sabores de uísque” e são o resultado do envelhecimento em barris de madeira.
    • Florais e cítricos têm se tornado sabores cada vez mais comuns em uísques, especialmente misturas.
    • Bordo é um sabor comum em diversos uísques norte-americanos, especialmente nos chamados Tennessee Whiskey como, por exemplo, o Jack Daniels.
    • Defumado é uma opção comum no uísque escocês, em particular quando advindo da região de Islay. Esse sabor característico surge nas fogueiras de turfa usadas na secagem do uísque.
  4. Coloque algumas gotas de água pura no uísque. Essa gota de água não só dilui levemente o uísque, deixando o sabor mais agradável para iniciantes, como também o abre e o deixa mais perceptível. Sempre que possível, faça uso de água destilada ou mineral para que o sabor da bebida seja preservado. Isso acontece porque uísques com muito álcool podem dar a sensação de queimar a língua, impedindo que você deguste muitos dos sabores nele presentes.
    • Se você quiser deixar a água de lado, ele será bebido “puro”, ou seja, sem água ou gelo.
    • Quanta água será acrescentada dependerá de sua preferência, mas é bom pedir apenas uma dose para começar e colocar mais conforme o seu desejo. Muitas pessoas preferem tomar um pequeno gole do uísque puro para comparar os sabores e, a seguir, acrescentam algumas gotas de água para degustar o restante do copo.
  5. Tome o uísque e compare-o ao aroma. Tome um pequeno gole e deixe-o envolver a língua, mantendo-o na boca antes de engolir. Não o tome ou engula de uma vez, como é feito com shots. Tomar um gole médio, degustando-o lentamente, é a melhor forma de se beber uísque. Há diversas perguntas a se fazer para si mesmo depois da degustação, mas a primeira e mais importante delas é simplesmente “Você gostou?”. Algumas outras considerações incluem:
    • A textura foi áspera ou suave no paladar?
    • Os sabores mudaram ou evoluíram em algum momento, na boca ou ao engolir?
    • O sabor desapareceu rapidamente ou continuou a marcar a boca?
  6. Tenha no copo o mínimo de gelo possível. O uísque fica um pouco sem graça depois de esfriar e, por isso, os veteranos da apreciação dessa bebida costumam deixar de lado o gelo ou, ainda, acrescentar não mais de uma pedra. O gelo não somente resfria a bebida, como também acrescenta mais água do que o desejado à medida que derrete, diluindo o uísque e deixando-o aguado.

Preparando drinques de uísque

  1. Prepare um copo de uísque com três a quatro pedras de gelo. Quando você se sentir preparado para o uísque puro, encha um copo com gelo e verta-o no interior dele. Tome a bebida bem fria. Os sabores do uísque talvez pareçam diferentes para você quando ele for bebido frio e não à temperatura ambiente. Além disso, a maioria das pessoas tem mais facilidade em tomá-lo frio — o que não necessariamente significa um melhor sabor.
    • A maioria das pessoas que bebe uísque opta por tomar com gelo apenas as misturas, e não os maltes puros, já que o gelo poderia arruinar o sabor forte e distinto.
  2. Experimente um clássico Old Fashioned. Esse é o avô dos drinques à base de uísque. De acordo com a sua preferência, é possível usar diversos uísques diferentes para essa preparação, dos doces bourbons (a escolha tradicional) aos mais sutis e condimentados uísques de centeio. Para preparar um Old Fashioned, mexa o seguinte sobre gelo:
    • 60 ml de uísque
    • 30 ml de xarope simples ou 1 cubo de gelo
    • 8 gotas de bitters
    • 2,5 cm de casca de laranja ou uma pequena fatia de laranja pequena
    • 1 cereja cristalizada (opcional)
    • Gelo para misturar e servir
  3. Prepare um Mint Julip. Esse clássico drinque de Kentucky é feito à base de bourbon doce em grandes quantidades. Quanto melhor a qualidade da bebida, melhor o resultado. Você deve sempre usar menta fresca, colocando-a (amassando-a levemente com um cubo de açúcar) na base do copo antes de acrescentar o bourbon. Para preparar um copo, misture 60 ml de bourbon com um cubo de açúcar e uma porção de gelo triturado, juntamente com a menta amassada.
  4. Dê uma chance para o Manhattan. Esses drinques são um pouco doces para algumas pessoas, mas há outras que adoram sua mescla entre sabores doces e azedos. Assim como no Old Fashioned, é possível ajustar o uísque de sua preferência para resultados melhores — centeio para algo mais forte e bourbon para um toque mais doce. Para preparar um Manhattan, bata com gelo os seguintes ingredientes, em um misturador:
    • 60 ml de uísque
    • 30 ml de vermute doce
    • 4 a 8 gotas de bitters, como o Angostura
    • Pequeno pedaço de casca de laranja
      • Tecnicamente, usar o uísque escocês para essa preparação resulta em um Rob Roy, que é levemente mais doce. O bourbon pode ser usado, mas a mistura provavelmente ficará doce demais para algumas pessoas.
  5. Experimente o uísque azedo. Esse drinque simples e prático não requer muito, mas dá um agradável azedume à bebida, que desce com suavidade. Para preparar um, basta misturar o seguinte, com bastante gelo, em um misturador:
    • 60 ml de uísque
    • 30 ml de suco de limão fresco ou um pacote de sours
    • 1 colher de chá de açúcar
    • Um Boston sour, junto a uma clara de ovo, pode dar ao drinque uma consistência mais espumosa e substancial
  6. Aqueça-se com um clássico Hot Toddy. Esse drinque consiste basicamente em preparar chá com uísque, no lugar das folhas de chá, e é uma opção fantástica para dias frios e chuvosos. Normalmente, ele é preparado com o uísque irlandês. Para prepará-lo, coloque-o em um copo e aqueça os seguintes ingredientes, despejando-os sobre o uísque depois da fervura:
    • 60 ml de água
    • 3 dentes de alho
    • Bastão de canela
    • Pedaço de 7 mm de gengibre, descascado e fatiado (opcional)
    • 1 fatia de casca de limão
    • 60 ml de uísque
    • 60 ml de mel (ou de acordo com a sua preferência de doçura)
    • 1 a 2 colheres de chá de suco de limão
    • 1/8 a 1/4 de colher de chá de noz-moscada

Comprando uísque

  1. Compare os diversos tipos de uísque disponíveis. Quimicamente, o uísque é composto pelo álcool de grãos fermentados envelhecido em barris de madeira. Para produzi-lo, esses grãos são amassados e filtrados, e o sabor e o tipo do produto final são influenciados tanto pelo método de envelhecimento como pelos grãos e aditivos usados no processo. Ao fazer compras, há algumas variedades diferentes de uísque que podem ser escolhidas:
    • O bourbon é um uísque de sabor mais adocicado destilado nos EUA. Com frequência, ele apresenta uma sensação mais aveludada e agradável, especialmente se o compararmos às opções tradicionais. O bourbon é similar a seu primo, o “Tennessee Whiskey”, que é levemente mais doce.
    • O uísque de centeio costuma ser composto por pelo menos 51% de centeio, na mistura dos grãos. Isso resulta em um sabor intenso e bem marcado, um pouco similar ao de um pão. No Canadá, esses uísques podem apresentar qualquer porcentagem de centeio.
    • O uísque escocês é um malte puro (de apenas uma destilaria) com sabores intensos. Com frequência, pode-se notar alguns toques de fumaça no paladar.
      • Dependendo do país de origem, é possível escrever o nome do uísque de duas maneiras. Misturas escocesas e canadenses apresentam o rótulo Whisky, enquanto as americanas são denominadas de Whiskey.
  2. Entenda as diferenças entre misturas e maltes puros. Há muitos jargões relacionados ao uísque, mas o mais importante deles é saber se é uma mistura ou um malte. No entanto, nenhum deles é melhor ou pior do que os outros — a diferença está apenas nos métodos usados na destilação.
    • Misturas, ou blended, que compõem 80% do mercado, são mesclas entre grãos e maltes de destilarias diversas. Geralmente, elas são mais suaves e agradáveis ao paladar.
    • O malte puro, ou single malt, é feito a partir da cevada maltada em uma destilaria. Ele costuma apresentar sabores mais intensos do que as misturas, com frequência sendo chamado também de “malte” ou “escocês”.
    • O single cask representa o malte puro misturado e envelhecido em um único barril. De modo geral, essa costuma ser a variação de uísque mais cara e difícil de encontrar.
  3. Acostume-se com as nomenclaturas mais comuns. Uma das coisas mais intimidadoras na degustação do uísque é que cada garrafa parece abrir um novo mundo de técnicas de destilação. Pode ser desorientador determinar quais são os seus estilos favoritos, e o que é feito nesses processos, quando você não conhece o vocabulário:
    • (Not) Chill Filtered: ao ser resfriado, o uísque pode exibir uma textura nebulosa ou escurecida que não agrada a muitas pessoas. Para evitar que isso aconteça, algumas destilarias o resfriam previamente e, a seguir, retiram todas as partículas escuras formadas no processo. No entanto, isso pode afetar gravemente o sabor de um bom uísque.
    • Força do barril: a maioria dos uísques é diluída depois que sai do barril para ficar mais agradável ao paladar. Entretanto, algumas marcas liberam a bebida exatamente como saiu do barril, resultando em um uísque muito forte e de elevado teor alcoólico.
    • Idade: a idade costuma ser um indicador de qualidade, e uísques mais caros geralmente foram envelhecidos por mais tempo. Caso se trate de uma mistura, a idade na indicação será aquela respectiva ao uísque mais recente em sua composição. O envelhecimento diz respeito apenas ao tempo passado no barril, e não na garrafa ou na prateleira.
    • Finalização: quando um uísque passa um curto período de tempo em um barril específico para adquirir sabor. Algumas bebidas passam tempo em barris de rum ou de vinho, resultando em características bem distintas. Essa é uma forma fácil de rapidamente produzir um “novo” uísque para determinado fabricante.

Dicas

  • Pense em combinar alimentos com o seu uísque. Aqueles mais leves e doces, como Dalwhinnie ou Glenkinchie , combinam bem com sushi e salmão, além de queijos de cabra ou cremes de queijo. Uísques com textura média, como o Bruichladdich , ficam ótimos com peixe ou pato defumado e carne de veado. As bebidas mais encorpadas, como o The Macallan , podem ser tomadas com bife ou carne porcina ressecada ou grelhada, finalizando a refeição com sobremesas como chocolate e bolo de gengibre.
  • Para conseguir o melhor uísque possível, procure por um malte puro que tenha sido envelhecido por pelo menos 15 anos.
  • Jamais peça um “escocês” (“scotch ”) na Escócia e tampouco um copo com gelo em qualquer bar sério ou ambiente de degustação de uísques — isso é considerado rude e “arruína” a bebida.

Avisos

  • Não dirija depois de beber e conheça seus próprios limites.

Materiais Necessários

  • Copo de uísque
  • Mistura de sours
  • Vermute
  • Amaretto
  • Água
  • Gelo
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.