Como Deixar o Cabelo Crespo ou Afro Crescer

Опубликовал Admin
4-10-2020, 23:20
172
0
Afrodescendentes têm um dos mais belos tipos de cabelo em todo o mundo. Ele cresce na mesma velocidade que todo e qualquer outro formato — sua demora em demonstrá-lo, por outro lado, é um problema que decorre do padrão de cachos, de tratamentos químicos e de cuidados inadequados. Trata-se de um lindo cabelo, mas frágil assim como a pele negra. A chave para ajudar o cabelo afro a crescer é mantê-lo sempre forte, saudável e hidratado.

Lavando-o com cuidado

  1. Lave o cabelo a cada uma a duas semanas com shampoo hidratante e condicionador. Uma lavagem mais frequente acabará por deixá-lo ressecado e quebradiço, podendo levar à ruptura dos fios.
    • Se precisa lavá-lo mais frequentemente, use apenas condicionador. Esse método é conhecido como "co-wash" e é seguro para ser usado com regularidade, uma vez que não priva o cabelo de sua umidade.
    • Enxágue o cabelo em água fria. Ela ajuda a selar as cutículas e a deixá-lo mais macio.
  2. Use a polpa dos dedos para massagear o couro cabeludo, jamais amontoando o cabelo no topo da cabeça. Se isso ocorrer, você acaba formando nós e dificultando o processo de desembaraçá-lo depois. Em vez disso, massageie o cabelo começando das raízes em direção às pontas, evitando assim que os fios se embaracem. Jamais use as unhas para massagear o couro cabeludo.
    • Concentre a aplicação do shampoo no couro cabeludo e a do condicionador nas pontas do cabelo.
    • Pode ser útil efetuar a lavagem em seções, especialmente se o seu cabelo for longo ou espesso.
  3. Use um shampoo livre de silicones e sulfatos. Os silicones são ótimos para deixar o cabelo macio, mas só podem ser lavados com sulfatos, que são agentes de limpeza bastante agressivos que removem a umidade do cabelo e o deixam ressecado e quebradiço. Se os silicones não forem removidos na lavagem, eles se acumulam nos fios, que ficam com uma aparência opaca e oleosa.
    • O mero fato de um produto se afirmar hidratante não é prova de que isso seja verdade. Leia sempre os ingredientes presentes no rótulo em vez de se guiar pelas promessas vazias na frente do produto.
  4. Use sempre condicionador depois do shampoo para reter a umidade. Depois do enxágue, divida o cabelo em seções e aplique o condicionador. A seguir, penteie-o gentilmente com um pente de dentes largos para distribuí-lo mais igualmente e ajudar no desembaraço posterior. Enxágue o condicionador depois de alguns minutos (ou conforme as instruções presentes no rótulo).
  5. Cuidado com a água dura. Se vive em um local com água dura, considere a opção de comprar um filtro para chuveiro. Esse tipo de água contém minerais que acabam se acumulando e deixando o cabelo ressecado, quebradiço e rebelde. Você também pode usar um shampoo quelante ou clarificante uma vez ao mês para eliminar esse acúmulo e facilitar o seu cuidado capilar.

Dando umidade e nutrição ao cabelo

  1. Use um condicionador profundo e hidratante a cada uma ou duas semanas. Aplique-o no cabelo úmido e coloque uma touca de banho. Deixe-a por 20 a 30 minutos antes de enxaguá-lo.
    • É possível usar uma touca térmica para incrementar o desempenho do condicionador profundo.
    • Se não tem uma touca térmica, deixe o cabelo em uma touca plástica e coloque uma toalha sobre a cabeça como um gorro. Use um secador para aquecer o interior e o exterior da toalha.
  2. Use um creme para pentear com propriedades hidratantes e acompanhe-o com um óleo natural. O creme para pentear hidrata o seu cabelo, enquanto o óleo ajuda a "selar" essa umidade no interior dos fios. Lembre-se de revestir toda a extensão de cada um deles com ambos os produtos.
    • Você pode usar praticamente qualquer óleo natural, incluindo: argan, amêndoas, castor, coco, jojoba e oliva.
    • Também é possível usar manteigas naturais, como a de karité.
  3. Faça um tratamento em óleo quente uma vez ao mês para ainda mais hidratação. Aqueça 120 a 240 mililitros de óleo em banho maria e aplique a mistura no cabelo. Coloque uma touca de banho por aproximadamente 20 minutos e enxágue-o com shampoo. Você pode usar qualquer tipo de óleo natural, como: argan, abacate, castor, coco, jojoba e oliva.
    • Não use um micro-ondas, ou você destruirá os nutrientes do óleo.
    • É mais fácil para o cabelo absorver o óleo quente do que em temperatura ambiente.
  4. Experimente deixar uma máscara capilar por toda a noite contendo creme para pentear, óleo e creme de fixação. Aplique uma porção de creme para pentear, óleo (como o de coco) e creme de fixação no cabelo e torça-o. Cubra-o com um lenço ou uma touca e arrume-o no dia seguinte. Na terceira ou quarta noite, você pode voltar a torcê-lo, borrifando-o com água para reativar o creme para pentear e finalmente voltando a aplicar o óleo e o creme. Use uma quantidade um pouco menor do que na primeira vez, uma vez que os mesmos produtos já estavam presentes nos fios.
  5. Experimente fazer um tratamento proteico a cada seis semanas para fortalecer os fios. Se tiver cabelo mais fino, ele pode ser feito até uma vez por semana. Você pode optar por uma máscara proteica comercial ou fazer a sua própria.
    • Uma possibilidade seria massagear claras de ovo no cabelo e deixá-las repousar por dez minutos sob uma touca de banho. Lembre-se de lavá-lo com água fria, não quente. A clara contém vitaminas que o deixarão forte e saudável.
  6. Concentre a aplicação de condicionadores, óleos e manteigas sempre nas pontas do cabelo. Essas são as partes mais velhas, de modo que precisam do máximo de hidratação possível. O cabelo ressecado é quebradiço e tende a se romper com facilidade. Se não cuidar bem de suas pontas, ele continuará quebrando e não "crescerá" tão rapidamente quanto poderia.

Escovando, arrumando e cuidando

  1. Use sempre um pente de dentes largos, jamais uma escova. Pentes finos podem puxar e quebrar os fios, mas a escova acaba provocando frizz. Ao pentear o cabelo, lembre-se de começar nas pontas e suba aos poucos. Jamais comece diretamente das raízes.
    • Você também pode pentear o cabelo cuidadosamente usando os dedos.
  2. Se possível, evite usar calor e tenha sempre à mão um protetor térmico em spray quando o fizer. Tente usar a temperatura mais baixa possível, uma vez que o protetor térmico também tem seus limites. Você talvez demore um pouco mais para chegar aos resultados desejados, mas esse é o caminho mais seguro para o seu cabelo.
    • Quando estiver usando calor, jamais vá acima de 195 °C.
    • Algumas ótimas opções que diminuem a necessidade de calor incluem: bobes, tranças, twists, coques bantu ou convencionais e rabos de cavalo.
  3. Seque naturalmente sempre que possível. Essa é a forma mais segura. Experimente arrumar o cabelo em twists ou tranças. No momento de soltá-lo, quando estiver seco, você estará com lindos cachos. Entretanto, evite secar o cabelo ao sol pois os raios solares podem ser tão nocivos ao folículo piloso quanto à sua pele. Se necessário, passe antes um protetor ultravioleta em spray.
  4. Tenha cuidado com o cabelo ao usar uma toalha. Evite esfregá-lo, o que pode resultar em frizz e quebras. Em vez disso, dê batidinhas leves, preferivelmente com um pano ou uma toalha em microfibra — você também pode usar uma camiseta. Para preservar os cachos, envolva o cabelo em uma toalha de microfibra ou uma camiseta.
  5. Mantenha as suas mechas protegidas à noite com uma fronha de seda. Se tiver cabelo longo ou que ainda não está em estilo protetor (tranças ou twists, por exemplo), arrume-o em um rabo de cavalo ou um coque altos. Isso ajuda a proteger os cachos e evita que o cabelo se embarace ou se amasse com os movimentos noturnos.
    • Você também pode usar um lenço ou um gorro em seda ou cetim.
    • Fronhas de algodão não são recomendadas pelo fato de que extirpam os fios de sua umidade. Elas também costumam ser ásperas e provocam tensão, frizz e quebra.
  6. Para minimizar a quebra e a perda capilar, mantenha-o em tranças ou tranças-raiz. Ao mesmo tempo, ainda assim, evite fazer tranças muito apertadas, que podem enfraquecer os folículos pilosos e levar à perda de cabelo. Lembre-se também de cuidar dos fios e do couro cabeludo — é importante lavá-los e condicioná-los a cada duas semanas, ao menos.
    • Depois de tirar as tranças, desembarace o cabelo antes de lavá-lo. De outro modo, ele permanecerá embaraçado e criará nós.
    • Dê ao cabelo e ao couro cabeludo algum tempo para se recuperar da tensão envolvida em tranças e twists de vez em quando.

Dicas

  • Lembre-se de manter o cabelo hidratado. Quando ressecado, ele se torna quebradiço — e os fios quebradiços se rompem. Se o cabelo se quebra, ele parece não "crescer".
  • Coma adequadamente, exercite-se com frequência e tome suplementos de vitaminas B e Ce de biotina — a deficiência desse nutriente deixa os fios finos e quebradiços. Aumente também a sua ingestão proteica com alimentos como peixes, feijões, ovos e nozes.
  • Aplique um óleo natural para umedecer os fios dez minutos antes de aplicar o shampoo. Isso ajuda a nutrir e hidratar o cabelo.
  • Evite aplicar gordura no couro cabeludo — use óleo. A gordura se acumula e pode bloquear os poros, prejudicando o crescimento.
  • Use óleo e borrife água nos fios para facilitar a arrumação.
  • Evite mexer muito no cabelo. A manipulação excessiva pode provocar quebras acidentais.

Avisos

  • O co-wash (lavar apenas com condicionador) funciona bem para muitas pessoas — mas não para todo mundo.
  • Evite fazer tranças, tranças-raiz e extensões. Isso desgasta o cabelo, resultando em quebra e perda capilar.
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.