Como Podar uma Mangueira

Опубликовал Admin
30-06-2022, 22:10
74
0
A manga é uma das frutas há mais tempo cultivadas pela humanidade, sendo muito utilizada para dar um sabor único a todo tipo de prato, desde saladas, arroz até salsa. Embora uma mangueira não necessite de poda e modelagem rigorosas todo ano, você deve saber como prosseguir adequadamente com relação ao seu cultivo enquanto ela ainda for jovem. Além disso, as técnicas de poda para árvores jovens ou que estão começando a dar frutos e flores também são um pouco diferentes.

Método 1 de 3:Podando uma árvore jovem

  1. Corte o ramo principal da árvore quando ele passar de 1 m de altura. Isso promove o crescimento do tronco e de ramos fortes e horizontais que darão forma à sua árvore. Depois que ela atingir a sua altura inicial — o que deve ocorrer depois de 12 a 18 meses —, reduza o ramo principal a cerca de 60 a 70 cm utilizando uma tesoura de poda. Sempre corte abaixo do nó da mangueira, que é uma espiral de folhas concentradas no caule principal.
    • Cortar acima do nó cria um ponto fraco e promove o espaçamento desigual entre os ramos novos.
  2. Remova alguns dos ramos horizontais abaixo do primeiro corte. Cerca de seis ou sete ramos novos crescerão no total. Deixe apenas três ou quatro ramos horizontais, cada um igualmente espaçado entre si.
    • Nunca remova todos os ramos, já que esses ramos horizontais formarão a armação principal da ávore.
  3. Deixe os membros da armação principal passarem de 1 m de comprimento. Os três ou quatro membros horizontais que você deixou crescer devem atingir um comprimento médio cerca de 18 a 24 meses após o plantio. Depois disso, reduza-os a 1 m de comprimento. Novamente, sempre corte abaixo do nó da mangueira.
    • Remova as folhas com os dedos durante a poda.
    • Continue cortando os ramos horizontais abaixo do corte inicial no segundo ano. Assim que a árvore começar a dar frutos — o que deve ocorrer no segundo ou terceiro ano após o plantio —, você poderá seguir com os procedimentos da poda de produção.
  4. Prenda pesos nos ramos que crescerem verticalmente. Os ramos que brotarem da árvore devem se estender horizontalmente, já que esses membros têm mais força e darão frutos mais cedo. Utilize uma corda para prender os ramos que estiverem crescendo verticalmente; prenda a corda em um gancho preso no solo ou em um objeto pesado suspenso.
    • O objeto deve ser pesado o bastante para trazer o ramo para uma posição horizontal, mas não tão pesado que faça o ramo se curvar para baixo.
    • Para obter melhores resultados, deixe os pesos presos por aproximadamente três meses.

Método 2 de 3:Podando após a colheita

  1. Faça a poda imediatamente após a colheita com uma tesoura de poda de cabo longo. Após colher seus frutos, é importante fazer a poda como preparação para o próximo período de produção de frutos. A poda durante o verão também é ideal, pois as partes machucadas da árvore poderão se regenerar mais rapidamente.
    • Utilize uma tesoura de poda de cabo longo para ramos com até 5 cm de diâmetro.
    • Evite podar as laterais da árvore.
  2. Corte os ramos inferiores a uma altura de 1,2 m do solo. Isso é chamado de poda da saia e facilitará os processos de removação das ervas daninhas, rega e aplicação de fertilizantes. O objetivo é manter a árvore com uma altura modesta e com a parte inferior limpa.
    • Manter uma altura modesta melhora a floração e, consequentemente, a produção de frutos.
  3. Remova os ramos fortes verticais ao invés dos horizontais. Durante as suas inspeções regulares, sempre favoreça os ramos horizontais com maior potencial de crescimento. Isso promoverá uma estrutura forte e compacta.
    • Não é um problema deixar alguns ramos verticais, contanto que você tenha ramos horizontais suficientes para fornecer suporte à árvore — cerca de três ou quatro membros.
    • A sua mangueira deverá ter uma estrutura sólida e completamente formada após três anos.
  4. Deixe os ramos com 50 cm de comprimento. Foque no corte de ramos horizontais e faça isso imediatamente após a colheita. Esse processo é especificamente importante durante o segundo ou terceiro ano após o plantio, já que o corte ajuda a árvore a aplicar mais energia na produção de frutos.
    • Continue esse procedimento ao longo do segundo ano e pare depois disso.

Método 3 de 3:Podando antes da floração

  1. Conduza a poda antes da floração no meio de novembro. Essa poda deve ser feita no momento certo, sendo concluída de duas a quatro semanas antes do início do período de floração. O ideal é que a poda seja seguida imediatamente pela floração, e não do crescimento vegetativo.
    • Utilize um serrote de poda para ramos e troncos com até 15 cm de diâmetro.
    • Evite podar após a floração — isso pode diminuir o rendimento da colheita.
  2. Remova um dos membros principais por ano. Os grandes membros estruturais são importantes para o crescimento, mas também consomem energia que deveria ser destinada à produção de frutos. Escolha o membro que suporta a maior quantidade de ramos desordenados — como ramos verticais. Ao remover uma pequena quantidade ao longo do tempo, o que é chamado de desbaste, você poderá controlar o crescimento vegetativo e manter seus frutos frescos.
    • Corte os membros até o tronco.
  3. Corte os ramos laterais a uma distância de pelo menos 50 cm de árvores vizinhas. Os ramos laterais são aqueles que se estendem perpendicularmente a partir dos grandes membros estruturais. Depois disso, corte o ramo que estiver ligado ao ramo lateral — aquele em paralelo com o ramo principal. Corte-o até logo abaixo do ponto em que o ramo lateral se estende.
    • Tome cuidado para fazer um corte limpo do ramo, já que ele deve continuar crescendo de forma saudável.
  4. Remova os ramos que se aglomerarem na parte interna da árvore. Corte os galhos e ramos mortos e os galhos mais altos que tomam mais espaço. Isso facilitará o controle de pragas e doenças, permitindo que a pulverização penetre melhor na planta. Isso também deixará a árvore mais aberta à luz natural, o que ajudará na cor dos frutos.
    • Sempre foque na remoção de ramos verticais em detrimento dos horizontais.
  5. Aplique uma pasta cicatrizante para podas nos ramos laterais depois que as regiões dos cortes secarem. O produto selará a superfície e promoverá uma regeneração mais rápida, reter mais água na região. Isso também impedirá a infecção dos ramos recém-cortados por bactérias e fungos.
    • A pasta cicatrizante não é necessária, mas é recomendada se houver pragas e doenças conhecidas na região.

Dicas

  • Fique de olho em árvores com copa — a parte superior da planta — que se sobreponham. Essas árvores podem se beneficiar da poda dos ramos laterais.
  • Se você tiver muitas mangueiras, marque aquelas — ou mesmo regiões e ramos específicos — que precisarem de poda com uma fita colorida.

Materiais Necessários

  • Tesoura de poda;
  • Tesoura de poda de cabo longo;
  • Serrote de poda;
  • Fitas coloridas;
  • Tinta ou alcatrão de hulha;
  • Corda;
  • Pesos ou ganchos para árvores;
  • Pasta cicatrizante para podas;
  • Pincel.
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.