Quanto Tempo a "Fase de Conversa" Dura em uma Relação? 6 Dicas para Superá-la

Опубликовал Admin
5-11-2023, 03:10
329
0
Você troca mensagens com seu crush todo dia, bate papo por vídeo com ele nos fins de semana, conhece as bandas preferidas e todos os lugares que a pessoa frequenta. Após semanas de papo, fica aquela dúvida cruel: quanto tempo essa “fase da conversa” vai durar antes de engatarem um namoro ou ficarem na “friendzone”? Caso esteja pensando em qual estágio está com o seu mozão e em que direção se encaminham, leia este artigo para sanar suas dúvidas. Você saberá tudo sobre a “fase da conversa”, quanto tempo ela durará e como transformar todo esse papo em um relacionamento de verdade.

A linha do tempo da "fase da conversa”

  1. Este período pode durar de duas semanas a dois meses. O tempo exato depende de você e do amado; após duas semanas, talvez perceba que deseja namorar com ele; por outro lado, pode ser que considere necessário mais um tempinho para conhecê-lo melhor (ou aproveitar a descontração das conversas e continuar nesse estágio por meses).
    • É totalmente normal que tal período dure até dois meses, que é quando os especialistas em relacionamentos consideram que é o momento de discutir algo mais sério e exclusividade com o crush.
    • Por outro lado, é uma fase que não deve durar para sempre! Caso saiba que deseja algo mais do parceiro, diga a ele!

No que consiste essa “fase de conversa”?

  1. Basicamente, é o período em que vocês se conhecerão melhor e não terão qualquer tipo de relacionamento. Vocês vão trocar mensagens no Whats, vão conversar por telefone quase todo dia, mas sem colocar um “rótulo” nessa interação. Apesar de parecer a rotina de um casal, você e o paquera estão apenas “ficando” e conhecendo melhor um ao outro.
    • No geral, essa fase começa logo que vocês se encontram pela primeira vez, como após serem apresentados por um amigo em comum, ao flertarem em uma festa ou depois do “match” em um app de relacionamento. Logo depois, vocês começarão a se comunicar com frequência.
  2. Essa etapa permite que descubram se há compatibilidade entre vocês. Conversem sobre suas crenças, hobbies, interesses e sua história de vida para saber se há uma química nessa relação. É possível perceber isso quando, por exemplo, a pessoa liga para você, e só de ver o nome dela na tela, surge aquela sensação de animação misturada a um leve nervosismo. Depois, a vontade é de passar horas conversando com o crush, e sem notar, ele se torna parte de sua vida.
    • Não há nada de errado em não compartilharem exatamente os mesmos valores, desde que as diferenças sejam complementares. Se há discrepâncias fundamentais nas crenças e no que acreditam, talvez seja melhor cada um procurar outro parceiro.
  3. Nesse período, não há qualquer tipo de exclusividade ou compromisso. Lembre-se de que não há um “rótulo” sobre o relacionamento de vocês, então é normal entrar na “fase da conversa” com diversos indivíduos ao mesmo tempo. Caso não saiba direito o que procura em um companheiro ou em uma relação, essa é a melhor forma de descobrir.
    • Muitas alegam que essa fase apareceu com a “Geração Z”, mas a verdade é que conhecer um ao outro tira muita da pressão que acompanha os encontros, de modo que possa explorar suas opções.

Como sair da “fase da conversa”

  1. Paquere o pretendente para demonstrar o seu interesse. Dê uma “apimentada” nos papos para se divertirem! Ao flertar através do WhatsApp, dê uma provocadinha, sempre na brincadeira, ressaltando como é gostoso conversar com ele. Está se sentindo corajoso? Então envie alguns emojis mais sugestivos para deixar clara a atração que sente pela pessoa.
    • Quando flertar pessoalmente com o mozão, use a linguagem corporal para demonstrar o seu interesse. Fique virado para ele ao conversarem, mantenha contato visual e sorria! Você pode até dar uma leve roçada no braço dele enquanto papeiam!
  2. Marquem um encontro. No começo, pode até ser algo mais casual e junto com os seus amigos; basta mandar um Zap, perguntar se o sujeito está livre e se ele quer encontrá-lo. Assim que saírem algumas vezes e se conhecerem melhor sem qualquer pressão, você pode dar o próximo passo e convidá-lo para sair.
    • Ao conversar com o crush, convide-o, mesmo que indiretamente, para um date! Diga que queria conhecer uma cafeteria que abriu perto de sua casa ou que está louco para ver um filme que estreou no cinema. Se ele responder demonstrando vontade em também fazer algum desses programas, pergunte se ele não quer acompanhar você.
    • Ao notar que a pessoa não está “mordendo a isca” nos convites indiretos, tome a iniciativa e pergunte se ela quer sair com você! Deve ser algo casual, como tomar um café ou um sorvete, por exemplo.
  3. Não tenha pressa em conhecer o paquera. A melhor parte da “fase da conversa” é a possibilidade de, aos poucos, desenvolver uma conexão duradoura com o crush, que o ajudará a descobrir se realmente quer um date com ele. Comece perguntando sobre o trabalho ou estudos, os hobbies e os interesses dele. À medida que se sentem mais à vontade um com o outro, vocês poderão abordar assuntos mais íntimos, como valores, crenças, objetivos, detalhes familiares e relacionamentos anteriores.
    • No entanto, como a “fase da conversa” varia para cada indivíduo e relacionamento, não há nada de errado se ela acabar rapidamente. Se você sente que é o momento certo, então de fato é!
    • Esse período permite que a relação entre vocês se desenvolva de maneira natural. Com o passar do tempo, vocês vão bater papo com maior frequência, ter mais encontros e se aproximarão, de forma que cada um abrirá naturalmente o coração com o outro.
  4. Enquanto estiverem conversando, é importante que ambos sejam honestos. Até mesmo em um momento mais casual de troca de ideias, nem você e nem o parceiro devem fingir e fugir de suas naturezas. É fundamental, por exemplo, deixarem claro o que cada um deseja da vida; se aquilo não pode ser conseguido em um relacionamento, será mais fácil tomar uma decisão boa para ambos durante o papo.
    • O ideal é que um saiba quais as intenções do outro para definirem se querem um compromisso mais sério ou não.
  5. Caso saiba que deseja um relacionamento, deixe bem claro ao crush como se sente. Pergunte se ele quer sair com você para conversarem sobre a relação; seja confiante e exponha seus sentimentos sem medo. Por exemplo: fale que deseja algo mais sério ou pergunte se ele quer namorar com você.
    • É uma ótima ideia perguntar ao paquera como ele se sente sobre o relacionamento, também.
    • Comece o diálogo da seguinte maneira, por exemplo: “Eu adoro conversar com você e acho que poderíamos ter algo mais sério... O que você pensa?”
  6. Se a pessoa não pode atender às suas necessidades, pode ser hora de partir para outra. Ao notar que não há uma evolução ou se você ouviu que ela não quer um compromisso, provavelmente o mais sensato será procurar outro parceiro. Sim, é difícil se desapegar de alguém no qual investiu tanto tempo, mas lembre-se de que você merece alguém que o ame, o respeite e que pode dar o que precisa em uma relação.
    • Não há problema e é até normal ficar de luto pelo fim do relacionamento. Busque apoio de amigos e parentes e dedique-se a si próprio, no momento.
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.