Como Apoiar Alguém que Está Tendo uma Emergência Familiar

Опубликовал Admin
14-11-2023, 00:10
277
0
Passar por emergências familiares sempre é um susto e tanto — até quando elas não acontecem nas nossas famílias. Nessas horas, mostrar apoio, carinho e compreensão por amigos ou parentes faz toda a diferença. Não importa quem está passando pela crise, a coisa mais importante que você pode fazer é ser um porto seguro! Para isso, leia as sugestões de frases que reunimos neste artigo e nunca mais tenha dúvidas sobre o que dizer.

"Sinto muito."

  1. Até uma expressão de preocupação simples assim já pode fazer a diferença. Não importa se você está confortando um conhecido, amigo, colega de trabalho ou parente, "Sinto muito" mostra que entende o que está acontecendo — e veio prestar sua solidariedade. Além disso, essa mensagem deixa clara a sua disposição para falar do assunto (caso a pessoa queira).
    • "Sinto muito que seu tio está no hospital. Estamos orando por ele lá em casa."
    • "Fiquei sabendo que sua irmã sofreu um acidente. Sinto muito! Espero que ela se recupere logo."
    • "Sinto muito pela morte do seu avô. Meus sentimentos a você e à sua família."

"Obrigado por me avisar."

  1. Caso se trate de um funcionário ou colega de trabalho, agradeça à pessoa por ter avisado. Como a maioria das emergências familiares acontece de repente e é complicada de resolver, nem sempre dá para avisar os outros logo de cara. Mesmo assim, agradeça à pessoa pelo tempo e a energia que ela teve de explicar a situação a você.
    • "Obrigado por avisar, e sinto muito pelo quadro de saúde da sua mãe."
    • "Obrigado pelas notícias. Nem imagino o quanto isso deve ser estressante. Desejo o melhor à sua família!"
    • "Obrigado pelo aviso. Não se preocupa com o projeto! Eu posso terminar sozinho numa boa."

"Estou enviando boas energias a você e sua família."

  1. Diga à pessoa que você está pensando nela neste momento difícil. É uma boa ideia falar que você está enviando boas energias à pessoa enquanto ela passa pela emergência familiar. De quebra, isso é um gesto legal para mostrar seu carinho ao longo do tempo — afinal, pode ser que a emergência não se resolva de uma vez. Continue pensando positivo!
    • "Estava pensando em você hoje. E te enviando boas vibrações."
    • "Acabei de receber a notícia. Estou enviando boas energias a você e à sua família."
    • "Estou com você e sua família no coração. Espero que tudo se resolva."

"Não sei o que dizer, mas estou aqui."

  1. É comum não saber o que dizer em situações muito tensas. Às vezes, nem existem palavras legais mesmo. Reconheça isso, mas deixando claro que a situação da pessoa ainda é importante para você. É melhor se fazer presente, já que seu apoio pode valer mais que mil palavras.
    • "Nem sei o que dizer. Posso fazer alguma coisa por você?"
    • "Queria achar as palavras certas para falar agora, mas estou aqui por você de todo jeito."
    • "Queria poder te tranquilizar, mas sei que não é simples assim. Se houver alguma coisa que eu possa fazer, me fala."

"Nem imagino o que você está sentindo."

  1. Mostre sua solidariedade sem tentar comparar a experiência da pessoa à sua. Quando se trata de emergências familiares, cada pessoa passa por uma experiência diferente. Você pode falar um pouco das suas (se tiver vivido algo parecido, claro), mas isso não quer dizer que ela sinta o mesmo. Antes de dizer qualquer coisa, coloque-se no lugar do outro e reflita sobre o que ele pode estar sentindo.
    • "Nem imagino pelo que você está passando. Meus sentimentos pela sua perda."
    • "Lembro do quanto foi complicado lidar com a doença do meu avô. Não sei o que você está sentindo agora, mas estou aqui ao seu lado."
    • "Nossa, isso parece bem pesado. Não esquece que você pode contar comigo!"

"Estou aqui se você quiser conversar."

  1. Seja um bom ouvinte e deixe a pessoa desabafar sobre o problema que está enfrentando. Para muitas pessoas, falar sobre o que está acontecendo pode ajudar a processar sentimentos ruins e aliviar o peso aos poucos. À medida que seu amigo (ou conhecido, parente etc.) desabafa, demonstre interesse e faça perguntas que indiquem seu nível de atenção. Só não o interrompa: espere o momento natural para se manifestar!
    • "Se você acha que vai ajudar, podemos falar do assunto. Quero saber mais para te ajudar como puder."
    • "Você precisa desabafar? Estou aqui para ouvir o que for necessário."
    • "Estou ouvindo. Vamos falar sobre o assunto e, com sorte, você vai ficar um pouco mais aliviado."
    • Não ofereça conselhos (a menos que a pessoa peça). Muitas vezes, quem passa por emergências familiares só quer ser compreendido — e não "curado".

"Saiba que o que você sente é totalmente válido."

  1. Diga à pessoa que não existe um jeito "certo" ou "errado" de se sentir nessas horas. Emergências familiares podem ser complicadas e muito estressantes. Por isso, é natural sentir emoções confusas e conflitantes. Pode ser até que a pessoa esteja frustrada com a própria vítima dessa emergência! Seja como for, aceite esses sentimentos e não insista para ela "deixar para lá" ou mudar de comportamento.
    • "Tudo bem você estar assim. Não existe um jeito certo de agir ou se sentir agora."
    • "Não existe um jeito certo de se sentir. Você tem o direito de processar o que está acontecendo da forma como entender."
    • "Tudo que você sente agora é justificável. Ninguém pode te repreender por isso."

"Não tenha pressa para nada."

  1. Dê à pessoa o tempo e espaço de que ela precisa para lidar com a emergência familiar. Quase ninguém se recupera de uma emergência familiar logo de cara, ainda mais quando se trata de uma questão de saúde ou até morte. Lembre a pessoa de que cada um processa seus sentimentos de um jeito diferente — e que ela não precisa ter pressa para nada nessa situação.
    • "Você não precisa ter pressa. Vai descobrir como lidar com isso no seu próprio tempo."
    • "Não existe um período de tempo fixo para se recuperar. Você pode processar suas emoções com calma."
    • "Nunca é fácil lidar com uma morte na família. Ninguém vai cobrar que você retome sua vida agora!".

"Vou estar sempre ao seu lado."

  1. Esteja presente e apoie a pessoa durante a emergência. O gesto mais afetuoso que você pode fazer por uma pessoa — sua parceira, seu parceiro, um amigo etc. — é estar ao lado dela enquanto ela enfrenta o problema. Todo mundo precisa de um sistema de apoio nessas épocas da vida! Ter companhia durante esses momentos é fundamental.
    • "Te amo e estou aqui para o que der e vier."
    • "Você é uma pessoa forte e capaz. Vai sair dessa, e pode contar comigo o tempo todo."
    • "Vou ficar ao seu lado pelo tempo que for necessário. É para isso que servem os amigos, não é?"

"Me fala se você precisar de qualquer coisa."

  1. Mostre à pessoa que você quer ajudar nessa época difícil. Caso se trate de um colega de trabalho ou conhecido, fica mais fácil perguntar se você pode fazer alguma coisa. Ofereça seu apoio para deixar claro que ele não está sozinho: tem um aliado fiel.
    • "Você pode me ligar sempre que precisar."
    • "Você tem meu número e meu endereço. Se precisar que eu faça qualquer coisa, é só mandar mensagem."
    • "Não precisa ter vergonha de me pedir nada. Quero ajudar de todas as formas possíveis."

"Posso levar alguma coisa pra você comer hoje à noite?".

  1. Se você conhece bem a pessoa, ajude-a diretamente (em vez de pedir sugestões). Que tal fazer compras, cuidar dos filhos dela ou dar uma carona quando ela precisar? Sempre que um amigo ou outra pessoa próxima passa por uma emergência familiar, vale a pena pensar em ideias concretas e proativas para você dar uma força.
    • "Vou ao mercado mais tarde. O que você quer que eu compre?"
    • "Não dá trabalho nenhum cuidar do seu gato enquanto você lida com essa situação! Não precisa ter pressa."
    • "Se você tiver um tempinho essa semana, vamos caminhar no parque? Podemos também tomar um café e colocar o papo em dia."

"Estou orando pela sua família."

  1. Se a pessoa é religiosa, significa que orações (ou algo equivalente) são uma fonte importante de conforto. Antes de dizer que vai orar, confirme que ela tem um lado espiritual. Se tiver, diga que vai orar pela família dela neste momento tão difícil da vida.
    • "Estou orando para sua avó se recuperar."
    • "Estamos orando para que as coisas fiquem mais fáceis para você e sua família."
    • "Que Deus cuide da sua família, principalmente do seu irmão. Estou com vocês no coração."

"Como você está?".

  1. Pergunte como a pessoa está (em vez de deduzir sozinho). Isto mostra o quando você se importa com ela e a família, além de ser uma boa chance de entender melhor a situação e o que ela está sentindo. A partir disso, decida qual é o melhor tom para a conversa.
    • "Só para saber: como estão as coisas? Tenho pensado bastante em você."
    • "Como você está hoje? Espero que não ache ruim eu mandar mensagem de vez em quando. Quero saber se as coisas estão melhorando."
    • "Como você está se sentindo? As coisas pareciam bem intensas aquele dia. Fiquei preocupado com você."
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.