Como Fazer uma Pesquisa

Опубликовал Admin
26-09-2016, 14:35
1 291
0
Um pesquisador é definido pela curiosidade, organização e meticulosidade. Se você estiver tentando fazer um projeto de pesquisa, então encontrar, avaliar e documentar fontes de forma metódica irão melhorar os resultados de um projeto. Defina, refine e esboce seus materiais até que você tenha evidência suficiente para escrever um relatório conclusivo.

Definindo o Âmbito do Projeto

  1. Determine um bom motivo pelo qual essa pesquisa precisa ser feita. Clarifique quem ajudará. A resposta pode ser baseada nas suas necessidades acadêmicas, pessoais ou profissionais, e deve ser sua motivação para fazer um trabalho completo.
  2. Defina o problema ou a questão em mãos. Você deve fazer a pergunta com termos básicos, períodos de tempo e disciplinas. Escreva as sub-perguntas que precisam ser pesquisadas antes de responder sua pergunta.
  3. Considere a sua tese. Geralmente, uma tese é uma resposta a um tópico geral ou a uma pergunta. Você deve ter uma ideia da finalidade do uso da sua pesquisa; no entanto, isso não precisa estar completamente formado antes de começar o seu projeto de pesquisa.
  4. Submeta uma proposta de pesquisa, se for necessário para o seu professor, chefe ou grupo. Geralmente, uma proposta de pesquisa é necessária para projetos que durarão mais que algumas semanas.
    • Trabalhos, projetos de graduação e projetos de pesquisa em campo precisarão de uma proposta de pesquisa que declara que problema você gostaria de resolver através da investigação.
    • Declare o problema primeiro e depois explique por que o problema é relevante e importante para as pessoas a quem você submeterá a pesquisa.
    • Inclua os tipos de pesquisa que você gostaria de conduzir, incluindo leitura, questionários, dados estatísticos coletados ou trabalho com especialistas.
  5. Defina o âmbito e os parâmetros do seu projeto. Os seguintes tópicos devem ser determinados antes de começar:
    • Um calendário para a pesquisa acontecer. Você precisará determinar um tempo para cobrir suas bases com sucesso.
    • Uma lista de tópicos que você gostaria de incluir no seu relatório final. Se você tiver um programa ou uma tarefa oficial, ele deve explicar o âmbito.
    • O plano de revisão pelos professores ou gerentes, para que você possa verificar o progresso da pesquisa.
    • O número de fontes necessárias. Geralmente, o número de fontes é comensurado com o comprimento do trabalho.
    • O formato da sua lista de pesquisa, lista de citações e de trabalhos.

Encontrando Fontes

  1. Comece na internet com os mecanismos de pesquisa. Digite termos básicos da sua pesquisa para ter um conhecimento superficial do assunto.
    • Dê preferência a sites que têm como fonte universidades, cientistas, projetos de pesquisa do governo ou periódicos.
    • Liste qualquer fonte excepcional que você se sentir confortável ao citar.
    • Use sinais de adição para pesquisar vários termos quando eles são usados juntos. Por exemplo, “Natal+Liquidação.”
    • Use sinais de subtração para excluir termos de pesquisa. Por exemplo, “+Natal -compras.”
    • Colete informações sobre o site como a data publicada, a autoridade que publicou e a data que você o acessou, assim como o URL.
  2. Siga em diante para a biblioteca. Se possível, use a biblioteca da sua universidade. Se não houver uma biblioteca menor, obtenha um cartão da biblioteca pública.
    • Consulte um bibliotecário na seção de referências para descobrir a quais coleções, periódicos e dicionários a biblioteca tem acesso. Por exemplo, o diretório da Biblioteca do Congresso lhe dará acesso a todos os livros publicados sobre algum assunto.
    • Faça uma leitura sobre o contexto, como livros históricos, fotos e definições em um dicionário especializado.
    • Use o catálogo do cartão eletrônico para ter acesso a livros que podem ser solicitados de outras bibliotecas.
    • Use o laboratório de informática para ter acesso a periódicos e outra mídia disponível apenas na biblioteca. Por exemplo, alguns periódicos científicos podem estar disponíveis apenas nos computadores da biblioteca.
    • Procure outras fontes no laboratório de mídia, como microfichas, filmes e entrevistas disponíveis através da biblioteca.
    • Solicite materiais através da seção de referências ou pela conta online da biblioteca.
  3. Marque entrevistas com pessoas que tenham experiência com o tópico da pesquisa. Entrevistas e questionários podem fornecer citações, direção e estatística que sustentem a sua pesquisa. Entreviste profissionais e testemunhas que tenham feito pesquisas relevantes no passado.
  4. Organize uma pesquisa observacional. Fazer uma viagem para coletar informações em um local relevante pode ajudar a estabelecer um contexto histórico ao seu projeto de pesquisa. Se for permitido usar opiniões no seu relatório de pesquisa, você precisará fazer anotações de como a pesquisa cresce e muda no seu ponto de vista.
  5. Refine sua procura ao desenvolver uma direção à sua pesquisa. Quando você decidir sua tese, você deve dividi-la em sub-tópicos que você possa procurar online, em uma biblioteca ou fazendo entrevistas e pesquisa observacional individualmente. Lembre-se que você provavelmente precisará de seis fontes boas para cada 15 páginas do seu relatório final.

Avaliando as Fontes

  1. Verifique se a fonte é primária ou secundária. Fontes primárias são evidências, artefatos ou documentos originados de pessoas que tiveram contato direto com uma situação. Fontes secundárias são aquelas que discutem informações de fontes primárias.
    • Uma fonte secundária pode ser um ponto de vista ou análise de um evento ou documento histórico original. Por exemplo, um registro de imigração pode ser a fonte primária, enquanto um artigo de um jornal sobre a ancestralidade de uma família pode ser a fonte secundária.
  2. Prefira fontes objetivas a subjetivas. Se o narrador de um relato não estiver pessoalmente conectado ao assunto, ele provavelmente será objetivo em relação ao assunto.
  3. Dê preferência a fontes que tenham sido publicadas de forma impressa. Fontes online geralmente apresentam controles menos rígidos do que artigos publicados em periódicos ou livros.
  4. Procure fontes contrastantes. Fontes subjetivas que tenham pontos de vista opostos são extremamente importantes, porque podem dar uma visão maior sobre o assunto. Encontre esses pontos de vista na sua discussão e documente qualquer forma possível de lidar com eles.
    • É fácil conduzir uma pesquisa que sustenta a sua tese. Tente encontrar fontes que discordem com sua tese para que você possa lidar com objeções ao seu projeto.
  5. Avalie se a fonte é relevante e/ou equivocada antes de usar a pesquisa no seu projeto. Mantenha as fontes separadas até determinar se você quer usar essa fonte como parte da sua pesquisa. Embora sejam úteis no processo de pesquisa, algumas fontes não serão valiosas o suficiente para sustentar uma pesquisa publicada.

Registrando Informações

  1. Obtenha um caderno. Escreva perguntas propostas à sua pesquisa seguidas de recursos e respostas encontradas. Coloque a referência do número da página, URLs e recursos que responderam a essas perguntas.
  2. Anote todo o texto. Tire cópias de recursos impressos e anote recursos visuais e em áudio. Faça anotações nas margens sobre termos que precisam ser definidos, sobre a relevância para o tópico da sua pesquisa e recursos que baseiam umas às outras.
    • Use um marcador de texto ou um lápis nas cópias. Você deve usar o marcador enquanto lê, em vez de voltar e fazer isso depois.
    • Anotação promove uma leitura ativa.
    • Mantenha uma lista de citações que podem ser úteis no seu relatório.
  3. Mantenha um arquivo onde guardar toda a sua pesquisa. Separe em pastas de acordo com os tópicos diferentes, se possível. Você pode usar um sistema de preenchimento eletrônico para manter cópias escaneadas, sites e anotações juntos.
  4. Desenvolva um esboço ao prosseguir com a pesquisa. Separe os tópicos por números. Depois coloque letras nos sub-tópicos que você precisa pesquisar e registrar.

Abordando Obstáculos

  1. Não faça as coisas sozinho. Não baseie a sua teoria em generalizações feitas de pesquisas anteriores. Tente não pressupor que uma abordagem anterior seja a única abordagem.
    • Fique longe da sua pesquisa por alguns dias para ver as coisas com olhos frescos. Tire uma folga toda semana como você faria com um trabalho.
  2. Fale sobre a sua pesquisa com alguém que não sabe nada sobre o tópico. Tente explicar o que você tem encontrado. Peça para a pessoa fazer perguntas que surgirem ao ouvirem sobre o tópico para vê-lo com olhos frescos.
  3. Tente encontrar recursos em disciplinas diferentes. Se você estiver abordando o assunto por uma perspectiva antropológica, tente usar pesquisas em sociologia, biologia ou outro campo. Expanda seus recursos através da seção de referências da biblioteca.
  4. Comece a escrever. Comece a preencher o esboço. Ao escrever, você decidirá quais sub-seções precisam de mais pesquisa.

Materiais Necessários

  • Cartão da biblioteca
  • Caderno
  • Marcador de livro
  • Fotocopiadora
  • Lápis
  • Pastas
  • Esboço
  • Sistema de preenchimento eletrônico
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.