Como Fazer um Porquinho da Índia Reproduzir

Опубликовал Admin
18-06-2017, 12:20
1 050
0
Reproduzir um porquinho da índia inclui correr alguns riscos. Cada fêmea que reproduz tem uma chance muito pequena de morrer como resultado direto de complicações durante a gravidez, no parto ou de toxemia após o parto. No entanto, se você fizer uma reprodução apenas dos animais que aparentam ser saudáveis, os riscos serão mínimos em relação aos benefícios.

Passos

  1. Certifique-se de que os porquinhos da índia têm menos de 10 meses e mais de 6 meses de idade. Verifique se ambos estão totalmente saudáveis.
    • Trate ambos com ivermectina, só para garantir, mas faça-o com antecedência; no mínimo, mais de uma semana antes do casal se encontrar. Não faça depois do encontro, pois os produtos químicos podem interferir em seus hormônios e na sua capacidade de produzir crias saudáveis.
    • Verifique o histórico familiar de saúde de ambos antes do acasalamento, já que doenças genéticas são extremamente comuns em porquinhos da índia – verifique os irmãos e pais de ambos.
  2. Após escolher os porquinhos da índia, apresente-os. Por favor, apresente-os adequadamente, pois simplesmente colocá-los juntos imediatamente pode resultar em lutas por território e ferimentos graves, principalmente se o macho for muito maior do que a fêmea.
    • Não coloque mais de um macho com uma fêmea, pois isso pode levar a disputas severas.
    • Para ter maiores chances de a fêmea engravidar, apresente apenas uma fêmea a um macho.
  3. Enquanto você tenta fazer os porquinhos da índia acasalarem, coloque vegetais frescos e água em abundância e verifique se a fêmea, em particular, está ingerindo uma boa quantidade, ou até excessiva, das vitaminas necessárias, especialmente a vitamina C.
    • É altamente recomendável que você dê comprimidos de vitamina C aos porquinhos da índia durante o período de acasalamento e gestação. Não use comprimidos solúveis, pois eles perdem o efeito rapidamente e evitam que os porquinhos bebam água, o que pode levar à desidratação.
  4. Mantenha a gaiola limpa e livre de detritos em todos os momentos. Tente não perturbar muito os porquinhos da índia, mas não deixe de verificar se eles estão saudáveis e felizes o suficiente.
    • Se ficar claro que o macho não está interessado ou que a fêmea não vai permitir que o macho monte nela, separe os porquinhos – você sempre pode tentar novamente mais tarde. O período fértil das fêmeas dura cerca de 16 dias. Portanto, a fêmea pode não engravidar fora desse período. Em outras situações, o macho ou a fêmea não estão interessados o suficiente.
  5. Separe o macho e a fêmea depois que souber que a fêmea está grávida.
    • Algumas pessoas acham que os filhotes ficariam mais confortáveis com um papai e uma mamãe, mas o macho pode continuar a tentar montar na fêmea enquanto ela estiver grávida ou logo após o nascimento dos filhotes (o que pode resultar na morte da fêmea). Ele também pode amedrontar os filhotes quando eles nascerem.
  6. Se você tiver outros machos, reintroduza o macho ao grupo.
    • Por favor, tome o cuidado de introduzi-lo ao grupo corretamente. Apesar de o macho já ter vivido com os outros anteriormente, isso não significa que eles vão aceitá-lo imediatamente de novo.
  7. O período de gestação de um porquinho da índia é de nove a dez semanas. Este valor é apenas uma média e dependendo da idade da fêmea e do tamanho da ninhada (uma média de 1-6 crias), esse período pode variar.
    • É altamente recomendável que você leve a fêmea ao veterinário durante a gravidez para verificar se ela está saudável e se a gravidez está indo bem. Se possível, leve-a ao veterinário também quando ela estiver perto do final da gravidez. Um veterinário especializado será capaz de observar se existem sinais de que poderia haver complicações durante o parto.
  8. Enquanto a fêmea estiver grávida, dê a ela muitas vitaminas e a alimente bem.
    • As fêmeas vão beber uma quantidade absurda de água durante a gravidez, então, não se esqueça de trocar a água diariamente.
    • No final das contas, as fêmeas têm de comer por cinco enquanto estiverem grávidas, por isso, dê quantidades abundantes de feno, muitos vegetais frescos e uma tigela de ração por dia. O peso da fêmea deve dobrar durante o período de gravidez.
    • As vitaminas são essenciais enquanto a fêmea estiver grávida. Alimente-a com vegetais que são ricos em vitamina C e cálcio. Dê comprimidos de vitaminas para ambos (mas não os solúveis, por razões ditas acima). Saiba que uma fêmea com uma ninhada menor exige 3 vezes a quantidade de vitamina C de uma fêmea adulta comum.
  9. Depois de cerca de três semanas (ou antes), separe a fêmea de suas companheiras e coloque- a em uma "maternidade". É vital que a fêmea tenha total paz e tranquilidade durante o período de gravidez e que ela descanse bem.
    • É necessário separar a fêmea das outras fêmeas porque elas podem pisotear os filhotes após o nascimento. Estando separada, a mãe tem mais chances de dar toda a sua atenção a seus filhotes, se não houver mais ninguém para distraí-la.
  10. É extremamente difícil dizer quando a fêmea está pronta para dar à luz. Por causa disso, você deve vigiar constante quando ela se aproximar da nona semana. Você pode notar um ligeiro alargamento dos quadris, indicando que ela provavelmente vai dar à luz na próxima semana.
  11. Um parto simples leva cerca de uma hora. No caso de a fêmea ter mais de um filhote, haverá um intervalo de cerca de cinco minutos entre as crias.
    • Não junte uma multidão de gente para ver a fêmea dando à luz. Deixe apenas uma pessoa com ela para supervisionar a parto. Não segure a fêmea enquanto ela estiver parindo, pois isso pode ser extremamente desconfortável e estressante para ela.
    • A menos que o parto tenha alguma complicação (demorar mais de uma hora, a fêmea começar a ficar "extremamente" estressada, desmaiar/ficar inconsciente), ela não precisa ser levada a um veterinário para dar à luz – em casa, em paz e na tranquilidade é a melhor opção para a fêmea. Basta deixar a natureza seguir o seu curso.
    • As fêmeas perdem uma grande quantidade de fluido que contém altos níveis de vitaminas e nutrientes quando dão à luz. Por causa disso, é essencial que você a ajude a recuperar as vitaminas/nutrientes que ela perdeu o mais rapidamente possível, pois a falta deles a deixa fraca e suscetível a infecções.
  12. Pese as fêmeas durante a gravidez e a fêmea e filhotes após seu nascimento. Faça isso 1-2 vezes por semana. Se acontecer de o peso começa a cair, consulte um veterinário imediatamente.
  13. Os filhotes devem ser capazes de andar e de ver imediatamente após o nascimento. Eles serão capazes de se alimentar no mesmo dia do seu nascimento. O período de desmame para os filhotes pode ser em qualquer época entre 14 e 28 dias.
    • Os filhotes devem ser capazes de começar a ingerir alimentos sólidos, além do leite de sua mãe dentro de alguns dias após o nascimento.
    • É recomendável que você coloque uma lâmpada para fornecer calor para os filhotes na primeira semana após o nascimento apenas para mantê-los aquecidos. Certifique-se de que todos os filhotes possam se afastar da lâmpada a qualquer momento.
  14. Assim que os filhotes forem desmamados, separe os machos das fêmeas. Nesta época, os filhotes devem pesar em torno de 150 - 250g.
    • Se os filhotes ainda não desmamaram depois de 3 semanas, os machos devem ser separados de qualquer maneira – com 3 semanas de idade, um macho poderia facilmente engravidar sua mãe. Uma gravidez como essa seria fatal para a mãe e para os filhotes que ainda não nasceram.
    • Para uma fêmea, poucos dias após o parto, o peso pode variar – isso é apenas a sua forma de se recuperar e de se readaptar.
  15. Leve a mãe e os filhotes para o veterinário com menos de uma semana após o parto para fazer um check-up. Isso é essencial para garantir que mãe e os filhotes estejam saudáveis e se recuperando bem. Doenças e infecções poucos dias após o nascimento são tão comuns que se pode dizer que, pelo menos, um dos porquinhos da índia ficará doente.
  16. Assim como você faria com qualquer animal de estimação novo, apresente-se para os filhotes lentamente e não os segure na mão até que eles tenham algumas semanas de idade.
    • Também não é recomendável que você segure a fêmea por alguns dias/semanas após o parto.
  17. Quando os filhotes forem desmamados, você pode apresentá-los às outras fêmeas/machos. Nesse momento, você também pode reintroduzir a fêmea em seu grupo, se você tiver outras fêmeas.
    • Quando você reintegrar a fêmea ao seu grupo, apesar de ela ter vivido com as outras anteriormente, isto não significa que elas vão aceitá-la de volta imediatamente. A fêmea e os filhotes terão de ser introduzidos corretamente para evitar o confronto.
  18. Os filhotes só podem ser introduzidos ao sexo oposto se os machos forem castrados.
    • Os porquinhos da índia só podem ser castrados se tiverem mais de 3 meses de idade e cerca de 700g ou, de preferência, mais.
    • Quando for castrá-los, procure sempre um veterinário experiente que seja especializado – um veterinário de gatos/cães comum não estará totalmente equipada ou treinado para realizar essa operação com sucesso.
  19. O macho usado para ser o pai dos filhotes não deve ser reintroduzido ao grupo das fêmeas, a menos que ele também tenha sido castrado.
    • Isto porque, se ele for apresentado a uma fêmea, quase certamente ele vai engravidá-la novamente, caso em que ela seria incapaz de cuidar de seus filhotes até que estejam devidamente na fase adulta (cerca de 3-4 meses). A esta altura, a fêmea vai estar muito velha para ser mãe de outra ninhada com sucesso.

Dicas

  • Certifique-se sempre de que o macho e a fêmea estejam saudáveis e na idade correta antes de tentar a reprodução. Verifique também se eles estão no peso adequado.
  • A mãe come após o parto, por isso, não se assuste se vir uma cena como essa – é natural.
  • Caso ocorra a circunstância infeliz em que a mãe é incapaz de cuidar de seus filhotes, não desanime – é possível amamentar os filhotes.
  • Se você precisar amamentar os filhotes, você pode usar a fórmula caseira para gatos e uma seringa, embora os porquinhos da índia possam comer alimentos sólidos assim que nascem.

Avisos

  • Cruzar os porquinhos da índia da mesma família aumenta as chances de mortalidade tanto para a fêmea como para os filhotes e também aumenta as incidências de doenças ou deformidade nos filhotes.
  • Os machos podem fecundar uma fêmea imediatamente após o parto. Gravidezes seguidas são extremamente difíceis e insalubres para as fêmeas, o que muitas vezes resulta na perda da mãe e, por vezes, dos bebês também.
  • As fêmeas, especialmente aquelas com mais de seis meses e mães inexperientes, tem 1 em 5 chances de morrer como resultado direto de complicações durante a gravidez, durante/após o parto ou de toxemia após o parto.
  • Abortos e natimortos são extremamente comuns em porquinhos da índia.
  • Acidentes podem acontecer com os filhotes (sufocarem nos fluidos, serem esmagados pela mãe, escaparem da jaula e morrerem).
  • Já que os filhotes nascem prontos para correr e há uma grande quantidade de fluidos durante o parto, as complicações podem ocorrer durante o processo do nascimento.

Materiais Necessários

  • Compreender todos os riscos envolvidos.
  • Muito tempo e a capacidade de cuidar de até oito porquinhos-da-índia a mais.
  • Dinheiro para financiar o aumento dos gastos que você vai ter no final (até 5x mais) e para as várias consultas com os veterinários.
  • Dois porquinhos da índia saudáveis do sexo oposto.
  • Duas gaiolas, se você tiver só um macho e uma fêmea (se você tiver mais porquinhos da índia, você vai ter de ter mais gaiolas para eles também).
  • Registros da família imediata do macho e da fêmea.
  • Lâmpadas de calor, alimentos e suplementos para a fêmea.
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.