Como Não Engordar Durante as Festas de Fim de Ano

Опубликовал Admin
19-11-2017, 11:00
115
0
É quase impossível resistir às tentações gastronômicas de Natal e Ano Novo. Tender, peru, pernil, panetone... e uma semana depois começa tudo de novo, com os pratos e tradições que não podem faltar para dar sorte no ano que começa. Mas isso não quer dizer que você precisa engordar e colocar a perder os sacrifícios do ano inteiro! Com um pouco de planejamento, aprenda a encarar a comida de um modo diferente e aproveite as festas sem culpa.

Planeje com Antecedência

  1. Maneire na quantidade de calorias uma semana antes do início das festas. A melhor coisa das festas de fim de ano é que você sabe exatamente quando vai ser. Não é como se um amigo tivesse aparecido de uma hora para a outra na sua casa com um pote de sorvete. Aproveite para se preparar e a ceia de Natal vai até parecer mais apetitosa!
    • Não estamos defendendo as dietas propriamente ditas. O que nós estamos dizendo é que você pode evitar a sobremesa, o cafezinho com bolo e as tardes fazendo doces em casa. Quando sair para comer fora, peça logo de cara um recipiente e separe metade para levar para casa. Introduza alguma atividade física no seu dia a dia, como pegar as escadas em vez do elevador ou descer do ônibus um ponto antes. A intenção aqui não é emagrecer, mas simplesmente não engordar.
  2. Esconda as tentações. Quando a casa inteira está recheada de balinhas, biscoitos, chocolatinhos e outras tentações, fica muito difícil manter o controle. Não precisa adotar atitudes drásticas, jogar tudo fora, nada disso. Coloque-os em um pote opaco e dentro do armário, onde você não enxerga o tempo inteiro. Acredite, funciona!
    • Quando tem sempre uma mesa cheia de coisas deliciosas na nossa frente, pode perder as esperanças. Mas quando você não as enxerga o tempo todo, muitas vezes consegue esquecer que elas existem, evitando o hábito de beliscar mesmo quando está sem fome. Faça um favor a você mesmo e guarde tudo antes que seja tarde demais.
  3. Programe os exercícios. Nos períodos em que estamos mais sobrecarregados de compromissos – e o fim do ano é sempre a pior época nesse sentido! – a primeira coisa que cortamos da rotina são os exercícios. Seja porque mudaram os horários das aulas na academia, porque viajamos ou porque temos mais eventos e obrigações de família, entramos num ritmo frenético de jantares de confraternização, apresentações de escola e compras em shoppings lotados. Resultado: passamos tempo demais sentados, parados em filas e, claro, comendo. Em vez de ceder, mantenha o controle da situação.
    • Ligue para a sua academia e descubra os novos horários. Levante-se 30 minutos mais cedo e faça 20 minutos de exercícios pela manhã. Vá às compras de Natal somente depois de fazer uma sessão de caminhada. Quando o exercício físico virar uma prioridade, vai ser muito mais fácil manter o ritmo.
  4. Reduza o estresse. A maioria de nós nesta época do ano corre de um lado para o outro que nem barata tonta. O aumento nos níveis de estresse eleva a produção de cortisol, o que pode causar sobrepeso. E você pensando que era só culpa do panetone!
    • Arrume um tempinho pela manhã para fazer um pouco de alongamento e exercícios leves ou encaixe sessões de ioga ao longo do dia quando possível. Separe uns 10 minutinhos de pausa para você mesmo enquanto estiver sentado à escrivaninha no trabalho. Faça algo que o ajude a relaxar. Você vai sentir os resultados mais para a frente.
  5. Planeje uma rotina de exercícios de férias. Talvez falar em rotina de treinos seja colocar o carro na frente dos bois. Para programar os treinos, você precisa já estar treinando e saber como fazê-lo. Então, vamos lá: o que você poderia começar a fazer, já a partir de hoje, que seja viável e prazeroso? Qualquer coisa é melhor que nada!
    • Se for viajar, que tipo de treinos poderia fazer sozinho e sem precisar de aparelhos? Os chamados Core workouts (polichinelos, pranchas, agachamentos, etc) podem ser feitos até mesmo em um quarto de hotel ou no quarto do tio do seu namorado.
    • Envolva a sua família. Crie o hábito de fazer uma caminhada no fim do dia, se o tempo estiver bom. Senão, mesmo se movimentar um pouco dentro de casa pode ser divertido para a família toda.
    • Inscreva-se em uma corrida. Procure eventos de corrida na sua cidade nesta época; pode ser 5 km, 10 km ou o que for: o importante é participar!
  6. Mantenha-se aquecido. Quando o nosso corpo está frio, só dá vontade de ficar quietinho encolhido esperando o frio passar. Por isso, mesmo que o período natalino no Brasil seja em pleno verão, não exagere no ar-condicionado em ambientes fechados e, sempre que possível, mantenha-se em movimento. E sabe o que acontece quando você se mantem em movimento? Queima calorias!
    • Quando os nossos músculos estão aquecidos e relaxados, é bem mais provável que se tenha vontade de treinar. Então se mexa um pouco pela casa de tempos em tempos e aquela sessão de exercícios no fim do dia não vai parecer tão difícil.

Planeje a Ceia

  1. Proponha-se para fazer a ceia na sua casa. Dessa forma, você será responsável pelo menu e poderá planejar do início ao fim o que vai para a mesa. Lembre-se de perguntar se algum dos seus convidados tem restrições alimentares! Se preferir o esquema em que cada um leva um prato, organize uma lista com opções menos calóricas para sugerir aos seus convidados; pode usar a desculpa de que você quer evitar que levem coisas repetidas.
    • Não se esqueça da mesa. Procure por artigos aqui no wikiHow sobre decorações festivas.
  2. Reinvente seus pratos tradicionais favoritos. Escolha alimentos naturais, não processados e prepare-os de um modo mais simples e saboroso, abusando de ervas aromáticas, temperos e frutas cítricas como limão e laranja. Esqueça os enlatados e prefira alimentos de origem vegetal. Muitas vezes um bom azeite de oliva, sal e pimenta são o suficiente para temperar legumes e saladas.
    • Existem muitos sites de receitas que incluem opções de menu saudáveis e equilibradas. Muitas receitas são pensadas especialmente para Natal e Réveillon, então aproveite!
  3. Substitua. Quando uma receita levar ovos, manteiga, óleo e açúcar, por exemplo, é possível improvisar e adaptar sem medo. Além do óbvio (como usar adoçante em vez de açúcar), em alguns casos você pode usar iogurte, banana ou purê de maçã no lugar dos ovos ou do óleo para aumentar a cremosidade de molhos e recheios.
    • Para começar, leia no wikiHow sobre como substituir os ovos em suas receitas e como usar purê de maçã para assar pães e doces. E, sim, fica muito gostoso.
  4. Exagere nos legumes e verduras. Vegetais têm muito menos calorias por grama do que carnes e carboidratos. Se forem preparados corretamente (sem muita gordura), pode encher de opções verdes a mesa e o prato, e de quebra vai sobrar menos espaço para os pratos mais pesados.
    • Prepare um purê de batatas com 25% de couve-flor. Não conte a ninguém e veja se alguém percebe.
    • Prefira óleos mais saudáveis como o de oliva, canola ou nozes. Quando temperar as saladas e legumes, não use muito sal; é o maior culpado pelo inchaço.
  5. Prepare lanchinhos saudáveis. Mesmo sabendo que a ceia é sempre uma refeição farta, é difícil não beliscar durante o dia enquanto se espera pelo peru. Em vez de biscoitos e bolachinhas, prefira legumes, frutas e queijos light. Já que os biscoitos estão guardadinhos no armário (certo?), não vai nem ser um problema resistir à tentação.
    • Claro, o melhor seria evitar de beliscar completamente. Mas tudo bem, é Natal, é Ano Novo.
  6. Escolha sobremesas mais saudáveis. Substitua tortas recheadas de cremes à base de manteiga e açúcar por outras à base de frutas. Aproveite para aprender e experimentar receitas novas.
    • Nunca verificou a seção [1] do nosso site? Existem muitas opções saudáveis para você escolher.
  7. Planeje a ceia para mais cedo. Se puder, sirva a ceia antes da 00:00 para não acabar exagerando nos aperitivos e entradas. Dessa forma você também terá mais tempo para digerir antes de ir dormir e se sentirá melhor no dia seguinte.
    • Outra vantagem de comer mais cedo é que quem está cozinhando, ajeitando a mesa e lavando a louça tem mais tempo para aproveitar a festa depois. E ainda dá para dar um tempinho antes de servir a sobremesa, sem engolir tudo de uma vez só.

Estratégia durante o grande dia

  1. Tome um café da manhã caprichado e não pule as outras refeições. Você basicamente tem duas opções: 1) Tomar café da manhã e almoçar normalmente com muitas proteínas e mais tarde jantar, ou 2) Pular o café da manhã, ficar morrendo de fome o dia todo para na hora da ceia comer tanto que não consegue nem se mexer depois. Qual opção parece mais equilibrada para quem não quer engordar?
    • Tomara que você tenha escolhido a número 1. Não é nada muito complicado: começar uma refeição sem estar morrendo de fome faz com que se coma menos. Claro, você está desperdiçando a sua cota de calorias com alimentos que come todos os dias, mas ao menos evita fazer uma refeição de 3.500 calorias. E isso não significa um total de calorias mais alto; você vai comer menos se não pular refeições.
  2. Seja um anfitrião proativo. Se você teve a sorte de fazer a festa na sua casa, ótimo! Agora você pode andar por aí conversando com os convidados, trazendo bebidas para eles e de olho se não está faltando nada. Parece trabalhoso, mas a vantagem é que de quebra você estará fazendo um pouco de exercício.
    • Não encare as suas funções de anfitrião como um peso que vai arruinar a festa para você. Não, não – na verdade você está até mais envolvido. No fim, você vai ficar com a sensação de ter criado a festa em vez de ter só participado passivamente. E a sua família e amigos o agradecerão!
  3. Vista uma roupa mais justa. Quase nem precisa explicar o porquê. Se você estiver usando calças apertadas e se sentir desconfortável ao comer demais, provavelmente não o fará. No mínimo você estará mais consciente a respeito da comida que está ingerindo e não terá muita vontade de comer até quase explodir!
  4. Controle o tamanho das porções. Sirva-se com uma colherada de cada um dos pratos que realmente quer comer. Deixe de pegar aqueles de que você gosta menos. Coma primeiro o que você mais gosta. Quando terminar o primeiro prato (pequeno), vai saber exatamente o que gostaria de repetir. É tudo uma questão de planejamento estratégico!
    • Você pode comer de tudo, desde que não exagere na quantidade. Então não proíba a você mesmo de comer determinadas coisas. Isso só fará com que a tentação aumente até o ponto em que não consegue resistir mais – e vai tudo por água abaixo. Coma um pouquinho para satisfazer a vontade.
  5. Coma o peru da maneira certa. O peru, assim como as outras carnes, deve ser assado no forno, nunca frito. Quando for se servir, prefira carne branca sem pele. A pele é a parte mais gordurosa.
  6. Não exagere nas bebidas alcoólicas. O álcool, seja na cerveja, caipirinha, coquetéis ou vinho, contém muitas calorias vazias. Você pode beber, beber, beber e o seu corpo não perceberá que está ingerindo tantas calorias porque não se sente saciado. Prefira água ou sucos. Você se sentirá muito melhor, poderá ser mais presente e sobreviverá à temporada com menos quilos.
    • Se quiser beber, tente alternar um drink alcoólico com uma "rodada de hidratação", pode ser água normal, água com gás, etc. Ou ainda coloque um pouco de água com gás no vinho. Você quer se lembrar da festa, certo?
  7. Deeeevaaaaaaaagaaaaaaaar. Aproveite o momento e saboreie cada garfada. Quanto mais devagar comer, menos vai ingerir antes que o seu estômago mande o recado para o seu cérebro avisando que você está satisfeito. Normalmente demora cerca de 20 minutos para o estômago enviar ao cérebro os sinais de colecistocinina, ou CCK, o hormônio da saciedade. Por isso, em vez de devorar tudo até perceber que não aguenta mais, vá com calma.
    • Uma boa técnica é soltar o garfo entre uma bocada e outra. Mastigue por mais tempo do que o normal (não precisa contar, Natal não é hora para matemática!) e deixe o garfo descansar para diminuir o ritmo.
  8. Não caia na armadilha do "é agora ou nunca". Você pode, sim, cozinhar outro peru ou chester com frutas até em julho, se quiser! Não fique pensando que tais pratos estarão disponíveis uma só vez por ano. Se você conseguir manter essa mentalidade, vai ser bem mais fácil evitar de encher o prato mais vezes.
    • A comida não é a coisa mais importante do Natal ou do Réveillon e ela não vai a lugar nenhum! Vai sobrar para o dia seguinte, pode ter certeza. Mantenha o foco, coma as comidas de que gosta de verdade e depois pare.
  9. Evite ir para a cama ou o sofá logo depois de comer. Encontre algum tipo de atividade para logo depois da ceia. Um jogo de tabuleiro, karaokê, dançar enquanto ajuda a limpar a mesa, dar uma volta no quarteirão ou brincar com as crianças. O importante é movimentar-se um pouco.
    • Seu corpo estará sem vontade, mas é possível vencê-lo e ser mais ativo. Alguém quer ir até o parque se exercitar um pouco?
  10. Lembre-se de que o Natal é só um dia (ou dois, para as famílias que têm o costume de festejar nos dias 24 e 25). Se perder o controle, recupere logo em seguida. O maior problema é inventar desculpas nos dias seguintes até o Ano Novo. Se conseguir manter a mentalidade certa, a resolução de Ano Novo pode ser algo de mais criativo, e não precisa ter nada a ver com o peso!
    • Acima de tudo, nunca diga a você mesmo "ah relaxa, é Natal (ou Ano Novo)!" para depois perder o controle. Comidas de festas de fim de ano podem ser preparadas o ano inteiro; não fique pensando que são especiais. Seja seletivo e aproveite bem o que decidir comer!

Dicas

  • Mantenha o ânimo leve e aproveite as festas!
  • Se já estiver com um pouco de sobrepeso, não se preocupe em esvaziar o prato se já estiver satisfeito. Escolha alimentos mais leves e faça exercícios diariamente. Pessoas com sobrepeso têm mais tendência a engordar do que as mais magras durante as festas.
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.
ТОП Комментарии