Como Saber se Alguém Sofreu uma Concussão

Опубликовал Admin
11-02-2018, 14:00
71
0
Uma concussão pode ser um grave ferimento na cabeça. Às vezes, a extensão da gravidade não é reconhecida imediatamente; os sinais de uma lesão mais grave podem aparecer mais tarde e requerem cuidados médicos de emergência. Se você estiver apresentando quaisquer sintomas, procure um médico e faça um exame (se você tiver ferido sua cabeça). Este artigo irá ajudá-lo(a) a determinar a gravidade de uma concussão.

Passos

  1. Verifique a segurança do local onde a vítima se encontra.
  2. Determine o nível de consciência.
  3. Em caso de inconsciência, verifique as três principais prioridades:
    • Vias aéreas
    • Respiração
    • Circulação
  4. Não remova a vítima, a menos que seja absolutamente necessário. Se ela estiver inconsciente, há uma boa chance de ela tenha também sofrido uma lesão na coluna. Portanto, certifique-se de que a cabeça e o pescoço estejam imobilizados, segurando a cabeça perpendicular ao ombro.
  5. Avalie o nível de consciência da vítima. Mediante a um resultado negativo, procure auxílio médico logo que possível. Faça perguntas como:
    • Qual é o seu nome?
    • Onde você está?
    • O que aconteceu com você?
  6. Verifique os olhos. Se você tiver uma lanterna, aponte a luz para os olhos da vítima. Os olhos se focam na luz e as pupilas reagem corretamente? As pupilas quando completamente focadas na luz devem se contraírem (ficam menores). Falta de reação e/ou movimentos oculares irregulares, podem ser sinais de uma lesão grave na cabeça, AVC ou doença grave.
  7. Verifique se a pessoa está vomitando. Este é um sinal de que o estado da vítima está piorando.
  8. Mantenha o(a) paciente acordado(a) por um período de tempo após a lesão para monitorar suas condições. Sonolência, ou dificuldade em ficar acordado(a), pode ser outro sinal de que a pessoa não está bem.
  9. Esteja ciente de que, às vezes, os sintomas diminuem e, mais tarde, voltam a aparecer com mais gravidade.
  10. Tenha em mente que as crianças reagem de modo diferente quando se trata de lesões e doenças. Elas podem estar indo bem, e, de repente, apresentarem sintomas graves. Fique bem atento(a) aos sinais em crianças pequenas. Adultos tendem a apresentar sinais imediatos. As condições de pacientes infantis quase sempre mudam de boas para graves. Não entre em pânico.

Dicas

  • Continue a monitorar a vítima por um longo período após a lesão para ter certeza de que ela não vai piorar. Deixe-a descansar, mas acorde-a frequentemente e faça-lhes perguntas.
  • Concussões são cumulativas. Danos a longo prazo são comuns em casos de lesões repetidas. Muhammad Ali, o pugilista campeão do mundo, agora sofre do mal de Parkinson, como resultado dos golpes que levou na cabeça.
  • Uma criança pode afirmar que se sente bem e que não há nada de errado com ela. Ainda assim, é aconselhável prestar atenção a sintomas posteriores.
  • Pancadas menores podem não causar uma concussão e a vítima pode reagir positivamente aos primeiros testes. No entanto, uma boa medida é acompanhá-la de perto e ficar atento(a) a sinais de emergência, especialmente vômitos, fala lenta ou desorientação.

Avisos

  • Você estará mais propenso(a) a sofrer repetidas concussões se você não permitir que o cérebro cure após uma primeira lesão.
  • Uma lesão grave na cabeça pode resultar em coma, se a vítima não for tratada imediatamente.
  • Frequente lesões cerebrais podem causar edema cerebral, deficiência, ou morte.
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.