Como Parar de Brigar com Seu Irmão ou Irmã

Опубликовал Admin
24-03-2018, 14:00
572
0
É difícil ter uma relação saudável com um irmão ou uma irmã, ainda mais quando vocês vivem discutindo. Esse ciclo de brigas é bem persistente e, muitas vezes, deixa todos os envolvidos magoados e com raiva. Felizmente, há algumas estratégias e formas de mudar a situação. Leia as dicas abaixo para cultivar um relacionamento cada vez mais saudável com a sua família.

Antes de começar

  1. Reflita sobre a sua relação com o seu irmão. Vocês são muito próximos ou bem distantes? O que podem fazer para melhorar essa dinâmica? Pense em ideias e áreas nas quais vocês possam ficar mais em paz, mas sem confrontá-lo ainda.
  2. Pare um instante e observe a situação. Você e/ou o seu irmão estão passando pela puberdade? Isso pode mudar bastante a dinâmica da relação e até explicar as brigas tão frequentes. Se for o caso, lembre-se de que isso é uma fase e que ela vai passar rápido se vocês tentarem fazer a paz reinar.
  3. Pense no passado. O seu irmão fez alguma coisa que provocou a situação que vocês vivem hoje? Talvez seja o contrário. Por exemplo: pode ser que você tenha feito algo maldoso sem querer à sua irmã no aniversário dela, mas não tenha pedido desculpas — e ela esteja guardando rancor, o que justifica as brigas constantes. Pode ser até que você que guarde rancor por algum motivo.

Tomando as atitudes certas

  1. Pare um instante com o seu irmão e tenha uma conversa séria sobre a situação que estão vivendo. Diga que vocês estão brigando bastante, mas não o culpe ou fale que ele sempre começa as discussões — ou ele vai ficar na defensiva, e vocês vão começar a brigar de novo!
  2. Pergunte ao seu irmão em que partes ele acha que a sua relação é saudável. Por exemplo: digamos que vocês estejam sempre dispostos a dividir as tarefas e responsabilidades. Deixe ele terminar de falar antes de fazer qualquer comentário. Ainda assim, não espere demais, pois você também vai ter que ouvir coisas ruins a seu respeito e pode ser até que ele fique entediado com a conversa e prefira ir embora — o que pode começar mais uma briga.
  3. Depois de listar as coisas positivas, pergunte ao seu irmão em que áreas você pode melhorar para estreitar os laços. Não o interrompa e nem fique na defensiva por causa dos comentários que ouvir. Logo você vai ter a chance de falar, e é melhor saber onde está errando.
    • Ouça o que o seu irmão tem a dizer. Depois, talvez ele se sinta inclinado a devolver o favor e ouvir o que você quer falar.
  4. Depois que o seu irmão listar essas áreas que podem melhorar, faça o mesmo por ele. Não fale em tom de acusação, ou ele vai ficar na defensiva. Seja educado e use as palavras certas, como "Eu percebi que nós não estamos cumprindo as nossas responsabilidades direito. Podemos tentar fazer algo juntos".
    • É melhor usar termos coletivos, como "nós", que "você" — para mostrar que vocês têm que se unir para resolver a situação, e não que tudo fica a cargo de um ou outro isoladamente.
  5. Escolha duas ou três áreas nas quais possa trabalhar com o seu irmão. Por exemplo: dividir as coisas e fazer as tarefas domésticas. Vocês podem até querer fazer tudo de uma vez, mas é mais difícil do que parece! Vai ser complicado equilibrar todas as responsabilidades de forma tão imediata; por isso, é melhor segmentar bem as tarefas.
    • Se você acha que não tem laços fortes o bastante com o seu irmão para trabalhar junto com ele em duas ou três áreas, só trabalhe em uma. Só não enrole para lidar com o resto dos afazeres!
  6. Faça o possível para trabalhar essas áreas com o seu irmão. Não faça nada sozinho. Só assim vocês vão poder ajudar e estimular um ao outro.
    • Faça um ou dois comentários positivos sobre o seu irmão para motivá-lo a melhorar em determinada área.
    • Não se prenda aos pontos negativos; deixe-os para trás. Pelo menos o seu irmão está tentando melhorar.
  7. Quando você sentir que conseguiu trabalhar bem as áreas escolhidas com o seu irmão, volte a atenção para outros pontos, mas sem deixar os anteriores avacalharem.
  8. Se as coisas piorarem, peça conselhos aos seus pais e veja o que eles podem fazer para ajudar a estreitar os laços entre você e o seu irmão. Ainda assim, não fale mal ou jogue a culpa nele — ou você só vai mostrar que é imaturo, além de piorar a relação e a convivência da família.

Mantendo um bom relacionamento

  1. Faça algo legal para o seu irmão de vez em quando. Não precisa de um motivo: pense num momento certo para fazer alguma coisa boa e de que ele vá gostar. Por exemplo: compre o doce favorito dele. Se ele perguntar "Por que você comprou isso para mim?", responda: "Porque eu quis".
    • Isso vai mostrar ao seu irmão que, apesar das brigas, você ainda o ama e quer ter uma boa relação com ele.
    • Não desanime, mesmo que o seu irmão não devolva esse gesto: continue sendo educado e legal com ele — não de vez em quando, mas todos os dias (até quando você achar que ele não merece!).
  2. Termine todas as suas tarefas domésticas, trabalhos de escola e outras responsabilidades. Assim, o seu irmão não vai poder falar nada como "Você ainda nem terminou os seus deveres, então me dá o controle da televisão!" ou "Meu Deus! Não acredito que você ainda não terminou as suas tarefas!". Se você for responsável, vai eliminar a possibilidade de discutir com ele por causa desse tipo de coisa.
    • Se você terminar as suas tarefas, mas o seu irmão não, disponha-se a ajudá-lo — mesmo que não esteja muito a fim. Isso vai estreitar os seus laços e mostrar o quanto você o ama. Só não faça tudo no lugar dele; isso já é abuso.
  3. Não se meta nas coisas do seu irmão. Ele merece ter privacidade, assim como você. Não leia o diário dele, não invada os perfis nas redes sociais etc. A menos que ele dê permissão, não faça nada que possa ser motivo de briga — ou até de vingança!
    • Não abuse da liberdade que o seu irmão der para você ler algo pessoal, como o diário, para invadir a privacidade dele de outras formas. Mesmo que tenha vontade, isso não é legal e pode afetar a relação entre vocês, além de ser um motivo para novas discussões.
  4. Tente não decepcionar o seu irmão, principalmente se ele é mais novo. Lembre-se de que os irmãos mais novos costumam idolatrar os mais velhos, apesar de nunca admitirem isso. Seja um modelo de comportamento para ele — alguém de quem ele possa se orgulhar.
  5. Faça coisas legais com o seu irmão, mesmo que você prefira sair com os seus amigos ou ficar sozinho. Isso vai estreitar os seus laços e deixá-lo bem feliz. Brinque, vá ao cinema ou encontre outro hobby que possa colocar em prática com ele. Afinal, não dá para brigar e ficar em paz ao mesmo tempo.
    • Releve as coisas ruins bobas que ele fizer, como arranhar um disco seu ou algo do tipo. A sua relação vale mais que qualquer pertence.
  6. Ouça o desabafo do seu irmão quando ele tiver um problema. Aconselhe-o e reconforte-o quando necessário. Mesmo que ele não faça o mesmo por você, não é legal ignorar o que ele estiver enfrentando. No fim das contas, talvez ele até se sinta mais inspirado a ajudar você nas horas tensas (até nas coisas inesperadas da vida).

O que fazer quando vocês brigarem

  1. Peça desculpas se você tiver provocado a briga. É melhor você ferir o seu orgulho e evitar uma discussão séria a magoar o seu irmão. Isso pode até poupar o seu tempo valioso. Mesmo que não seja culpa sua, peça desculpas para eliminar qualquer sentimento de mágoa, rancor etc.
  2. Explique por que você começou a briga. Só dá para quebrar o ciclo vicioso das brigas com maturidade. Se você já nem se lembra do motivo da discussão, é porque não era nada importante.
  3. Não seja maldoso com o seu irmão, nem mesmo quando ficar com vontade. Caso contrário, ele vai ficar triste e achar que você não quer que ele faça parte da sua vida, além de poder pagar na mesma moeda e criar uma distância maior entre a família.
    • Peça desculpas imediatamente sempre que você for maldoso com o seu irmão, não importa se ele vai aceitar ou não.
  4. Ignore o seu irmão se ele fizer ou disser algo grosseiro ou irritante. Se ele tentar piorar a situação sem motivo algum, não tenha reação alguma. Ele vai ficar sem graça e mudar de comportamento.
    • O seu irmão pode tentar irritar você por mais tempo se for teimoso, mas vai acabar se cansando e desistindo.

Dicas

  • Trate o seu irmão como gostaria de ser tratado, mesmo que não seja. Com o tempo, ele vai começar a confiar em você e ter reações mais positivas à sua presença.
  • Faça elogios sinceros ao seu irmão. Só não exagere: ele pode começar a se achar ou ficar desconfiado das suas intenções.
  • Seja sempre a pessoa mais madura: peça desculpas, não comece as brigas etc.
  • Tente ser compreensivo e entenda que cada um reage às situações que vive de forma diferente. O que uma pessoa acha engraçado pode deixar outra magoada, por exemplo. Peça desculpas quando as coisas ficarem tensas.
  • Peça perdão ao seu irmão se você disser algo maldoso para ele sem querer. Não deixe o seu orgulho entrar no caminho.
  • Toda pessoa tem dois lados, um positivo e outro negativo. Nós atraímos aquilo que buscamos para a nossa vida, seja bom ou ruim. Treine a sua mente para pensar coisas boas a respeito do seu irmão para mudar o seu relacionamento aos poucos.
  • Seja o primeiro a pedir desculpas. Não espere o seu irmão dar o braço a torcer.
  • Se você divide quarto com o seu irmão, respeite o espaço dele. Ouça música com fones de ouvido se precisar se distrair do que ele está fazendo ou dizendo.
  • Se você ficar magoado com o seu irmão, é melhor escolher um horário para conversar com ele e explicar o que está acontecendo.
  • Diga o que sente ao seu irmão. Não guarde rancor, ou você vai brigar com ele com muito mais frequência.

Avisos

  • Nunca magoe os seus irmãos. Mantenha a calma e resolva as brigas por meio do diálogo; as palavras são muito mais eficazes do que parecem ser.
  • Se o seu irmão começar a criticar você e afetar a sua autoconfiança, desabafe com alguém.
  • Não faça fofoca sobre o seu irmão, ou ele pode ficar magoado e descontar a raiva em você.
  • Não fale mal do seu irmão na escola, ou ele vai querer se vingar e tratar você com grosseria.
  • Se o seu irmão continuar encrenqueiro, mesmo depois de você tentar ser pacífico, peça ajuda aos seus pais ou a outros adultos.
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.