Como Fazer o Seu Filho Brincar Com Outras Crianças

Опубликовал Admin
3-05-2018, 23:00
1 034
0
Algumas crianças começam a socializar naturalmente, mas outras têm dificuldade de fazer amigos ou participar de atividades em grupo. Se o seu filho cair nesse segundo grupo, não se preocupe! Brincar com outras crianças é uma habilidade que pode levar um tempo para se desenvolver. Se o seu filho precisar de ajuda para aprender a brincar com os outros, há passos que você pode tomar para facilitar esse processo.

Construindo as Habilidades Sociais do Seu Filho

  1. Foque em aumentar a confiança do seu filho. Se o seu filho se sentir confiante e seguro, será mais provável que ele começará a socializar bem cedo. Dê amor, afeição, apoio e atenção ao seu filho, e elogie-o por novas conquistas e por um bom comportamento.
    • Fale para o seu filho que você o acha uma criança muito boa. Crianças se preocupam, mesmo ainda bebês, se as outras crianças não vão gostar delas. Construir a confiança do seu filho e elogiá-lo por suas habilidades ajudarão nesse problema.
    • Evite castigar crianças severamente; tente contar com as consequências naturais, e diga ao seu filho que tipo de comportamento você espera dele.
  2. Ensine a generosidade. Crianças podem aprender a ser generosas bem cedo. Ajude seu filho a fazer e a dar um presente a alguém, e fale sobre os resultados: “Olha como sua irmã ficou feliz! Ela amou essa figura que você pintou! Foi muito legal dar isso para ela.”
  3. Ensine-o a compartilhar. Para crianças pequenas, aprender a compartilhar pode ser difícil. É completamente normal, durante o desenvolvimento, para crianças menores de dois anos recusarem compartilhar suas coisas, e até mesmo depois disso, aprender a compartilhar é um processo gradual, frustrante para você e para elas. Com um pouco de atenção, você pode facilitar esse processo.
    • Se você tiver outros filhos, motive o compartilhamento entre os irmãos. Peça para o seu filho emprestar um brinquedo ou dividir um doce com um irmão, e elogie-o por qualquer tentativa de compartilhar; semelhantemente, peça para as crianças mais velhas compartilharem as coisas com o seu bebê, e depois diga o quanto eles foram bons ao fazer isso.
    • Se o seu bebê não tiver outros irmãos, você mesma pode compartilhar as coisas com ele. Pratique com ele o ato de compartilhar alimentos, brinquedos ou outros itens e, novamente, elogie as tentativas que o seu filho fizer de compartilhas suas coisas.
  4. Leia livros sobre amizade com figuras. Compre ou pegue emprestados livros infantis que falam sobre compartilhar, cooperar e amizade, e leia-os com seu filho. Separe um tempo para conversar com seu filho sobre esses livros, comparando-os com situações que seu filho pode encontrar na vida real.
  5. Pratique situações sociais. Se o seu filho tiver irmãos, eles podem ajudá-lo a praticar. Mesmo se ele for filho único, você e o seu parceiro podem servir como parceiros de brincadeira, dando exemplo de um comportamento adequado e interagindo com seu filho da forma que outras crianças fariam.
  6. Enfatize a cooperação. Mesmo quando for apenas você e o seu filho, você pode ensinar o básico sobre cooperação, mostrando ao seu filho que você valoriza suas contribuições. Esse processo ajudará a desenvolver as suas habilidades sociais.
    • Por exemplo, você poderia pedir a ajuda do seu filho para colocar a mesa do jantar. Pergunte a ele quais pratos e talheres você deve usar, e mostre que você valoriza a opinião dele. Enfatize o fato de que o produto final – uma mesa de jantar bem arrumada – resultou do trabalho conjunto de vocês dois.
    • Você também pode pedir para o seu filho lhe ajudar a separar as roupas sujas quando você for colocá-las para lavar e/ou para lhe ajudar a dobrá-las e guardá-las. Certifique-se de agradecer o seu filho pela ajuda.
  7. Dê um bom exemplo. Você é um modelo para o seu filho. Brincar com outras crianças parecerá mais natural se ele lhe vir socializando com amigos e parentes e tratando os outros bem.

Organizando Brincadeiras Com Outras Crianças

  1. Comece em casa. Seu filho se sente mais confortável em um espaço familiar, então organize as primeiras brincadeiras com outras crianças em casa.
    • Essa também é uma boa oportunidade para ensinar o seu filho a ser um bom anfitrião. Explique que é importante ser gentil e generoso com convidados.
  2. Inclua seu filho no processo de organização. Converse com seu filho sobre se encontrar para brincar com um amigo. Pergunte quem ele quer convidar e quais atividades ele gostaria de fazer. Discuta situações possíveis que podem ocorrer – se houver uma discussão, por exemplo, e a outra criança não quiser mais brincar – e fale sobre as reações possíveis.
  3. Fique com um amigo especial. No começo, grupos podem assustar seu filho. Comece convidando um amigo, de preferência alguém que o seu filho já conheça e de quem ele goste, e encoraje os dois a brincar juntos. Quando o seu filho ficar mais confortável com essas situações, você pode expandir o seu círculo social.
  4. Escolha os brinquedos com antecedência. Selecione atividades que as duas crianças gostam, e depois se certifique de que há brinquedos suficientes. Se, por exemplo, as crianças forem brincar c om carros, tente ter vários disponíveis para eles; será até melhor se eles forem semelhantes ou idênticos. Discutir por causa de brinquedos é um dos problemas mais comuns que as crianças têm quando estão socializando.
    • Considere guardar os brinquedos preferidos do seu filho antes da hora de brincar com o amigo. Para crianças muito novas, é demais esperar que eles compartilhem educadamente suas coisas preferidas.
  5. Encoraje jogos sociais. A maioria das crianças mais novas se envolve mais em “brincadeiras paralelas” – eles se sentam e brincam sozinhos, mesmo na presença de outras crianças. Pode ser preciso uma ajuda direta e encorajamento para fazer as crianças brincarem juntas. Sugira jogos de tabuleiro para crianças bem novas, ou jogos sociais baseados na imaginação.
  6. Envolva-se. Não deixe simplesmente seus filhos sozinhos para brincar, principalmente se ele parecer ter dificuldades. Brinque com as crianças. Sua presença deixará o seu filho mais confiante, e você pode ser exemplo de formas apropriadas de socialização e brincadeiras cooperativas.
  7. Organize as brincadeiras com frequência. Quando o seu filho começar a se acostumar com a ideia de socializar com outras crianças, tente marcar essas brincadeiras com outras crianças o mais frequente possível. Com o passar do tempo, você participará cada vez menos, deixando o seu filho brincando com os amigos sem você.

Ajudando Seu Filho a Socializar em Público

  1. Pratique apresentações. Seu filho pode ter dificuldades um público porque as outras crianças lhe são estranhas. Ensinar um simples “Oi, meu nome é [qualquer um]. Você quer brincar?” poderá ajudar bastante.
  2. Leve o seu filho a lugares onde outras crianças estarão. Quando o seu filho ficar confortável brincando com outras crianças em casa, você pode começar a encorajar a socialização em lugares como praças e parquinhos. No entanto, isso pode ser um pouco estressante para algumas crianças, então deixe o seu filho se aproximar de grupos de crianças no seu próprio ritmo.
  3. Encoraje – mas não force – o seu filho a correr e brincar com outras crianças. Sugira que o seu filho brinque com outras crianças que estiverem presentes. Enfatize o fato de que brincar em grupo será mais divertido do que só ficar sentado perto de você. Mas se o seu filho resistir, não o force.
  4. Deixe o seu filho negociar jogos na praça e no parquinho sem você. Se o seu filho quiser se juntar a um grupo de crianças, você deve permitir. Fique de olho nele, mas não tente se envolver a não ser que seja necessário.
  5. Deixe o seu filho parar de brincar na hora que ele quiser. Se ele discutir com alguém, se chatear com alguma coisa ou se sentir cansado e irritado, você pode chamá-lo e ir embora com ele.
  6. Elogie o esforço do seu filho em se envolver em atividades de grupo. Tente reconhecer as tentativas do seu filho para ser mais social, mesmo se ele estiver tímido no começo. Ele construirá confiança e habilidades sociais com o tempo.
  7. Fale com outros pais. Quando você estiver em lugares públicos com seu filho, você pode ser um bom exemplo socializando com outros pais. Faça o seu filho ver que é possível conhecer pessoas novas.
  8. Planeje novas saídas. Quando seu filho começar a fazer novos amigos, reaja com entusiasmo. Planeje novas viagens divertidas para lugares diferentes, e comece a aumentar o círculo social dele.

Dicas

  • Tente não ficar frustrada ou impaciente com seu filho se ele resistir em socializar ou parecer ter dificuldades com isso. Para crianças muito novas, aprender a fazer amigos e a brincar juntos é um processo de tentativa e erro; haverá contratempos, e algumas crianças simplesmente precisam de mais tempo do que outras.
  • Lembre-se de que toda criança é diferente. Algumas crianças se adaptam rapidamente; outras são tímidas e mais retraídas. Nunca force o seu filho a socializar, ou isso pode dar errado. Em vez disso, dê encorajamentos e incentivos positivos.
  • Explique ao seu filho que ele não precisa gostar de toda criança, mas que é essencial ser educado e generoso. Mesmo sendo bem novas, crianças podem aprender a separar seus sentimentos do seu comportamento.
  • Se o seu filho começar a falar e brincar com um amigo imaginário, não se preocupe. Isso é normal, e pode ser até bom: amigos imaginários podem servir como uma “prática” para as coisas reais.
Теги:
Information
Users of Guests are not allowed to comment this publication.